SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

ALEPE

ALEPE
ALEPE

segunda-feira, 18 de julho de 2011

A CULPA É DA SOCIEDADE

Conversei hoje com uma das pessoas mais inteligentes de Garanhuns. Um homem sério que a meu ver daria um ótimo prefeito. Como foi um bate papo informal, entre amigos, não vou citar seu nome. Se ele quiser o espaço está aberto para escrever sobre o tema.  Esse cidadão está um tanto desiludido com a política do município. Não gosta do momento atual e não vê perspectivas para 2012. Acha que ficaremos mesmo entre as alternativas de Aurora Cristina, Izaías Régis, Paulo Camelo e talvez Pedro Falcão, o amigo do peito do governador Eduardo Campos. A culpa por esse quadro de estagnação econômica, pobreza de lideranças políticas, falta de indústrias e empregos, além de outros males do município, a seu ver é principalmente da sociedade local. Os profissionais liberais, quase toda a classe média, os empresários e outros setores em sua opinião não estão preocupados com as questões de fundo de Garanhuns. Não se movem no sentido  de transformar a cidade. Estão todos pensando nas suas lojas, seus projetos, seus escritórios ou consultórios, sem enxergar o município como um todo. Assim, não é só culpar os políticos. Tem muito mais gente que pode ser responsabilizada com a situação que aí está.

12 comentários:

  1. Os nossos políticos e principalmente os ex-prefeitos de Garanhuns têm muita culpa pelo estado de estagnação e revolta da nossa população.

    O povo até que tem ido as Ruas, aos Sitios, aos comícios, entretanto, ouve tanta estupidez nas palestras que faz nojo.

    A compra do voto é um fato real.Tudo está sendo dominado pelo medo, pela mentira e pelo money.

    Um trai o outro com a maior cara de pau.

    O povo nao tem mais em quem confiar.

    E é muito triste quando uma povo perde a esperança e o sonhar sempre.

    Da Presidência da República ao Governador , do Prefeito ao Deputado todos estão bebendo da mesma água suja e lameada que eles mesmos jogaram no povo em suas palestras de 2 em 2 anos.

    Não sou de Garanhuns, mas amo demais esta cidade.

    Palavra de um Professor.

    ResponderExcluir
  2. Prezado Roberto, até para não permitir maiores especulações ou curiosidade quanto à conversa que tivemos no dia de hoje, escrevo estas palavras para publicamente expor a minha opinião sobre a situação política em Garanhuns.
    A bem da verdade a minha desilusão é com a politicagem que vigora em Garanhuns já há alguns anos e não com a Política propriamente dita, esta necessária a toda atividade humana partidária ou não.
    De fato considero uma falha de a sociedade garanhuense omitir-se do processo politico-eleitoral, não realizando um debate profundo sobre as nossas deficiências e principalmente analisando de forma clara e objetiva as nossas muitas potencialidades. É a sociedade quem tem que fazer frente a esta demanda, escolhendo entre seus cidadãos aqueles que podem levar a frente o projeto que nascerá do diagnóstico de suas necessidades e não ela, a sociedade, ficar a reboque de “salvadores da pátria” ou pior, ser obrigada a optar pelo” menos ruim”.
    Do jeito que a nossa sociedade, representada pelas suas diversas camadas tem se comportado nos últimos anos, optando pelos projetos eminentemente pessoais, continuaremos gerando “tiranetes” e beneficiando pequenos grupos em detrimento a maioria.
    Participei do processo eleitoral das três últimas eleições municipais, de forma direta nas duas últimas como coordenador de candidaturas majoritárias, e confesso que a maior dificuldade que senti foi a falta de participação das diversas camadas representativas de nossa sociedade e a “força” do poder econômico na decisão do voto, proporcional ou majoritário.
    Entendo que enquanto não discutirmos um “projeto para Garanhuns” antes de discutirmos nomes de candidatos, estaremos errando, e olhe que dos nomes postos até o momento como pré-candidatos, absolutamente nenhum deles apresenta uma proposta, mínima que seja para desenvolver Garanhuns, o que me faz pensar que continuaremos trilhando os mesmos caminhos.
    É importante mencionar que há tímidas tentativas de fazer este debate em Garanhuns, mas estas esbarram na desconfiança de que sejam projetos pessoais travestidos em discussão ampla e suprapartidária, mas até dessa forma creio que vale a pena tentar, o que a sociedade não pode fazer é deixar como está, pois desse modo estaremos condenados.
    Obrigado pela oportunidade de expressar parte do meu pensamento quanto aos caminhos que podemos trilhar em Garanhuns, mantendo assim a minha esperança de um futuro melhor para cidade que escolhi para viver.
    Alcindo Menezes

    ResponderExcluir
  3. A política é uma das ciências mais bonitas e necessária a humanidade, quando feita com ética e voltada ao bem comum, como estamos vivendo o contrário, é até compreensível que esses homens com visão empreededora não se interesse pela coiusa pública e se concentre em seus próprios negócios, é menos desgastante e não precisa está provando nada pra ninguem e muito menos correndo o risco de ser assassinado de graça.

    ResponderExcluir
  4. Querer excluir Zé da luz desta lista é muita pretensão de tua parte blogueiro.

    Sabes que o humanista está entre os três primeiros colocados em qualquer pesquisa feita em nossa cidade,seja ela televisiva,radiofônica ou via internet.

    Zé da Luz está quieto somente esperando a hora certa de anunciar seus apoios e parceiros políticos.

    Einstein,recife/PE

    ResponderExcluir
  5. Extremamente coerente essa colocação ,na realidade a sociedade e a maior responsável por essa situação de desprezo que passa nossa cidade ,acho Roberto que deveríamos colocar uma grande discussão na mesa e tentarmos mobilizar aqueles que realmente de importam com nosso futuro , uma das coisas que precisamos urgentemente e melhorar nossa auto estima, precisamos colocar nessa parada quem também gosta dessa cidade,chegou a hora , não da mais pra esperar. Jose Mario Correa.

    ResponderExcluir
  6. PAULO CAMELO, COMENTA: Caros conterrâneos Roberto Almeida e seu amigo. Garanhuns estar sendo repovoada há mais de très décadas. A maioria da população é oriunda de outras cidades, sem raízes familiares em nosso município. Grande parte da população de Garanhuns ainda não vestiu a camisa da nossa cidade. Hoje, Garanhuns é constituída por pequenas famílias, as quais têm seus laços familiares em Recife ou no sertão de Pernambuco. Nunca fui para o "ENCONTRO DOS AMIGOS DE GARANHUNS", pois discordo dos "amigos" que não votam em Garanhuns. A política em Garanhuns estar ficando muito violenta devido a forte influência da Legião Estrangeira. Dificilmente as pessoas do bem querem se envolver com a política local. Além do mais, há imensos bolsões de pobreza em nosso município. Cada dia que se passa aparece um político com domicílio eleitoral em outra cidade querendo ser Prefeito de Garanhuns.
    É um zorra total. Quero apenas lembrar que Pedro Falcão vota em São João. TENHO DITO.

    ResponderExcluir
  7. Todo o mundo é composto de mudanças, é chegada a hora de ajustarmos. A nossa história política deve ser olhada com mais atenção para que não se repitam tantas vezes, devemos olhar para o futuro, sem esquecer do passado para que erros não se repitam. A falta de interesse político gerada pela culpa de grande maioria da sociedade nos faz lembrar frase de Martin Luther king :O que me preocupa não é o grito dos maus.É sim o silêncio dos bons. Convém lembrar que não existe nenhuma barreira social rígida que limite a participação de alguém com novas ideias.O homem modifica a natureza violando muitas vezes os direitos e deveres e joga a culpa nos políticos, que por sua vez, culpa o sistema. Vivemos num Estado democrático governado e transformado pela política, daí vejamos quanto grande é sua importância, não devemos cruzar os braços, para que não sejamos responsável pelos planfletos jogados ao chão sujo da vergonha e da desinformação durante as campanhas.

    ResponderExcluir
  8. Eu destaquei alguns pontos para também fazer o meu comentário e dar minha opinião apesar de não ser de Garanhuns, porém vivi muitos anos aqui e aprendi a ser gente aqui na terra da Garoa e da Suiça Pernambucanana.

    A CULPA É DA SOCIEDADE.

    Meu comentário: Não. A culpa maior são dos políticos e dos ex-prefeitos que pensaram única e exclusivamente neles e tentaram destruir a oposição sadia, verdadeira,correta e sincera. Se não houvesse tanto roubo entre os políticos, não precisaria de OPOSIÇÃO PORRA NENHUMA, desculpe-me a expressão.

    Um homem sério que a meu ver daria um ótimo prefeito.

    Meu comentário: se os ex-prefeitos de Garanhuns sem exceção tivesse amor por esta terra e enxergasse o quanto a politica está esculhambada depois de Collor, Fernando Henrique e Lula, nao pensaria duas vezes.

    Uniam-se todos e fariam um grande acordo quando cabe todos eles em um só palanque e resgatariam a política sadia, amiga, verdadeira e projetavam os PROGRAMAS, AS PROPOSTAS, OS PROJETOS E AS METAS para Garanhuns.


    A culpa por esse quadro de estagnação econômica, pobreza de lideranças políticas, falta de indústrias e empregos, além de outros males do município, a seu ver é principalmente da sociedade local.

    Meu comentário: Em parte sim e em parte não.A culpa são das brigas, das traições, das covardias, dos erros de Ivo Amaral quando deixou de ser Deputado para ser Prefeito e que poderá ser cometido por Izaias Régis.


    Assim, não é só culpar os políticos. Tem muita mais gente que pode ser responsabilizada com a situação que aí está.

    Meu comentário: Os ex-governadores de Pernambuco teve sua culpa também. O governador de Pernambuco não move uma palha para UNIFICAR o palanque em Garanhuns.

    Vem,abraça todo mundo e vai embora.Não faz uma reunião com todos os políticos independentemente de partidos, pois todos os partidos em Pernambuco com rarissimas exceções estão lhe dando apoio.

    Quer dizer que para ele todo mundo lhe dando apoio tá tudo bem. O resto que se vire.

    Pernambuco tem que estar unido " todos por Pernambuco" , porém os municípios não. Cada um que se destrua em praça pública e o município que se dane, desculpe-me a expressão.

    Este é apenas um simples comentário de alguém que não tem o direito de se identificar até porque não costumo interfefir na politica de outro município, pois na minha cidade já lavei as mãos feito pilatos.

    Tudo eu fiz na minha vida para unificar todos emm prol de minha cidade para conseguirmos o maior número de PROJETOS visando o bem estar de todos. Combati a praga do voto comprado e quem mais perdeu fui eu.

    Todos deram as costas para mim e foram me destruir achando que as minhas ideias eram ultrapassadas.

    Vejo muitos deles se autodestruindo em praça pública.

    Palavra de um Professor.

    ResponderExcluir
  9. Certa vez em encontro dos amigos de Garanhuns, o Próprio Alcindo Menezes fez uma explanação sobre a OMISSÃO, das classes mais afortunadas,tanto materialmente,quanto espiritualmente em não quererem se envolverem na questão politica do município.

    E vemos que os problemas continuão,porém os ricos continuam cada vez mais ricos e dando risada da classe politica Garanhuense, e porque não dizer,riem da desgraça dos menos afortunados.

    Esta omissão das entidades de classes e ou pessoas que compõem a sociedade da nossa querida Garanhuns, é que levam o processo politico ao ridiculo,aonde ex-prefeitos querem lançar esposas, ex-prefeito ficha sujas teêm a cara de Pau de se lançar candidato e por ai vai...

    Há muitos que os grandes Empresários de nossa cidade não participam das escolhas do candidatos,será que eles estão certos, ou a omissão dos mesmos tem contribuindos para estas administrações desastrosas que temos acompanhado
    ao longo dos anos...

    Garanhuns, quieta,calada e mal representada continua a crescer graças a sua posição geográfica,e por ser uma cidade Polo,então porque a classe Empresarial iria se preocupar,se seus investimentos vão de vento em popa,se não pagam IPTU como realmente devia pagar,pois sempre tem um arrumado na prefeitura,pois nesta hora eles viram amigos do prefeito,infelizmente Garanhuense ainda convivi com estas mentalidades, e o povo continuará a sofrer más administrações,ou melhor o Palácio Celso Galvão e a Casa Raimundo de Moraes,irá viver do Passado aonde realemnte tivemos politicos que honraravam os seus nomes e tinham mais respeito a sua cidade,do que a seus próprios familiares, está foi e será sempre a essência do HOMEN PUBLICO, fazer politico como "AMOR",RESPEITO AO PRÒXIMO, deixando seus interesses pessoais, em prol do bem estar de uma População...

    De um Garanhuense roxo,que hoje amarga um exílio, Politico Moral e Financeiro,por se envolver em Politica,querendo levar a coisa a sério,misturando uma vida Empresarial de sucesso
    com o jogo sujo da politica partidária...

    ResponderExcluir
  10. Ao iniciar a leitura do post, imaginei que fosse ALEXANDRE MARINHO.
    Se o povo de Garanhuns perder a oportunidade, e não mudar de vez esse quadro caótico instalado, estagnação total, nunca mais sairá dessa situação mediócre.
    É agora ou nunca!
    Em 2012, o nome é ALEXANDRE MARINHO.
    Preparo, Competência, Sério, Comprometido, Inteligente.

    Antonio Ivo - Garanhuns/PE

    ResponderExcluir
  11. Vim dar minha opinião,mas desisti...
    Como toda boa pernambucana só digo uma coisa:
    VIXI MARIA QUE BALAIO DE GATO!!!!
    E que povo é esse que não tem identidade????
    Todo mundo é anônimo?????
    Estranhooo...Parece coisa de político!!!!
    Se as coisas estão desta forma,ou melhor,continuarem desta forma,vou bordarque éo melhor que eu faço!!!!rsrsrs

    ResponderExcluir
  12. Prezado, vamos analisar um pouco o que o senhor Alcido esboçou, a falta de um projeto dos pré-candidatos? Culpa dos Garanhunheses? Permita-me algumas indagações. Politicamente todos tem um projeto, todos tem um desafio, quem iria imagina que aquele senhor honesto da farmácia, iria se transformar em um homem sem escrúpulos, capaz de comprar todos, câmara de vereadores, desvio de verbas, falcatruas, etc, então minha gente, a falta de cultura da sociedade, falta do conhecimento, o indagar do que é política, quem é o melhor? quem é o melhor es a questão??? Meu nobre, não só em Garanhuns, mas o brasileiro não gosta de ler, onde nossa sociedade, e quando falo de sociedade não estou falando de Garanhuns falo do pais inteiro, onde a massa estar abitolada com Novelas, Jogos de Futebol, a moda agora reality show, dentre outros, então meu querido não me venha falar que Garanhuns falta políticos e jogar a culpa para o sociedade de Garanhuns, o que se falta na realidade é um pensamento critico na nossa sociedade em geral porque as diretrizes da política municipal, na realidade pouco importa, quando você tem uma esfera Federal, um câncer maligno que é o governo federal que arrecada até hoje 800 bilhões e mesmo assim eu pago assistência médica, minha segurança, conta de energia elétrica (um absurdo de caro), gás , educação, mais de 28% de meus rendimentos, nossa basta. Senhor Alcido se o senhor encontrar um político com essas características que segundo você é o perfil para Garanhuns avise que esse homem é santo, e mais extraordinário uma sociedade plena, baseada em criticas é querer de mais não?
    O sistema na verdade é errado de forma geral, onde na verdade não se consegue entende, pelo menos eu não entendo essa matemática que um prefeito gaste em uma campanha milhões de cifras onde seu salário não passa de 20 mil, então senhor, falar que nossa sociedade da classe media não importa-se com nada, ora , se o senhor, que se diz que participa de forma direta das campanhas estar “desgostoso” imagine você um empresário, que paga imposto até dizer basta, você sabe muito bem o que é der uma folha de pagamento de funcionário e depois ainda ter que pagar um nota preta para Governo, MUNICIPAL, ESTADUAL E POR ULTIMO FEDERAL e o pior retorno zero, se deixar de pagar um desses impostos nunca mais você tem paz na vida, e ainda vem os impostos pagos no supermercado, farmácia, posto de gasolina, imposto do carro que se compra, etc etc etc, todos os anos o governo bate recorde de arrecadação.
    Sabemos que os políticos, quando entram em cargos públicos, são os caras, ou sejam busca o STATUS, não entram em busca de servi a sociedade, viram deuses. E o pior, da noite para dia o secretario aparece com uma 4X4 zero km! Sabemos que é assim.
    Não justifica nada uma campanha se baseada em milhões e milhões e mas grave ainda é se financiada com dinheiro de terceiros, isso os valores contabilizados, tem o velho caixa 2, 3, 4 e ai vai, troca de favores né, se eu ganhar, tal ministério é seu, meu filho vai abrir uma empresa assim e tal, e dessa forma começa a dividir o bolo como se fossem donos de grandes empresas e começam a buscar acionistas e dessa forma começam a gasta por “conta” antes mesmo de serem eleitos, pois é, de fato tem muito interesse de todas as partes, nunca vai mudar essa realidade.
    Então de quem é a culpa? Definitivamente é de nossos antepassados, muitos séculos atrás.... Meu amigo, na verdade é problema não é microeconomia é macroeconômico, porque pessoas de respeitos nessa miséria de pais não se submetem a serem políticos porque temem a Deus primeiramente e de fato são mentes brilhantes, não vão submeter-se a acordos com o dinheiro do povo, então Alcido antes de mas nada reveja seus conceitos por isso que você não ganha nem pra ser presidente da UNIMED Garanhuns que é um ninho de cobras criadas e tenha respeito pela sociedade de Garanhuns e empresários. Um grande abraço e espero que tenha contribuído com alguma coisa para os leitores.

    ResponderExcluir