COMPESA

COMPESA
COMPESA

Governo de Pernambuco

Governo de Pernambuco
Governo de Pernambuco

AURIMAR FERREIRA PODERÁ INTEGRAR EQUIPE DA RÁDIO 87 FM


Depois de sua saída em julho da Rádio Jornal Garanhuns o radialista e jornalista Aurimar Ferreira tem aparecido frequentemente nos bastidores, junto à equipe da Rádio 87FM.

 

Um exemplo disso foi sua ida a Petrolina quando a rádio transmitiu o jogo entre Sete de Setembro de Garanhuns contra o time da cidade sertaneja.

 

Assim como o radialista  tem sido visto na cabine da 87 em todas as partidas do Sete,  no Gigante do Agreste. 

 

Há quem diga que Aurimar Ferreira estaria negociando sua ida para a 87 FM,  porém nem o profissional e nem a emissora confirmam os rumores.

 

Em suas redes sociais,  o apresentador esportivo Thiago Emanuel postou uma foto ao lado do jornalista, juntamente com o narrador Simão Silva, além dos repórteres Alysson Novato  e Luís Andrade,  com a legenda “equipe da 87 FM”.  

 

Isso só aumenta ainda mais os rumores de que o radialista poderá ser o mais novo integrante da equipe da Rádio 87 FM.

 

Aurimar Ferreira permaneceu quatro anos na antiga Difusora, fazendo história com sua irreverência e descontração no programa Rádio Jornal nas Feiras.

 

Como jornalista sempre atuou com imparcialidade, credibilidade e seriedade, preciso e firme nas entrevistas deu oportunidade a quem não tinha voz.

 

Abriu espaço para os artistas da cidade, valorizando cada um deles independente de sua arte. 

 

Enquanto Aurimar não volta a brilhar nas ondas do rádio, seus fãs aguardam ansiosamente seu retorno,  seja fazendo jornalismo ou comandando programas de entretenimento.

PAOLLA OLIVEIRA - UMA PROFESSORA MUITO MALUQUINHA


Paolla Oliveira já viveu papéis de destaque no teatro, no cinema e na televisão.


Uma das cenas mais impactantes de um artista nacional na telinha foi quando Paolla, interpretando Danny Bond, caminhou para a sacada do apartamento e exibiu coxas, pernas e bum bum perfeito para milhões de brasileiros.


Menos conhecido, porém não menos importante trabalho na vida da atriz foi a personagem Catarina, a Cat, a “professora maluquinha” do filme, baseado em um livro de Ziraldo.


O longa, que já tem 10 anos, pode ser visto tanto na Globoplay quanto na Netflix. E vale a pena.


Porque vivemos inundados de produções estrangeiras e quando temos oportunidade de ver o Brasil na TV ou no cinema quase sempre é prazeroso.


“Uma Professora Muito Maluquinha” é um filme de muita pureza, inocência, talvez até  ingenuidade,  nesses tempos ásperos que vivemos.


Retrata a vida de uma professorinha do interior, de métodos inovadores, adorada pelos alunos e invejada pelos colegas do corpo docente e a própria diretora da escola.


Uma crítica do cartunista e escritor Ziraldo Alves Pinto ao ensino tradicional, transportada para o cinema.


Por sinal o filme é codirigido por César Rodrigues e André Alves Pinto, este último sobrinho de Ziraldo, que também trabalhou no roteiro da obra cinematográfica.


“Uma Professora Muito Maluquinha” tem fotografia bonita, com locações realizadas na cidade histórica de São João Del Rey, em Minas Gerais.


A temática lembra, guardadas as devidas proporções, dois clássicos do cinema que discursam sobre educação: “O Sorriso de Mona Lisa”, com Júlia Roberts e “Sociedade dos Poetas Mortos”, um dos melhores trabalhos do inesquecível Robin  Williams.


Leve, divertido, alegre, o filme em cima da obra de Ziraldo exala brasilidade, brejeirice, um frescor a que não estamos acostumados ou nos desacostumamos. 


Além do show de Paolla de Oliveira, no auge da beleza, ainda temos uma preciosidade no filme: Chico Anísio, no seu último papel para o cinema, interpretando um religioso.


Chico era melhor interpretando ele mesmo ou os inúmeros personagens que criou. Mas agora, que já não está mais entre nós, quem vai cobrar que o artista seja um bom ator? Ele foi gênio do humor e sua participação neste filme só enriquece a obra, a criação de Ziraldo e o esforço dos diretores do longa para fazer jus ao livro.


Ótimo programa para o final de semana. Tanto faz ver numa plataforma como em outra, o resultado final será o mesmo.  

VEREADOR ELEITO MATHEUS MARTINS VAI FAZER SELEÇÃO PÚBLICA PARA SEU GABINETE


O vereador eleito pelo PSD, Matheus Martins, sequer tomou posse do mandato e já começou inovando no exercício da função.

Durante a campanha eleitoral, Matheus Martins defendia que seu mandato seria inovador e mais próximo da população.

Hoje, o empresário e vereador, Matheus Martins, lançou uma seleção pública para o uma vaga de assessor parlamentar.

Matheus Martins defende que o quadro de funcionários de seu gabinete será composto por pessoas técnicas o que, de fato, é algo inovador na Câmara Municipal de Garanhuns, uma vez que, na maioria dos casos, o quadro de funcionários dos gabinetes dos vereadores são utilizados como cabide de emprego para aliados e cabos eleitorais.

A seleção pública também é uma forma de gerar oportunidades e descobrir talentos na cidade.

Qualquer cidadão garanhuense que tenha interesse na vaga pode se inscrever enviando, via e-mail, seu currículo para matheusmartinsgabinete@gmail.com. O envio dos currículos devem ser feitos entre os dias 14 e 18 de dezembro.

A segunda etapa será a escolha de 5 participantes da seleção que serão entrevistados pela equipe de Matheus Martins, onde decidirão o vencedor da seleção.

O resultado da seleção pública será divulgada nas redes sociais do vereador e nos meios de comunicação da cidade.

"Meu compromisso é com a ética e responsabilidade no  exercício do nosso mandato. Vamos abrir as portas para a população e, em especial, nossa juventude", afirmou Matheus Martins.

Se Matheus Martins sequer assumiu o mandato e "chegou chegando", imagina o que poderá fazer quando tomar posse.

"A juventude agora tem um vereador de verdade em Garanhuns", afirmou o vereador.

O ABRAÇO DA COMEMORAÇÃO DA VITÓRIA NA ELEIÇÃO DE SÃO JOÃO

Uma foto registrou o momento em que Wilson do Mercado e sua esposa, Ana, tiveram certeza de que a eleição em São João estava ganha.

A emoção tomou conta do casal e dá pra ver que a futura primeira dama está chorando, com a alegria da vitória.

Ana é filha de um pequeno comerciante da cidade, Seu Teles, um defensor das causas sociais, que era um grande admirador de Miguel Arraes.

Esposa do prefeito eleito foi uma guerreira na campanha e contribuiu muito com a vitória.

Wilson do Mercado derrotou forças poderosas e por uma diferença significativa, de mais de 1.100 votos.

Seu adversário, Bruno Eletro, tem poder econômico e ainda recebeu o apoio do grupo do atual prefeito, Genaldi Zumba, que está terminando o seu segundo mandato.

Os números da eleição em São João:

Wilson do Mercado (PP) – 7.467 votos

Bruno Eletro (PSD) – 6.358 votos

Joseneuda Assis (PC do B) – 147 votos

A votação da candidata do Partido Comunista, foi aquém de suas qualidades, pois ela é boa parlamentar. Mas a disputa no município polarizou entre as duas principais candidaturas, daí a votação dela ter sido pequena.

POPULAÇÃO DE GARANHUNS DEMONSTRA GRANDE CARINHO POR PEDRO VELOSO


Médico cardiologista Pedro Veloso, que foi internado no Monte Sinai e depois transferido para o Hospital Português, por conta da Covid-19, está bem melhor, segundo os próprios familiares.

A expectativa é que o vice-prefeito eleito de Garanhuns logo esteja de volta à cidade, para alegria de todos que o conhecem.

Aliás, de todas as pessoas que foram notícia, por conta da doença, Dr. Pedro foi uma das que mais chamou a atenção e mobilizou centenas de garanhuenses nas redes sociais na torcida por ele.

Não faltaram correntes de oração.

Toda mobilização mostra como o vice escolhido por Sivaldo Albino é uma pessoa querida na Suíça Pernambucana.

O cardiologista certamente tem muito a contribuir com a nova administração do município. Será muito bem-vindo em sua volta,  como médico e vice-prefeito.

PREFEITO ELEITO DE PANELAS É RECEBIDO PELO SECRETÁRIO DE TRABALHO DO ESTADO

 

O secretário do Trabalho, Emprego e Qualificação, Alberes Lopes, recebeu, esta semana a visita do prefeito eleito de Panelas, Ruben Lima, 36 anos. 

O prefeito eleito foi ao gabinete do secretário para tratar de projetos que possam beneficiar os trabalhadores da cidade,  localizada no Agreste,  nos próximos quatro anos, a partir de janeiro de 2021. 

A reunião durou cerca de uma hora e meia e o prefeito eleito apresentou sua plataforma de gestão, que inclui mudar o sistema administrativo do município, humanizar o atendimento aos cidadãos e geração de emprego e renda.

Alberes Lopes perguntou a Ruben sobre as potencialidades do município, ouviu as demandas e ambos já marcaram novas agendas. Segundo o prefeito eleito, Panelas tem potencial para exportar inhame para o exterior, tem capacidade de aumentar esse mercado e possui potencial para produzir roupas, porque se localiza perto de um dos maiores polos de confecções do Brasil. Ruben ainda apresentou as principais competências de sua cidade.

Um outro assunto mencionado na reunião foi a Central de Oportunidades. O secretário Alberes Lopes falou sobre a importância do prefeito pensar na possibilidade de ambos fazerem uma parceria para abrir, em panelas, uma Central de Oportunidades, que iria abrigar serviços da Agência do Trabalho, da Agência do Empreendedorismo e da Jucepe.

De antemão, o secretário informou que, assim que o prefeito eleito estiver com a agenda disponível, a Caravana do Empreendedorismo da SETEQ pode ser levada ao município com informações sobre a Lei Geral do MEI, orientações sobre Educação Financeira e sobre o Crédito Popular, que disponibiliza até R$ 3 mil em linhas de crédito para micro empreendedores.

BOLSONARO MANDA BRASILEIRO APAGAR A LUZ E TOMAR BANHO MAIS RÁPIDO


Ao justificar o aumento na tarifa de energia elétrica, que vai atingir a maioria dos brasileiros, o presidente Jair Bolsonaro se saiu com mais uma pérola.

Ele aconselhou a população a apagar a luz e tomar banho mais rápido, como forma de minimizar o reajuste. Presidente falou ao vivo, durante uma transmissão pelas redes sociais.

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) restabeleceu a bandeira vermelha 2 nas tarifas para o mês de dezembro.

Com isso a conta de luz vai  sofrer acréscimo de R$ 6,243 a cada 100 kWh (quilowatt-hora) consumidos.

"Eu apago todas as luzes do Palácio ao Alvorada. Tenho certeza que você que está em casa pode apagar uma luz agora. A gente pede que apague uma luz para evitar desperdício, toma banho um pouquinho mais rápido", disse Bolsonaro.

GOVERNADOR PAULO CÂMARA RECEBE PREFEITO ELEITO JOÃO CAMPOS


Governador Paulo Câmara (PSB) recebeu no Palácio das Princesas o prefeito eleito do Recife, João Campos.

 

Na oportunidade, as duas lideranças discutiram as parcerias para os próximos dois anos e já desenharam os primeiros passos da triplicação da BR-232, no trecho que dá acesso à capital pernambucana.

 

Paulo Câmara estava acompanhado da vice-governadora Luciana Santos (PC do B) e João da sua vice, Isabella Roldão.

 

Criticado por adversários durante toda a campanha, chamado de “pior governador da história política de Pernambuco”, Paulo teve uma vitória e tanto nas eleições municipais deste ano.

 

O PSB elegeu o maior número de prefeitos do estado, tendo vencido no Recife e municípios importantes do interior , como Garanhuns, Gravatá, Afogados da Ingazeira, Surubim e São Lourenço da Mata.

 

Foto: Ashlley Melo

BRUNA LOMBARDI DÁ A MAIOR FORÇA À APRESENTADORA FÁTIMA BERNARDES


Da sempre bela Bruna Lombardi, para a jornalista Fátima Bernardes, que está fazendo tratamento para câncer de útero:

 

Quando eu soube ontem escrevi para a minha querida Fatima Bernardes @fatimabernardes que ela já estava em plena recuperação, em processo de cura total. Ela cuida de todo mundo, é generosa e faz tanto por todos. Uma mulher maravilha!


A Fátima é um ser de tamanha luz e sabedoria que nada pode vir pra lhe fazer mal. Vem apenas para que ela descanse, se cuide muito e brilhe cada vez mais.

Com muito amor, amiga!


Toda Saúde pra você e pra todos nós.


Deixem aqui sua mensagem pra ela com todo carinho.


Um beijo enorme

FERREIRA COSTA ABRE 400 VAGAS DE EMPREGO PARA LOJA DE CARUARU



A construção da loja de Ferreira Costa em Caruaru está a todo vapor. Em junho de 2021 a empresa abre as portas na capital do Agreste. A nova estrutura terá uma variedade de mais de 80 mil itens para casa, construção e decoração em um só lugar.  

 

A construção da loja já foi iniciada e está localizada na BR-104, no final da Av. Agamenon Magalhães. O home center contará com 9.000 m² de área de vendas, além de espaço para lojas de conveniência, 300 vagas de estacionamento, estoque para pronta entrega no local e trará os serviços do clube do profissional, lista de casamento, vendas corporativas e clica e retira para vendas do online. 

 

E, as novidades não param por aí, Ferreira Costa já está contratando. São diversas oportunidades. Têm vagas para as funções operacionais, gerência e supervisão, nas áreas de vendas, atendimento, logística, administrativo, entre outros, num total de 400 vagas. 

 

Para quem quiser participar, basta se inscrever no  https://carreiras.ferreiracosta.com/.  Devido ao momento atual em que estamos vivendo, o processo seletivo acontecerá todo online.  

BOLSONARO MANDA ÀS FAVAS À DIPLOMACIA E BRIGA COM TODO MUNDO


Por Ayrton Maciel*

A histórica posição diplomática do Brasil de não envolvimento em assuntos internos de outros países – alinhados ideologicamente ou não – e de respeito à independência, soberania territorial e à autonomia política está sendo enterrada, gradualmente, pelo presidente Jair Bolsonaro e seus filhos parlamentares e pela condução “aloprada” do Itamarati pelo ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo. Uma posição de autodeterminação e neutralidade – mesmo com seu consolidado compromisso ocidental – sempre respeitada e admirada na Organização das Nações Unidas (ONU), tanto que o Brasil abre a anual Assembleia-Geral da ONU desde 1947, a segunda reunião da entidade.

Quem podia ser um reflexo de luz no mar de insensatez do governo federal, o vice-presidente Hamilton Mourão – um general de Exército que teve formação sobre história e política internacional nas academias militares -, prefere abrir mão da sua autonomia para se associar a erros grotescos da diplomacia, numa subserviência aos ideólogos da família Bolsonaro. Repete, assim, Mourão, gesto do ministro da Saúde e também general, Eduardo Pazuello, na crise sanitária provocada pela Covid-19: “ele manda (Bolsonaro) e eu obedeço”. Tudo tão estranho nestes dois recentes anos, nos quais os absurdos se sucedem, que não surpreende mais, apenas espanta e deixa a expectativa de “qual vai ser o próximo?”

Eleito em 2018, Bolsonaro e seus ideólogos optaram por aprofundar o confronto que internamente divide o país e acumpliciar-se a Donald Trump, presidente dos EUA, recém derrotado nas urnas. Após a vitória de 18, Bolsonaro prosseguiu com hostilidades à Venezuela e a candidatos presidenciais de países vizinhos que não se alinham à sua extremada ideologia de direita. Até o momento, não cumprimentou publicamente pela vitória a Alberto Fernández, da Argentina, Luiz Arce (Bolívia) e Joe Biden, dos EUA. Pior que a deselegância autocrática – sob a falsa ilusão de poder pessoal e de potência militar do país – está a instigação ao conflito com nações com as quais o Brasil tem tradicionais e pacíficas relações políticas e comerciais, postura que visa a atender interesses impatrióticos.

Primeiro, o governo reteve dois cargueiros iranianos com carregamento de milho, no porto de Paranaguá (PR) – o STF teve que mandar a Petrobras abastecer e liberar -, sob o argumento de que o Irã sofre embargo comercial dos EUA. Veio o confronto com o presidente francês, Emannuel Macron, por causa das queimadas na Amazônia, que o levou a insultos ao próprio Macron e à sua esposa, via rede social. Em seguida, atrito com a Noruega e a Alemanha, que abandonaram o investimento no Fundo Amazônia, em razão do descompromisso brasileiro com o meio ambiente. Aliás, Bolsonaro – por não respeitar o Acordo de Paris – é a razão da União Europeia se negar a assinar o acordo de livre comércio com o Mercosul, prejudicando a agenda econômica do Brasil e da América do Sul.

Histórico principal aliado ideológico do Brasil, os EUA estiveram na mira da fúria do presidente Jair Bolsonaro. Insatisfeito com a vitória de Joe Biden, a quem ainda não cumprimentou, e ao abordar – em reunião aleatória – as ameaças de punição comercial do eleito presidente norte-americano ao Brasil, em represália à política antiambiental para a Amazônia, Bolsonaro avisou que a questão “não se resolve só com diplomacia, mas também com pólvora”. Dá pra rir. Na visão do Brasil presidencial atual, 200 países no mundo não são suficientes para dar conta do seu poder (não do nosso). Isso faz lembrar as velhas brigas da infância, quando um se volta para os rivais e desafia: “vem, vem! Vem um por um”.

*Ayrton Maciel é jornalista. Trabalhou no Dario de Pernambuco, Jornal do Commercio e nas rádios Jornal, Olinda e Tamandaré. Ganhador do Prêmio Esso Regional Nordeste de 1991. Escreve aos domingos para o blog Falou e Disse.

*Foto: bbc.com

COVID ATINGE PERSONALIDADES PÚBLICAS E PROMOTOR ALERTA PARA GRAVIDADE DA SITUÇÃO


A Covid-19 volta a crescer no Brasil e em diversos países do mundo. Em Garanhuns a situação no momento é preocupante. Os leitos dos hospitais Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e Monte Sinai estão todos ocupados e no Dom Moura 6, dos 10 leitos de UTI para tratamento da doença estão com pessoas em tratamento.

O fato levou o promotor Domingos Sávio a divulgar uma nota de alerta, recomendando todos os cuidados.

Três personalidades públicas da cidade foram infectadas pelo coronavírus, chegando ao conhecimento da população nos últimos dias:

Dr. Pedro Veloso, médico cardiologista, está em tratamento no Hospital Português, no Recife.

As notícias são positivas. O vice-prefeito eleito de Garanhuns já está melhor e se o quadro continuar evoluindo favoravelmente breve estará de volta ao nosso convívio.

Deputado Sivaldo Albino, prefeito eleito do município descobriu esta semana que teve Covid. O caso dele foi assintomático (quando não desenvolve os sintomas) e os exames indicam que ele não transmite mais o vírus.

Blogueiro Ronaldo César, um dos nomes anunciados para o secretariado do novo governo, também está com a Covid-19. Até o momento, felizmente, não desenvolveu sintomas e está em casa, de repouso.

O quadro, portanto, é preocupante, em Garanhuns, em Pernambuco, no Brasil e no mundo.

O alento é que as vacinas estão prontas e a população começará a ser imunizada. Vamos torcer para que funcionem e possamos em breve comemorar o final dessa pandemia que já dura 10 meses, se levarmos em conta que o primeiro caso no país foi em fevereiro.

BRASIL - O país já soma 174.515 mortos, 698 vítimas somente nas últimas 24 horas.

No Rio de Janeiro a rede pública está com 90% de leitos de UTI esgotados e a privada, 98%. A situação está próxima do colapso no sistema de saúde. A situação é semelhante em Santa Catarina, que vive o momento mais dramático da pandemia.

Vacinação no Reino Unido e na Inglaterra começa na próxima semana. No Brasil, onde falta um governo eficiente e responsável para gerenciar a crise sanitária, parece que ainda não há um plano bem elaborado para a vacinação.

E já temos situações absurdas: em São Paulo, promotores reivindicaram prioridade quando começar a vacinação. Querem “furar a fila”, porque se julgam mais importantes do que os outros.

A nosso ver, se houve prioridade deve ser entre os profissionais de saúde, idosos e pessoas do grupo de risco.

Esses promotores de Sampa devem ser da mesma índole de Deltan Dallagnol, o amiguinho do imoral ex-ministro Sérgio Moro.

JORNALISTA REINALDO AZEVEDO DEFENDE QUE SÉRGIO MORO SEJA INVESTIGADO PELA JUSTIÇA

Jornalista Reinaldo Azevedo, um crítico implacável do Partido dos Trabalhadores, quando o PT estava no governo, defendeu em artigo em sua coluna na Folha/UOL, que o ex-ministro Sérgio Moro seja investigado pela justiça, por ter sido contratado “a peso de ouro” pela consultoria americana Alvarez & Marsal.

“Moro, inclusive, vai morar nos Estados Unidos. Ele está em dúvida entre Washington e Nova Iorque”, assinalou o articulista.

Para Reinado Azevedo  a contratação do ex-juiz pela empresa americana foi a notícia mais forte do início da semana,  “roubando” as manchetes sobre os resultados do segundo turno das eleições. 

“A Alvarez & Marsal, uma consultoria americana especializada em gestão de empresas, anunciou, em pleno vuco-vuco eleitoral, a contratação de ninguém menos do que Sergio Moro, que o ministro Luiz Fux, presidente do Supremo, considera um verdadeiro herói da Lava Jato. Ele vai atuar na área de “Disputas e Investigações” da A&M em escala global. Ah, agora sim!”, ironizou.

Reinaldo recordou recente entrevista em que a mulher do ex-juiz, Rosângela Moro, “única conja do País”, disse no programa “Conversa com o Bial” que o casal precisa pagar boletos no final do mês. “Todos os problemas acabaram!”, espezinhou o jornalista.

Ele salientou que “Moro, cujo trabalho provocou os sortilégios que provocou nas empresas, na economia e na política é agora sócio-diretor da empresa encarregada de cuidar da recuperação judicial da empreiteira que a força-tarefa ajudou a quebrar.”

Reinaldo Azevedo afirma que Moro está pronto para lotar a A&M de clientes e oferecer a “cura” depois de provocar o estrago que provocou no Brasil.

O jornalista questionou os ministros Luiz Fux, Cármen Lúcia e Edson Fachin – se eles enxergam algum indício de suspeição “na atuação daquele juiz que agora assume as vestes de empresário global”, qual seja, Sérgio Moro.

POLÍCIA PRENDE ELIANE GLOBO, ESPOSA DO EX-CANDIDATO À PREFEITURA DE CALÇADO

Carlos Cabeludo, Eliane e o deputado André de Paula

Empresária Eliane Torres, proprietária de postos de gasolina e supermercados, foi presa hoje na operação “Gambito da Rainha”, feita em Pernambuco e Alagoas, pelo Grupo de Atuação Especial em Sonegação Fiscal e Lavagem de Bens (GAESF) e Ministério Público de Alagoas.

Também conhecida como Eliane do Globo, por conta do seu grupo empresarial, ela é esposa de Carlos Cabeludo, que disputou a prefeitura de Calçado contra Expedito Nogueira.

Segundo investigações do GAESF, a empresária faz parte de um esquema criminoso que deu prejuízos na ordem de R$ 30 milhões aos cofres públicos.

A polícia prendeu diversas pessoas,  todas acusadas de envolvimento nos crimes de organização criminosa, falsidade ideológica, fraudes societárias, falsificação de documentos públicos e privados, lavagem de bens e corrupção de agentes públicos.

Também há agentes públicos envolvidos nas atividades criminosas, dois deles auditores-fiscais, que foram afastados do cargo.

Além da prisão dos que participavam do esquema, foi decretado, judicialmente, o bloqueio de bens imóveis e móveis dos acusados.

A organização criminosa, que operava somente em Alagoas, era integrada por empresários, “testas-de-ferro”, “laranjas”, contadores e auditores-fiscais.

Eliane foi presa em União dos Palmares, mas a operação se estendeu ao município de Calçado, onde ela também tinha residência.

AUTOR DE NOVELAS CONSIDERA MORO O PIOR CANALHA DO BRASIL



Do  jornalista e autor de novelas da Globo João Ximenes:

Como juiz federal, Sérgio Fernando Moro, o mais célebre cidadão maringaense, destruiu a indústria da construção civil no Brasil, além da cadeia de óleo e gás. Levou à falência, numa tacada, as principais multinacionais brasileiras, entre elas a Odebrecht, que atuava em diversos países da América Latina e da África. Nisso, ele destruiu a  economia do Rio de Janeiro. Muito se fala de Cabral. Nada, Cabral roubou. Quem destruiu os pilares da Economia do Rio de Janeiro foi Moro. Os moradores de rua que transformaram o Centro da cidade num grande campo de concentração de desvalidos? Na conta do Moro.

E o que faz o Sérgio Fernando agora? Vai se alimentar da carniça do animal abatido. Foi contratado por uma empresa americana de consultoria, Alvarez & Marsal, que cuida, vejam bem vocês, que administra a falência... da Odebrecht!

Não é lindo isso? Não dá vontade de fazer cuti cuti na bochecha do Merval?

Depois de dar de bandeja a presidência ao sacolé de pus e virar seu ministro, agora ele vai ganhar um troco sugando as tripas da multinacional que ele mesmo destruiu, enquanto sua patroa promove um livro que destaca na capa "Moro X Lula".

Não tem pra Lacerda. Não tem pra Toninho Malvadeza. Não tem pra Temer. Não tem pra Collor. Não tem nem pra Bolsonaro.

Sérgio Fernando Moro é o pior canalha que este país já produziu.

*Entre as novelas escritas por João Ximenes estão “Lado a Lado” e “Babilônia”.