GOVERNO DO ESTADO

GOVERNO DO ESTADO
GOVERNO DE PERNAMBUCO - FUNDARPE

Alepe

Alepe
Alepe

quinta-feira, 9 de maio de 2019

BRASIL: UM MANICÔMIO DOMINADO PELOS PACIENTES


Luís Fernando Veríssimo

O Lula disse que o Brasil está sendo governado por um bando de malucos. Exagero, claro. É difícil associar o que acontece no Brasil hoje com qualquer atividade que lembre o verbo “governar”. A mesma coisa com o termo “bando”, que, bem ou mal, evoca algum tipo de organização. Lula também exagerou ao chamar de “malucos” os que se aproveitam da confusão para promover seus projetos políticos pessoais, e que de loucos não têm nada. No mais, o Lula tem razão.

A alusão mais precisa que Lula, talvez, procurasse para nossa situação seria a do manicômio dominado pelos pacientes. Este sentimento de um país à deriva, sem entender seu governo e sem entender a si mesmo, é — imagina-se — quase total, mesmo entre os que bolsonaram e esperavam em vão que o “mito” começasse a atuar, nem que fosse só na escolha de um ministério menos exótico.

Um bando de malucos se apossando da administração deixa o país tremebundo, mas institucionalmente de pé. Maluco se revoltando contra a instituição é outra coisa, mais grave. Não fica nem uma caneca de pé.

Os generais que ganharam uma nação de graça, sem necessidade de disfarçar farda com terno ou tanque com discurso, estão achando difícil a convivência com civis, chame-se Olavo ou não. Descobrem como eram melhores as revoluções clássicas, com tropas nas ruas. Mas os militares não podem se queixar muito. Se a eleição do Bolsonaro provou alguma coisa — e provou várias — é que boa parte de 60 milhões de eleitores do país não deu a menor bola para o passado e os crimes das Forças Armadas brasileiras nos 20 anos da ditadura que o candidato vencedor diz que nunca aconteceu.

*Fonte: Jornal O Globo

Um comentário:

  1. 0 filho Carlos Bolsonaro faz pirueta nas redes sociais.Chamou jornalistas brasileiro e do mundo de bandidos e derruba um ministro presidente do PSL.

    0 filho Eduardo Bolsonaro diz nas redes sociais que para derrubar o SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL somente bastava um cabo e um soldado.

    0 filho Flávio Bolsonaro diz no TWITTER que iria defender a pena de morte no senado e no outro dia o pai diz."Meu filho, a pena de morte não está nos meus planos de governo.A pena de morte é CLÁUSULA PÉTREA" tal e qual são CLÁUSULAS PÉTREAS o trânsito em julgado e a presunção de inocência.Por isso que o Lula diz e repete exaustivamente "eu sou inocente".

    Um escritor metido a sabido 0LAVO DE CARVALHO vai ao TWITTER e manda muita gente do governo tomar no cu.Chama o vice presidente o General Amilton Mourão de merda e o General Cruz de bosta e manda o General Villas Boas defecar pelo ânus,sinceramente, um jornalista e escritor vir a público e diz que o Lula errou por chamá-los de malucos diante dos fatos narrados acima,parece, não ter lido as entrelinhas pronunciadas na entrevista que concedeu a Mônica Bergamo da Folha de São Paulo e a Florestan Fernandes do El Pais após o Dr. Luiz Fuz ter censurado o Lula de falar durante a campanha política de 2018. Até quando o governo deixará de agir feito menino que diz uma coisa hoje e amanhã diz que não disse nada como se as redes sociais não tivesse registrado nada.

    ResponderExcluir