SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

ALEPE

ALEPE
ALEPE

quarta-feira, 22 de julho de 2009

O PÚBLICO DO FESTIVAL

Apesar da voz bonita, boa presença de palco e um repertório que merece atenção, Wanderléia não atraiu grande público, ontem à noite, no palco da Guadalajara. Outros cantores se apresentaram antes, mas a Wandeca era o maior nome da terça-feira. Até agora tivemos boa participação popular na quinta-feira, na sexta e sábado, assim mesmo aquém de festivais passados. Como a quinta nunca deu muita gente mesmo, podemos considerar de certo modo o melhor dia da festa. Por que? Ora, tinha o Quinteto fazendo a homenagem a Toinho, a participação do Lenine e principalmente a Maria Rita. Depois de cinco dias de shows, você abre a página da Fundarpe e vê o quê? O vídeo da filha de Elis Regina é o mais acessado. Tudo isso que está acontecendo só cobre o repórter de razão quando alertou a direção da Fundarpe, antes do início do FIG, que era preciso dar mais atenção ao palco da Guadalajara. Hoje à noite O Cordel do Fogo Encantado vai se apresentar pra pouca gente também e só na sexta e no sábado, com O Rappa e Jorge Ben Jor, a praça vai pegar bom público novamente. A secretária de Cultura e a presidente da Fundarpe têm de admitir que nós estávamos certos quando questionamos as escolhas da Guadalajara, que queiram ou não queiram é a vitrine do FIG. Como bem diz o colega blogueiro Ronaldo César, em seu espaço, tem de mesclar os veteranos com a turma nova que está surgindo na MPB. No próximo ano, quando for realizado o 20º Festival, tragam Ana Carolina, Van Der Lee, Seu Jorge, Zeca Pagodinho, Renato Teixeira, grandes artistas que nunca vieram e outros nomes que estão despontando, que vocês irão ver a resposta do público. Ninguém é bobo para sair do Recife ou mesmo de sua casa aconchegante em Garanhuns para assistir Oldair José estreando no FIG ou Nação Zumbi na cidade pela décima vez.

Nenhum comentário:

Postar um comentário