GOVERNO DE PERNAMBUCO

GOVERNO DE PERNAMBUCO
GOVERNO DE PERNAMBUCO

PRÉDIO DA ANTIGA DIFUSORA É TOMBADO POR DECRETO DO GOVERNADOR

Prédio da Rádio Jornal quando ainda era Difusora

O governador Paulo Câmara (PSB) assinou decreto, nesta terça-feira (27), homologando resolução do Conselho Estadual de Preservação do Patrimônio Cultural, que decidiu pelo tombamento do prédio da antiga Rádio Difusora de Garanhuns, na Avenida Rui Barbosa.

Segundo os dicionários, a palavra tombamento, tem origem portuguesa e significa fazer um registro do patrimônio de alguém em livros específicos num órgão de Estado que cumpre tal função. Ou seja, a palavra é utilizada no sentido de registrar algo que é de valor para uma comunidade protegendo-o por meio de legislação específica.

Com o decreto do governador, fica preservado um importante patrimônio arquitetônico de Garanhuns.

Assim, o prédio da Rádio Jornal (Difusora) não corre o risco de desaparecer, como o Castelinho e o casarão dos Eucaliptos, que ficam também em Heliópolis e botaram abaixo, sem preocupação com a beleza e o valor histórico das construções.

Os que gostam de Garanhuns agradecem a Paulo Câmara. 




O  decreto assinado pelo governador

Um comentário:

  1. Bom dia, Roberto Almeida. Seria bom uma conversa com Igor Cardoso para trazer maior entendimento sobre o processo de tombamento da Rádio Difusora. Não há razão para agradecer ao governador. Isso é pro forma. A rádio estaria no chão se Igor Cardoso não tivesse atuado junto aos órgãos competentes.

    ResponderExcluir