sábado, 26 de junho de 2010

SERRA DEFINE O VICE E DESAGRADA ALIADOS

O candidato à presidência José Serra demorou para escolher o seu vice, o senador Álvaro Dias (foto), e quando o nome foi anunciado, pelo twitter (agora tudo passa por essa ferramenta da internet), desagradou a alguns aliados. O Democratas, principal aliado do ex-governador, queria emplacar um nome do Nordeste, de preferência o deputado José Carlos Aleluia (BA). Os representantes do DEM ficaram chateados por ficarem de fora. Como não têm nada a ver com os ideais de Lula e Dilma, porém, não terão para onde correr. O fato é que o tucano montou uma chapa "puro sangue" (Serra e Dias são do PSDB), deixou de fora o Nordeste e, pior, contemplou as duas regiões mais ricas do país, que por sinal são as melhores para a oposição. A composição reunindo o paulista e o paranaense pode ser classificada como "Sudestina" e a princípio não se sabe em que pode ajudar os oposicionistas em termos de voto. Principalmente neste momento, quando Dilma Roussef (PT), já é líder nas pesquisas. Pelo que se observa, a estratégia do tucano é concentrar seus esforços em São Paulo, Minas e Estados do Sul, que concentram a maior parte do eleitorado brasileiro, pois o Nordeste, o Norte e Centro Oeste já são dados como "casos perdidos".

Um comentário: