O TESTAMENTO DE DOM EXPEDITO

 

Por Junior Almeida


Hoje, 2 de julho de 2022, está completando 65 anos da morte do 5º Bispo da Diocese de Garanhuns, Dom Expedito Lopes, baleado no dia anterior pelo desajustado Padre Hosana Siqueira. Foi um crime que fez o nome da Suíça Pernambucana rodar o mundo, pois casos como este, onde um religioso assassinou outro, são raríssimos em toda História da Igreja. Apenas TRÊS no mundo, sendo a morte de Dom Expedito Lopes, a ÚNICA do Brasil.


Existem vários livros que abordam o tema, como por exemplo, A Bala e a Mitra, de Ana Maria César, filha do juiz do caso, ou mesmo, A Vida de Dom Expedito Lopes; o Bispo Mártir de Garanhuns, de Frei Francisco Fernando da Silva, postulador da causa de beatificação de do religioso assassinado, dentre outros.


Muito já foi falado sobre o caso. Aqui mesmo neste blog, já postamos inúmeras matérias sobre o caso e também sobre Dom Expedito, então, resolvemos postar na data de hoje apenas o seu emocionante e humilde testamento, que que passa ao leitor um pouco da personalidade do Mártir de Garanhuns.


O TESTAMENTO

Em nome do Padre, do Filho e do Espírito Santo, declaro que, tendo nascido pobre, vivi sempre pobremente, esperando morrer ainda mais pobre, de coisa alguma disponho para legar. Tudo quanto se encontra sob meu nome pertence à Diocese, com exceção de alguns pequenos objetos cujo destino será indicado abaixo e dos meus livros que deverão constituir a biblioteca do Seminário de Nossa Senhora Medianeira, de Oeiras (PI).


Aceitando desde já, com o mais completo e absoluto espírito de filial submissão, a morte que Nosso Senhor me houver designado, ofereço minha vida pela glória de Deus e salvação das almas.


1 - A minha cruz peitoral que me foi oferecida pela Paróquia de Sant'Ana, Licânia, bem como o anel oferecido pelo Seminário de Sobral, deverão ser restituídos aos mesmos como lembranças do seu 1º Bispo.

2 - A cruz peitoral do diário, o anel e o báculo deverão ser entregues ao Museu Diocesano de Oeiras, juntamente com as mitras que me foram oferecidas pela prefeitura daquela cidade.

3 - Ao Papai e aos meus irmãos sejam entregues a imagem de Nossa Senhora de Fátima, o meu relógio de bolso, os meus terços e o crucifixo.

4 - O dinheiro existente no cofre corresponde aos diversos saldos constantes do livro de conta corrente e o restante pertence à Obra das Vocações Sacerdotais.

5 - Na esperança de vir a morrer sem dinheiro, sem dívidas e sem pecados nada mais tenho a pedir senão que rezem muito para que Nosso Senhor nos conceda santos sacerdotes.

Dom Francisco Expedito Lopes.


*Foto de Dom Expedito em seu leito de morte.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

SUBSÍDIO PARA COMPRA DE CASA

SUBSÍDIO PARA COMPRA DE CASA
FINANCIAMENTO PARA CASA PRÓPRIA