ALEPE

ALEPE
ALEPE

GOVERNO DO ESTADO

GOVERNO DO ESTADO
GOVERNO DE PERNAMBUCO - FUNDARPE

quinta-feira, 30 de maio de 2019

BLOGUEIRA QUESTIONA ATUAÇÃO DA PLENA EM IPOJUCA


Empresa Plena Gestão Empresarial, contratada pela Prefeitura de Garanhuns para administrar as feiras livres da cidade, é notícia na Região Metropolitana do Recife.

Blogueira Noelia Brito (com formação em direito, é procuradora da prefeitura da capital) levantou suspeita a respeito de um contrato entre a Plena e a Prefeitura de Ipojuca, no litoral Sul do Estado.

Segundo Noelia, a Secretaria de Agricultura de Ipojuca acaba de homologar o resultado de uma licitação em favor da empresa Plena Gestão Empresarial e Locações de Equipamentos de Feiras, para o aluguel de bancos de feira e mesas auxiliares para comercialização de alimentos em feiras livres nos Distritos do Município.

“O valor é que chama atenção: R$ 849,9 mil reais.  Valor pago pelo aluguel de 800 barracas e 100 mesas auxiliares, daria para comprar 1.933 barracas de feira como esta da foto que ilustra a matéria, cujo preço gira em torno de R$ 450,00”, escreveu a blogueira.

Tanto em Ipojuca quanto em Garanhuns os negócios com a Plena são estranhos. Lá e cá está se gastando muito dinheiro com essa empresa, que só mudou a razão social para cuidar de feiras no final do ano passado.

NOELIA BRITO
Uma diferença grande entre Ipojuca e Garanhuns é que a cidade da área metropolitana tem o terceiro PIB (Produto Interno Bruto) de Pernambuco, enquanto nós ocupamos a 12ª posição no rankig.

Mesmo Ipojuca sendo um município rico, Noelia questiona o gasto de quase um milhão de reais da prefeitura no aluguel  das barracas da Plena.

Um comentário:

  1. A blogueira acha que as barracas se montam sozinhas? Se fazem manutenção sozinhas? São levadas do depósito até a feira sozinhas?

    ResponderExcluir