SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

terça-feira, 8 de outubro de 2019

DEPUTADO FEDERAL DUDU DA FONTE AFIRMA QUE PRÉ-CANDIDATURA DE ZAQUEU LINS NASCE DA PERIFERIA

Em entrevista ao editor do blog, pelo telefone, o deputado federal Eduardo da Fonte, que está em Brasília disse hoje que a candidatura do vereador Zaqueu Lins à prefeitura é uma das prioridades do Partido Progressista (PP) em Garanhuns, assim como é o nome de Fernando Aragão em Santa Cruz do Capibaribe.

“Zaqueu é o único cuja candidatura vem da periferia para o centro, os outros fazem o inverso, ou seja, levam seu nome do centro tentando chegar à periferia”, afirmou o parlamentar, deixando claro que o PP não vai abrir mão de uma candidatura competitiva com reais chances de chegar ao Palácio Celso Galvão.

Indagado porque muitos insistem que Zaqueu terminará por ser candidato a vice, da chapa oposicionista ou mesmo do governo, Eduardo da Fonte disse que os boatos são naturais, se repetem em outros municípios, porque os adversários quando temem um nome tentam desconstruir o seu projeto.

Eduardo da Fonte reconhece que seu partido é aliado do governador Paulo Câmara, ponderou, porém que o PP não é submisso. “Quem define a candidatura somos nós, assim como o PSB vai definir seus rumos.

Quando o repórter quis saber se ele não diminuiu a importância do deputado Sivaldo Albino no processo, quando disse numa entrevista anterior que aceitaria o PSB na vice, o deputado assegurou que de forma nenhuma. “Nós respeitamos o pré-candidato do PSB, assim como ele deve respeitar Zaqueu, que está no seu quinto mandato de vereador.

Na avaliação de Eduardo da Fonte, o fato da oposição ter mais de um candidato não favorece a situação, até porque mais na frente alguns nomes podem se unir. “Estamos feliz com a pré-candidatura de Zaqueu e que vença o melhor”, salientou.

Perguntado se ele achava certo os políticos influírem nas eleições dos conselhos tutelares, o parlamentar tratou com muito respeito os representantes dessa instituição, defendendo que os candidatos uma vez eleitos cumpram seu papel de defender o estatuto das crianças e adolescentes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário