quarta-feira, 9 de outubro de 2019

AESGA ENTRA EM CRISE E PROFESSORES PROTESTAM


Há aproximadamente um mês fomos tomados de surpresa pela notícia de que a AESGA está passando por uma crise financeira.

Dessa forma, algumas medidas foram tomadas pela presidência da Autarquia com o aval da maioria do Conselho.

Dentre essas medidas extinguiram de forma impositiva os tickets refeições que recebíamos, contudo, tal medida não foi uniforme para todos os servidores da Autarquia. Assim, nós professores, fomos penalizados.

Ressaltamos que, mesmo assim, continuamos realizando nossas atividades com todo empenho e dedicação.

Ocorre que recentemente recebemos a notícia de um possível corte na nossa gratificação de sala de aula, ou seja, mais uma vez almejam como primeira medida a retirada dos nossos direitos.

Antes disso, já haviam cortado remuneração decorrente de atividade de extensão, bem como concessão de diárias para os professores participarem, inclusive com alunos, de eventos científicos.

Ensinamos a vocês cotidianamente como buscar a resolução dos conflitos através do direito e da justiça. Diante disso, como poderíamos ficar calados diante de tamanhas arbitrariedades? Portanto, a redução dos nossos vencimentos de forma impositiva é medida que repudiamos!

Ressalte-se que tais medidas vão de encontro à Constituição da República de 1988 e a Lei de Responsabilidade Fiscal, a qual determina que a primeira medida em casos como este seja o corte de cargos comissionados, dentre outras despesas desnecessárias.

Assim, de forma unânime, decidimos paralisar nossas atividades nos dias 9 e 10 de outubro de 2019, visando alertar a presidência da AESGA a cumprir estritamente o que determina a legislação vigente, abstendo-se de continuar retirando os nossos direitos.

Pedimos o apoio e a compreensão de todos.

Garanhuns, 9 de outubro de 2019

Professores: Ana Júlia, Bruna Jaques, José Emerson, Diego Rodrigo, Erick Ramos, Fábio Guilherme, Jailton Melo Elias, João Lins, Hugo Chianca, Leonila Menezes, Marinalva Almeida, Marcela Leite, Orlando Ferro, Paula Calábria, Reinaldo Alves, Ricardo Bezerra, Rodrigo Freitas, Shirley Rosane e Thaminne Natália.

Nenhum comentário:

Postar um comentário