Colégio Diocesano de Garanhuns

Colégio Diocesano de Garanhuns
Colégio Diocesano de Garanhuns

Governo de Pernambuco

Governo de Pernambuco
Governo de Pernambuco

PESQUISA MOSTRA QUE PSB E PT JUNTOS SÃO MUITO FORTES EM PERNAMBUCO

Marília Arraes e Geraldo Júlio

Pesquisa do Instituto Opinião, divulgada hoje pelo jornalista Magno Martins, revela que se a deputada Marília Arraes (PT) fosse candidata ao Governo do Estado teria grandes chances de vencer a disputa. No cenário em que seu nome é colocado ela lidera, com 23,1% das intenções de voto. Raquel Lyra (PSDB) ficaria em segundo, somando 15%.

Sem Marília no páreo, Raquel fica com o primeiro lugar, totalizando 19,9% das intenções de voto. Em segundo aparece Geraldo Júlio (PSB), cravando em 14,4% e Miguel Coelho (DEM) teve 12,4%.

Pesquisa deixa claro que se o PSB e o PT estiverem unidos, em 2022, em torno de um só candidato, terão tudo para conquistar o governo.

Raquel pontua bem na região Agreste, mas derrapa nas outras regiões. Miguel Coelho é forte no Sertão, porém fraco na Mata, Agreste e Região Metropolitana.

O Opinião mostrou também que o ex-presidente Lula hoje tem o triplo de votos de Bolsonaro (pouco mais de 50%, contra 17%).

Atual dirigente político do país tem uma rejeição espantosa em Pernambuco: 70% dos entrevistados disseram que não votam nele de jeito nenhum.

É possível que Lula cresça ainda mais no Estado, fortalecendo o candidato do campo progressista a governador, provavelmente Geraldo Júlio.

Outro dado da pesquisa que revela o desgaste de Jair Bolsonaro em Pernambuco é a fragilidade do nome preferido do presidente para disputar o governo estadual: o ministro Gilson Machado aparece na pesquisa com apenas 1,7% das intenções de voto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário