GOVERNO DE PERNAMBUCO

GOVERNO DE PERNAMBUCO
GOVERNO DE PERNAMBUCO

OPOSIÇÃO DE CAETÉS DIMINUI DE TAMANHO A CADA ELEIÇÃO


O grupo que hoje está na oposição em Caetés encolheu de maneira impressionante da eleição de 2012 para a de 2020.

Quando estava no governo, o grupo ligado ao ex-prefeito Zé da Luz era forte e foi muito difícil vencê-lo.

Em 2012, Armando Duarte, então na oposição, venceu a eleição com apenas 1% de diferença.

Ele teve um percentual nas urnas de 50,50%, contra 49,50% de Sampainho. Foram 6.498 votos para Armando e 6.369 pra Sampainho.

Em 2016, quando disputou a reeleição, Armando Duarte teve margem folgada. Conquistou 8.353 votos e seu adversário, Benedito Silva, somou 5.758.

Mesmo perdendo, a oposição chegou a 40,81% dos votos e o prefeito teve 59,19%

Em 2020 Armando não pôde mais disputar a eleição, por já ter sido reeleito e apoiou Nivaldo Tirri, que tinha feito parte de sua equipe.

Durante o processo, saíram do grupo do prefeito o vice, Severino Gordo, Galego de Zé Miúdo, secretário de Agricultura e Irmão Naldinho, vereador.

Os três se juntaram à oposição.

Mas o grupo teve menos votos do que em 2016.

Na eleição passada, Nivaldo Tirri foi eleito com 71,37% dos votos, enquanto o candidato da oposição, Irmão Naldinho obteve um percentual de 28,63%.

Tirri conquistou nas urnas 9.634 votos e Naldinho ficou com 3.865, bem menos de que Benedito quatro anos antes.

Caso Tirri dispute a reeleição, em 2024, poderá vencer mesmo que perca perto de três mil votos,  em relação à disputa passada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário