quinta-feira, 28 de junho de 2012

CAPOEIRAS E O AGRESTE PERDEM UM EXEMPLO DE MÉDICO

Capoeiras e o Agreste Meridional perderam hoje um exemplo de médico. Dr. Odon Alves de Macedo, 86 anos, morreu hoje cedo e será sepultado amanhã, às 10h. Natural de Salobro (Pesqueira), o profissional da área de saúde chegou na terra dos Borrego há mais de 40 anos e de lá não saiu mais. Quando chegou a cidade não tinha hospital nem ninguém em sua área. Fez um pouco de tudo: foi clínico, ginecologista, psiquiatra, obstetra, neurologista, cardiologista... Sobretudo foi uma admirável figura humana, que tratava todos igualmente, fossem pobres ou ricos, pretos ou brancos.

Hoje, nessa medicina mercantilizada que predomina, existem poucos como Dr. Odon e Lívio Valença (esse trabalhou em São Bento do Una muitos anos e marcou época). Era pai de Fernando, Eduardo e Simone e casado com dona Mirtes, também uma mulher excepcional, que, acredito, sempre praticou o bem.

Os dois formavam um lindo casal e são um exemplo para os mais jovens em todos os sentidos.

Dr. Odon Macedo era primo de Valter Elias, que foi prefeito de minha terra de 1977 a 1982. Com ele se vai uma parte da história desse Agreste Meridional. Capoeiras e toda região choram por esse homem, que ficará para sempre em nossas memórias.

2 comentários:

  1. Realmente uma tristeza muito grande a perda do querido Dr. Odon. Vamos sentir falta do seu jeito simples de viver a vida, do profissional exemplar e das suas brincadeiras bem humoradas.

    ResponderExcluir
  2. MEUS SENTIMENTOS A DONA MIRTIS AOS FILHOS E TODA CAPOEIRAS PELA PASSAGEM DESSE HOMEN PARA JUNTO DE DEUS. PADRE FREI JOSE NEMEZIO.

    ResponderExcluir