ALEPE

ALEPE
ALEPE

terça-feira, 23 de agosto de 2011

O PROJETO NACIONAL DE EDUARDO

O governador Eduardo Campos tem viajado por vários Estados, para fazer palestras, filiar peixes graúdos ao PSB ou simplesmente fazer contatos políticos. Em Pernambuco, busca atrair todo mundo para seu lado e a oposição hoje cabe num Fiat Uno. No Agreste mesmo já pescou João Mendonça (Belo Jardim), afaga Tony Gel (Caruaru), fez uma visita estratégica a Ivo Amaral (Garanhuns) e até Marco Calado (Angelim) e Álvaro Porto (Canhotinho) podem terminar em seu palanque. Forte em Pernambuco e respeitado nacionalmente, o neto de Arraes pode ser candidato a presidente da República em 2014. Se o PT estiver bem com Dilma ou Lula, poderá ser pelo menos o vice

2 comentários:

  1. Esta ampla reforma politica,precisa descobrir um norte a respeito de politico que estão excendo mandatos, pensando em futuras eleições,pois desta forma o mesmo não se concentrar no mandato para o qual foi eleito e deve satisfações ao povo que po elegeu...
    É preciso criar um dispositivo de não permitir que candidatos executivo, venham a candidata-se para cargos majoritários em eleições futuras,precisamos analisar isto com carinho...
    Exemplo: Eduardo governandor de Pernambuco em capanha para Presidente que paga esta conta é o estado com certeza,sem contar o tempo que o mesmo perder fazendo politica, ao invés de cuidar de seu estado...
    Vá trabalhar governador...
    Respeite seus eleitores,estamos citado o mesmo como exemplo,queremos deixar bem claro, que sirva para todos os politicos ques estão pletiando novos cargos majoritários...
    Fala sério...

    ResponderExcluir
  2. Tudo tem limite. O Governador resolveu que, seus aliados devem disputar entre si, e depois, comparece o vencedor e lhe faz a entrega da coroa de louros, mais o derrotado continua sob sua proteção política. Os inimigos ente si,são amigos do Rei.Se tem ouvido muito sobre essas alianças, situações inusitadas a exemplo de São Bento do Una, o Prefeito é do PMDB e Jarbista convicto, não suporta Eduardo Campos, o vice é do PSDB e aliado de Bruno Araújo, o Presidente da Câmara é filiado ao PMDB, mais é aliado de Mendonça Filho e a candidata, nas próximas eleições, filha do vice, está filiada ao PSB de Eduardo., disputará com o vereador Washington Cadete do PR, que faz oposição ao Prefeito, ao vice, aos demais outros oito vereadores, no entanto é da base de Eduardo e tem o apoio do Secretário de Estado Alberto Feitosa e do Federal Inocêncio Oliveira, enquanto o outro grupo tem o apoio de Bruno Araújo do PSDB e de Marcantonio Dourado do PTB. É como dizia Mendonção, falta lado aos políticos, e por conta e risco próprio, digo que falta coerência ao Governador, que adiante irá tropeçar nessa química explosiva.

    ResponderExcluir