Assembleia Legislativa

Assembleia Legislativa
Assembleia Legislativa

quinta-feira, 24 de junho de 2010

EMOÇÕES DA COPA


A Copa do Mundo da África se aproxima da fase denominada oitavas de final. As emoções, quando vão se defindo os times que permanecem na competição, só fazem aumentar. A Inglaterra e Alemanha continuam jogando pouco, para equipes que já foram campeãs e vão se enfrentar depois de amanhã, numa partida a meu ver sem favoritos. Os alemães só encantaram na estreia e os ingleses mostraram evolução no último jogo. Pode acontecer qualquer coisa. Incrível foi a classificação dos Estados Unidos. Contra a Argélia teve um gol mal anulado, chutou bola na trave, desperdiçou chances e quando todo mundo estava convencido de que ia voltar pra casa, aos 47 minutos, nos descontos, fez 1 x 0 e garantiu a classificação, podendo até avançar um pouco mais, uma vez que a seleção de Gana, adversário nas oitava, não é lá essas coisas toda. Sobrou para a Eslovênia. Os jogadores desta chegaram a comemorar o segundo lugar no grupo e quando os EUA marcou veio aquela decepção. O Uruguai terá pela frente a Coreia do Sul e pelo que tem apresentado até agora é favorito. Os argentinos, que ganharam os três primeiros jogos, terão menos facilidade, acredito, porque o México tem um time bom e pode dificultar. Mesmo assim, se jogar o que sabem, os pupilos de Maradona vão às quartas de final. Hoje teremos a definição dos grupos da Holanda, com tudo para ficar na primeira fila e da Itália, no desespero para continuar na Copa. É vencer ou morrer, contra a Eslováquia. Amanhã as emoções envolvem espanhois, precisando se garantir contra o Chile, e Brasil versus Portugal. Eles vêm com a moral lá em cima e podem querer vingar os 6 x 2 do último confronto. Só que o Brasil tem mais time e se repetir o bom futebol que apresentou contra a Costa do Marfim poderá deixar Cristiano Ronaldo e companhia chupando dedos. O fato é que nesta sexta mais uma vez o país pára e pode ser que mais uma vez Portugal descubra quem é na realidade o Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário