segunda-feira, 23 de setembro de 2019

ESPÍRITAS DE ESQUERDA SE REÚNEM EM SALVADOR


Acontece em Salvador, em outubro, um evento inusitado. Será o “1º Encontro Nacional de Espíritas à Esquerda”.

Numa época como essa em que estamos vivendo, de obscurantismo, com parte da população imbecilizada, é salutar saber que existem muitos adeptos da filosofia de Allan Kardec que são progressistas e se preocupam com os rumos da democracia brasileira e justiça social.

Os organizadores do encontro revelam que tudo está sendo preparado com muito esforço e os temas necessários à reflexão serão baseados na parte III do “Livro dos Espíritos”.

Para tratar dos assuntos em pauta foram convidados nomes com história e militância política, além do conhecimento necessário,  objetivando um debate de qualidade.

Tema central do evento na capital baiana, que começa no dia 26 do próximo mês é  “Espiritismo e sociedade: reflexões sobre política e conjuntura brasileiras”

Será discutida a conjuntura atual do país, discutida a questão do abuso de autoridade, a relação da vida social com a natureza e as desigualdades sociais.

Como palestrantes, debatedores e mediadores,  nomes como o economista Sérgio Gabrielli, a geóloga e reitora da Universidade Federal Sul da Bahia, Joana Angélica, o médico Arthur Chioro, o sociólogo Miguel Rosseto e Franklin Félix, psicólogo, educador e ativista dos direitos humanos.

Que os espíritas de Garanhuns e de todo o Brasil sigam o exemplo dos que estão envolvidos com esse encontro. Precisamos de quem defenda a democracia e a justiça e não de carniceiros e corruptos, pousando de heróis ou justiceiros.

3 comentários:

  1. SÓ ERA O QUE FALTAVA: ESPÍRITAS "INCARNADOS"...

    ResponderExcluir
  2. Esses têm pelo menos 100 milhões de mortos pelo comunismo para leva-los para o inferno! KKKKKKKKKKKK

    ResponderExcluir
  3. Parabéns aos organizadores do evento. Os dois comentários acima mostram o porquê de encontros como esses serem tão necessários. Mesmo uma doutrina bela como o kardecismo foi contaminado por ódio de classe.

    ResponderExcluir