terça-feira, 27 de outubro de 2009

INTENSA A ROMARIA PARA VER VALDEMAR


A partir das 21 horas aumentou de forma significativa o número de pessoas que comparecem ao velório do corpo do comerciante e policial Valdemar Santos. Neste momento uma multidão ainda maior que a da tarde ocupa a maior parte dos espaços da Rua Napoleão Almeida e lota o salão paroquial da igreja. Conversando com várias homens e mulheres, chega-se a uma estimativa que mais de cinco mil pessoas já passaram pela Cohab II, hoje, em horários diferenciados, para dar o seu adeus ao PM. Muita gente do Mundaú, de sítios de Garanhuns próximos como Castainho e Timbó, assim como da cidade e da zona rural de Brejão.

No início da noite, na Igreja do Sagrado Coração de Jesus, o padre Nivaldo celebrou uma missa pela alma do comerciante e revelou para os moradores do bairro que há pouco tempo o proprietário do Mercado Santos tinha mandado fazer uma imagem de Nossa Senhora, que já está na Casa Paroquial, faltando apenas colocar os pés ou a base para ser afixada no templo católico. O sacerdote destacou a importância de Valdemar para a comunidade da Cohab II, loteamentos em volta e parte da Boa Vista.

A esposa de um policial militar conversou há pouco com este jornalista, confirmando a prisão de um suspeito pelo assassinato do empresário. É realmente um ex-PM, que se encontra detido no quartel do Nono Batalhão, sediado em Garanhuns.

Um detalhe curioso é que entre as milhares de pessoas que vêm à Cohab II, é notada a presença maciça do povo simples da vila e arredores, companheiros de farda, inclusive oficiais, comerciantes, como Ivo do Mercado Ipiranga, educadores, como a professora Maria Almeida, e profissionais de imprensa, caso de Lenildo Ramos. Até o momento, no entanto, é notória a ausência dos políticos, que parecem estar por fora do prestígio que desfrutava a vítima na comunidade garanhuense.

Valdemar Gomes dos Santos será velado durante toda noite no salão da Igreja da Cohab II e será sepultado amanhã, a partir das 8 horas, em Santa Rita, Brejão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário