quinta-feira, 20 de junho de 2019

MACUCA PROMOVE GRANDE FESTA JUNINA



A entidade cultural Macuca realiza tradicional festa de São João no Sítio Macuca, em Correntes, município a vizinho a Garanhuns. Este ano, a Macuca comemora 30 anos e a programação está digna de um festival, aliando artistas dedicados ao forró e nomes marcantes da música contemporânea nacional. O São João da Macuca acontece nesta sexta, sábado e domingo (dias 21, 22 e 23 de junho), com arraial, shows e cortejo com a Orquestra do Maestro Oséas pela área rural. Os ingressos, o serviço de transfer (Garanhuns - Sítio) e as vagas no acampamento do Sítio estão à venda exclusivamente pela plataforma Sympla: https://www.sympla.com.br/saojoaodamacuca2019

Na sexta (21/06), os festejos juninos começam no Sítio Macuca, que ainda preserva o uso de lampiões na iluminação para manter o charme das antigas festa do interior, apesar de também utilizar energia elétrica. O salão dos shows foi reformado e ampliado, e a área de camping ganhou mais banheiros. A festa mantém a tradição da fogueira e decoração junina, além de contar com estrutura de bar e alimentação. A  Ekäut é a cervejaria oficial dos festejos da Macuca.

A principal atração da noite de sexta (21/06) é o grupo Forró na Caixa, que traz Otto como artista convidado. O grupo pernambucano faz um autêntico baile de forró de rabeca, com direito a xote, arrasta pé, baião, coco e cavalo marinho. O repertório é formado por músicas autorais, instrumentais, de domínio público e releituras de clássicos da MPB no balanço do forró rabecado. Criado em 2012, o Forró na Caixa é formado por Thiago Martins (rabeca e voz principal), Ju Valença (zabumba e voz), Yuri Rabid (baixo), Rodrigo Felix e Frank Sósthenes (percussão). A programação da noite de sexta (21/06) também terá show de Walmiro do Acordeon e DJ Paulo Pezão com seleção de clássicos do forró.

O grupo Forrólindense será atração do sábado (22/06), com a participação especial da cantora e compositora pernambucana Karina Buhr. Surgido da reunião de amigos olindenses, o Forrólindense traz a ideia de reinterpretar, no balanço do forró, músicas de artistas do cenário independente de Olinda e Recife, fortemente presentes na memória e trajetória musical dos componentes da banda. Estão no repertório canções da Orquestra Contemporânea de Olinda, Academia da Berlinda, Banda Eddie, Bonsucesso Samba Clube, Erasto Vasconcelos, Mundo Livre S/A, Nação Zumbi, Otto, Siba, entre outros. O Forrólindense é formado por  Alexandre Urêa (voz e percussão), Yuri Rabid (voz e baixo), Rudá Rocha (percussão e vocal), Guga Amorim (percussão e vocal) e Julio Cesar (acordeon). A programação do sábado (22/06) começa às 15h e ainda conta com Coco Raízes de Arcoverde, Forró Orquestrado do Maestro Oséas, DJ Paulo Pezão e a Terça do Vinil com DJ 440.

No domingo (23/06), o principal show é do cantor Cláudio Rabeca, que terá a cantora e compositora paulista Mariana Aydar como artista convidada. Mariana participou do último disco de Cláudio intitulado "Rabeca Brasileira". Com quase 20 anos de carreira, Cláudio Rabeca apresenta  a riqueza de gêneros musicais e timbres da rabeca no Brasil e reinventa a própria rabeca enquanto um instrumento protagonista da canção popular.

O forró é a influência musical mais marcante no som de Mariana Aydar, que alia sofisticação e contemporaneidade às suas raízes da música nordestina. A paixão da artista pela cultura do Nordeste também a levou a ser diretora do filme “Dominguinhos” (2014), documentário sobre o músico, natural de Garanhuns, com quem teve uma relação especial. O filme foi dirigido em parceria com Joaquim Castro e Dudu Nazarian.

A programação do domingo (23/06) começa, às 14h, com o tradicional cortejo do Boi da Macuca pela área rural, com a orquestra do Maestro Oséas; e ainda terá forró pé de serra com Cláudio José e set do DJ Paulo Pezão.

SOBRE A MACUCA

A entidade cultural Macuca se mantém ativa tanto no Carnaval quanto no São João, além de promover eventos e festivais em outros momentos do ano.  Os festejos sempre contam com a presença do Boi da Macuca, figura mítica e brincante enfeitada com as cores azul, amarelo e vermelho. A Macuca foi criada em fevereiro de 1989, no sítio no município de Correntes, com dois dias de festa com forró, no aniversário do geólogo José Oliveira Rocha (mais conhecido como Capitão Zé da Macuca). Em seguida, a brincadeira também foi levada para Olinda. Durante o Carnaval e São João, os festejos sempre promovem a interação do forró com o frevo, reverenciando mestres tradicionais e nomes da música contemporânea com arranjos inovadores.

SERVIÇO

São João da Macuca 2019
Dias 21, 22 e 23 de junho de 2019 (sexta, sábado e domingo)
Sítio Macuca - Distrito de Poço Comprido, Correntes, Pernambuco
Ingressos, transfer e camping -
Vendas exclusivamente pelo Sympla

Programação
Sexta 21/06
22h Walmiro do Acordeon
01h Forró na Caixa convida Otto

Sábado 22/06
15h Terça do Vinil com DJ 440
19h Forró Orquestrado do Maestro Oséas
22h Coco Raízes de Arcoverde
01h Forrólindense convida Karina Buhr

Domingo 23/06
14h Cortejo do Boi da Macuca (Povoado de Baixa Grande)
20h Cláudio José
23h Cláudio Rabeca convida Mariana Aydar

Aberturas, intervalos e encerramentos nos três dias: DJ Paulo Pezão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário