GOVERNO DE PERNAMBUCO

GOVERNO DE PERNAMBUCO
GOVERNO DE PERNAMBUCO

MAIS UM SHOPPING CENTER É ANUNCIADO PARA GARANHUNS

        Na foto um shopping anunciado que não deu em nada


Mais uma vez é anunciado a construção de um shopping center em Garanhuns.

Segundo o jornalista Saulo Paes, o projeto foi idealizado pelos irmãos Ricardo e César Capitó, que são empresários.

Eles têm como parceiros outros empresários: João Graciliano e Jhonny Amabile, que já trabalham com grandes centros comerciais.

A assessoria dos empreendedores informa que foram realizadas pesquisas de mercado, estudos de viabilidade comercial e do terreno. Isso vem sendo feito desde 2020, em sigilo.

“As obras se iniciam em breve, pois os documentos legais para tal atividade já estão em fase de regulamentação perante os órgãos competentes da Prefeitura de Garanhuns, que deu irrestrito apoio, condição que já era esperada”, informa ainda Saulo Paes.

De acordo ainda com a assessoria de imprensa do grupo, algumas lojas âncoras e satélites renomadas no mercado já fecharam contrato com o empreendimento e também um investidor paulista irá investir em cinco salas de cinema de última geração.

CETICISMO – Pelo menos em alguns grupos de WhatsApp, moradores de Garanhuns reagiram com ceticismo à notícia.

Um músico da cidade chegou a ironizar: “Já vão inaugurar outro shopping, e o que tinha fechou?” Outro brincou com a informação de que o empreendimento será construído em direção a Bom Conselho, às margens da BR-424. “Será um shopping rural!”, alfinetou.

Essa descrença toda faz sentido, por três vezes foi anunciada a construção de shopping em Garanhuns, nas administrações de Luiz Carlos e Izaías Régis, mas o negócio não prosperou. Um dos anúncios contou até com a presença do governador Paulo Câmara e mesmo assim o Centro Comercial ficou só no papel.

Nesse novo projeto anunciado agora tem uma coisa estranha. Que o shopping terá cinco cinemas. Tem público pra tanto na cidade e região?

Assista o vídeo de divulgação do Shopping Center:

3 comentários:

  1. Esse cara que falou que ia ser feito em uma área rural não entende de nada, ali aos arredores vai surgir novos bairros, bairros modernos com edifícios altos, os mais diversos negócios ali aparecerá e Garanhuns avançará rápido tornando-se uma grande e moderna CIDADE

    Na verdade , esse cara que escreveu isso dizendo que seria numa área rural é mais um que não quer ver Garanhuns virar uma verdadeira capital do interior, inveja MESMO

    ResponderExcluir
  2. PAULO CAMELO: Algumas dicas para os capitalistas:
    1 - Faz-se necessário ter o apoio do Grupo Ferreira Costa e até mesmo como loja âncora;
    2 - Em Caruaru existem praticamente três Shoppings: Caruaru + Difusora + Pólo Comercial;
    3 - Os pequenos comerciantes de Garanhuns e Região conseguem conviver, numa boa, com o maioral da cidade, ou seja, o Grupo Ferreira Costa;
    4 - Por outro lado a população sofre quando se passa para a esfera da especulação imobiliária. Os aluguéis e os preços dos imóveis inviabilizam uma série de empreendimentos. Lembro-me que o terreno do Polo Comercial em Caruaru foi adquirido, na época, por cerca de R$1.700.000,00. Com certeza se fosse em Garanhuns seria no mínimo R$10.000.000,00, inviabilizando o negócio;
    5 - A loja Ferreira Costa apresenta uma arquitetura e um ambiente, os quais são simples e conseguem atrair a população de todas as classes sociais. Já perceberam?;
    6 - Todos os produtos vendidos na loja Ferreira Costa, são entregues tempestivamente. Além do cliente poder ir buscar imediatamente no depósito;
    7 - Um empreendimento desse porte para dar certo em Garanhuns tem que ter um equilíbrio dos preços de toda ordem. Do contrário muitos comerciantes, especialmente os pequenos, terão dificuldade para manter os seus negócios seja no Shopping, seja no Centro da Cidade;
    8 - CURIOSIDADE: Quem primeiro lançou um empreendimento de edifício multihabitacional, em Garanhuns, foi o "velhinho" e engenheiro Paulo Camelo, num consórcio entre a Camelo Engenharia, de Garanhuns, e a Bezerra Engenharia, de Caruaru, e o grupo Ferreira Costa. Isso em 1999. Não foi realizado na época, mas se passaram cerca de 20 anos para a edificação ser implantada, vizinho ao antigo prédio da Rádio Difusora de Garanhuns, que em Garanhuns a rádio foi transferida de localidade e em Caruaru, além da Rádio ser mantido no local original deu destaque ao Shopping Difusora. Não é à toa que Caruaru cresce. Donde concluímos que não votaram no "velhinho" Paulo Camelo porque não quiseram. Agora durmam com esse pesadelo (rsrsrs).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este senhor , sinceramente apresenta sintomas claros de delírios kkkkk

      Excluir