ALEPE

ALEPE
ALEPE

segunda-feira, 29 de março de 2010

BBB PODE FORÇAR GLOBO A PAGAR MULTA DE R$ 1 MILHÃO

O juiz federal substituto Paulo Cezar Neves Junior, da 3ª Vara Federal Cível de São Paulo, concedeu uma liminar nesta segunda-feira (29), com a decisão. O Ministério Público Federal (MPF) havia proposto uma ação cautelar após o participante Marcelo Dourado ter afirmado que heterossexuais não se contaminam com o vírus HIV.
"Hetero não pega AIDS, isso eu digo porque eu conversei com médicos e eles disseram isso. Um homem transmite para outro homem, mas uma mulher não passa para o homem", disse Dourado no dia 2 de fevereiro. Segundo o site do Ministério da Saúde, "o HIV pode ser transmitido pelo sangue, sêmen, secreção vaginal e pelo leite materno".
Além disso, no processo a União Federal afirmou que "é significativamente maior no Brasil o número de casos de homens infectados com o HIV por mulheres em relação ao número de casos de homens infectados por outros homens. Além disso, a epidemia está estabilizada entre os homossexuais e vem crescendo entre os heterossexuais".
Para o juiz, o impacto da informação equivocada sobre a saúde pública brasileira é certamente muito elevado, tendo em vista a notória audiência do programa.
Caso a emissora não esclareça as informações utilizando, no mínimo, o mesmo tempo das declarações de Dourado, deverá pagar multa de R$ 1 milhão. (Fonte: Portal Imprensa).

2 comentários:

  1. Dourado É o brasileiro típico, mistura de raças que não deu certo, medíocre e sem educação. Dourado cospe no chão, não importa se tem alguém por perto. Isso é podre. Pior que cuspir no chão só "Cuspir" da janela do ônibus; é lutador de vale tudo, modalidade típica de quem não tem nada na cabeça e nem capacidade pra fazer algo além de dar porrada; é do tipo pavio curto que quando confrontado e sem ter argumento simplesmente manda "calar a boca"; é debochado, tira sarro e não tem respeito por ninguém. Agressivo, com aquele olhar alucinado, nada me tira da cabeça que ele curte drogas, e não vai aqui nenhum julgamento, mas até hoje não conheci ninguém que fumasse daqueles fumos de tabacaria enrolados em seda, se não for esquizofrênico, deve ser usuário de droga, e não vai aqui nenhum julgamento, apenas comentário, mas de qualquer forma fumar não é bom exemplo; lembram de uma vez que ele ameaçou bater na Angélica? só não o fez pois seria sumariamente desclassificado, mas homem adulto que bate em mulher é mau caráter; ele declara que não acha homem bonito, isso é auto-afirmação, coisa de cara que não tem noção; é um cara que não tem fé... ao resumo das contas não ter fé é não acreditar em si mesmo, o aspecto de fé não é apenas religioso, e ele já mostrou que não sabe o que é auto-estima; um cara que aos 37 anos tendo a exposição que teve, não conquistou nada e diz morar em favela pra mim é papo furado pra tentar se fazer de coitadinho; um cara atlético que não ganhou nenhuma prova de resistância e tem um rosto murcho que, fosse ele hiv positivo, estaria relacionado à lipodistrofia, ou se não for soropositivo pode estar relacionado ao uso de crack; um cara que diz que mulher que posa nua é puta, que quem é gay envergonha a família e que homem hétero não contrai hiv... Quer mais brasileiro, suburbano e ignorante que esse?
    Além de homofóbico, nazista e fundamentalista, Dourado encontrou no Dicesar o que mais temia ser, um homossexual bem resolvido. Finalmente o BBB que era pra ser o BBB da diversidade acabou sendo o de intolerância.
    Dos que restaram a mais aceitável e que é um voto neutro é a dentista que faz o gênero bonitinha e simpática, naquele jeito forçado de ser, melhor ser esta a pessoa vencedora do que um homofóbico ou então o outro que é um homossexual enrustido.

    ResponderExcluir
  2. O que mais surpreende ao indivíduo mesmo de pouca inteligência é confrontar-se com a possibilidade de uma emissora de tamanha grandeza permitir ser ela o cenário de uma manifestação tão absurda de ignorância, cujo caráter de divulgação chega a proporção internacional, e mais, premiar um homem visivelmente derrotado pelas péssimas escolhas que fez em sua vida, conclusão esta que podemos extrair de seus discursos contraditórios e desprovidos de qualquer informação que esteja ao alcance de qualquer cidadão. É bem verdade que qualificar Marcelo Dourado comoi cidadão é algo que exige um esforço sobrehumano.

    ResponderExcluir