ALEPE

ALEPE
ALEPE

GOVERNO DO ESTADO

GOVERNO DO ESTADO
GOVERNO DE PERNAMBUCO - FUNDARPE

domingo, 17 de julho de 2011

O FIG CUSTA MESMO 15 MILHÕES?

O Festival de Inverno deste ano está uma beleza. Boas atrações e muitos turistas, que estão gastando bem e deixando dinheiro na cidade. Uma coisa que não entendo, porém, é onde o Governo gasta mais de 14 milhões de reais com o evento, conforme tem sido anunciado sem ninguém parar para fazer as contas. Vamos a um raciocínio simplista: Se você tivesse três artistas de peso por noite na Guadalajara a R$ 100 mil daria R$ 3 milhões. O cachê da maioria das estrelas do palco principal está abaixo disso, os cantores e grupos que se apresentam no Pau Pombo, Euclides Dourado recebem bem menos e também não tem como na infraestrutura (palcos, hoteis, alimentação, pessoal que trabalha, etc) gastar essa grana toda. Além disso não se fez mídia em rádios, jornais ou TV. Minhas estimativas podem estar totalmente erradas e se a FUNDARPE divulgar onde empregou cada centavo eu publico aqui e reconheço mais uma vez minha inabilidade em matemática e finanças. Mas por enquanto fico sem saber como essa conta chega perto de 15 R$ milhões.

SELEÇÃO: A seleção brasileira é assunto para o Raulzito. Acesse o blog do mais irreverente colunista de Garanhuns e de Pernambuco e entenda por que o Brasil perdeu quatro penâltis na disputa contra o Uruguai, superando o Náutico na famosa "Batalha dos Aflitos".

8 comentários:

  1. Bem observado,muito errada essa conta ai !

    ResponderExcluir
  2. Tu nao aperta essa laranja. Fica quieto!
    Que falta faz a Fiscalização da deputada Terezinha Nunes em um evento como esse. Roberto, as contas não fecham nem se vc aumentar os caches das atrações principais para R$: 150,000,00 cada.
    O derrame foi gigantesco! E o engraçado é que o povo nem se dá conta e ainda por cima aplaude!
    Durma-se com um barulho desse!

    Ana Maria Soares
    Viva Garanhuns

    ResponderExcluir
  3. Roberto
    Tu foi na Ferida logo logo a Assessoria de Imprensa da Fundarpe vai vim com aquele bonita conversa de que tem despesas diretas, indiretas, fantasmagolicas, despesas para os santos, e, é claro o famoso cachê, e por aí vai amigo, é muita gente comendo, ah começa dentro da Fundarpe, Empetur, (baseado no que foi divulgado na imprensa pelo TCe.
    Por favor vamos olhar quanto custou o São de Caruaru para 30 dias de festa isso mesmo 30 dias.

    ResponderExcluir
  4. Roberto,

    agora imagina como o nosso municipio mudaria se esse 14 milhões fosse investido em saúde, moradia e educação!
    Mas o povo gosta é de festa ne, e é isso que dá voto! Paciência!

    ResponderExcluir
  5. PAULO CAMELO, COMENTA: Caro conterrâneo Roberto Almeida, Algumas lições devemos tirar deste 21º Festival de Inverno de Garanhuns, a saber:
    1 - Dezenas de conterrâneos fizeram questão de me dizer: Não deixe que outros políticos tomem sua proposta de dar ao FIG o status de "Patrimônio Cultural e Imaterial do Brasil", a qual será materializada através de Projeto de Lei do Senador do PSOL do AM e garanhuense, Randolphe Rodrigues, e do Deputado Federal do PSOL do RJ, Chico Alencar;
    2 - Propositalmente, adquiri neste domingo, os exemplares dos três jornais da grande imprensa da capital: Diário de PE, Jornal do Comércio e Folha de Pernambuco. Curiosamente, em nenhum dos três jornais aparece na capa de "rosto", algum texto alusivo ao FIG, no momento a principal atração turística e cultural do estado de PE. A exceção do Jornal do Comércio, que traz um tímido encarte sobre o FIG, os demais jornais sequer trazem alguma matéria, mesmo que escondida, sobre o FIG. Nós que moramos e estudamos no Recife, sabemos o quanto à cidade de Recife é Hostil para quem vem do interior e a imprensa burguesa reproduz isso com todas as letras;
    3 - Não sei lhe dizer se a FUNDARPE divulgou oficialmente a Planilha de Custos e suas Licitações. Caso não tenha feito se constitui em mais um motivo para dar ao FIG o status de Patrimônio Cultural e Imaterial do Brasil. De modo que o FIG será promovido pelo Ministério da Cultura, através do IPHAN. Será que algum deputado estadual vai ter a coragem de solicitar a Planilha de Custos e as Licitações do FIG? Acho que não;
    4 - O FIG está recuperando um pouco a nossa auto-estima, mas o governo do estado, através da FUNDARPE, vem promovendo o esquecimento da expressão 21º FIG, na medida em que dar ênfase a expressão estrangeira e burguesa: "ESPLANADA GUDALAJARA". Parece uma coisa insignificante mais não é, uma vez que os técnicos que estão a serviço da dominação burguesa são peritos em promover a perda da memória da população para facilitar a dominação do governo burguês. TENHO DITO

    ResponderExcluir
  6. Não sei se estou enganada, mas 15 milhões é mais da metade o que gastaram para fazer a barragem do cajueiro acho que realmente essa conta é só pra fazer mídia ou coisas piores.

    ResponderExcluir
  7. é só subir no camarote do governo e no da fundarpe.

    ResponderExcluir
  8. Na atual conjuntura política que estamos vivendo em Garanhuns R$ 14.000.000,00 não poderiam ser gastos na Saúde, Educação, e por ai vai, serviria apenas para aumentar o bolso do nosso Prefeito e Secretários. Obras em Garanhuns só ficam no Papel, é vergonhoso o descaso desse Governo para com o município. E o pior de tudo não temos representantes dignos que possam Governar nosso município. Se elegermos o deputado Garanhuns vai ter Festival de todo jeito, de Música, de Jovem Guarda, de Velha Guarda etc. etc. E o eleitor sendo mais uma vez enganado. Armando Torres de Barros

    ResponderExcluir