Assembleia Legislativa

Assembleia Legislativa
Assembleia Legislativa

quarta-feira, 15 de maio de 2019

BATATA DEFENDE A "BOA POLÍTICA" EM CAPOEIRAS


Antônio Carlos Vieira, o Carlos Batata, nos enviou o seguinte texto sobre a política de Capoeiras e o atual momento político do município:

Tendo em vista a matéria anteriormente publicada no seu blog sobre a eleição municipal na minha cidade, Capoeiras, no próximo ano, gostaria de aproveitar este espaço para fazer algumas considerações a respeito.

De fato, as perspectivas são muito animadoras quanto a nossa candidatura a prefeito do município nas próximas eleições. Os comentários das pessoas locais sempre são muito positivos. Inclusive, o que se vem observando perante os capoeirenses é que está cada vez mais consolidado o entendimento de que não vale mais à pena votar em candidato que "derrama dinheiro" para comprar votos e aliciar apoios, gastando fortuna. Hoje o eleitor já entende que isso não dá certo e que quem paga em futuro próximo essa fatura é ele.

Da nossa parte não valorizamos o discurso segundo o qual "ganha a eleição quem tiver mais dinheiro". Isso para nós é irrelevante, pois diferentemente das outras, as próximas eleições municipais contarão com financiamento público de campanha, o que dará ao candidato a condição de manter a estrutura de sua campanha com material, comunicação, transporte, pessoal...e focar nas suas propostas.

O emprego de dinheiro na compra de votos, no aliciamento de apoiadores, na pressão aos eleitores é que marca a "velha política" de que tanto se fala atualmente e que deverá fazer parte do passado.

Nós não! Apesar de experiente e de estar há 30 anos na vida pública, temos compromisso com a política de propostas, em ouvir as pessoas, de pensar no bem do município. Essa sim é a BOA POLÍTICA que praticamos e na qual acreditamos.

Essa percepção de que o candidato tem que ter "dinheiro pra gastar", comprando voto e pressionando eleitores é que é a "velha política". 

É pelas práticas da velha política que hoje no Brasil temos importantes figuras públicas presas, a exemplo de ex-presidentes, deputados, governadores...

E é exatamente em razão dessas condutas que Capoeiras foi penalizada e está parada no tempo. Mais grave ainda, não podemos nem considerar que a Administração municipal é boa ou ruim, pois simplesmente não existe gestão pública no município. Está abandonado, isolado, sem o mínimo de amparo às áreas da educação, saúde, segurança, ao homem do campo. A feira do município, em especial a feira de gado, que já foi uma das maiores do estado, está cada vez mais minguada. 

Enfim, o desafio é muito grande para recuperar o município. Mas algo que se mostra a cada dia mais evidente é que as pessoas já demonstram estar conscientes de que as práticas que vêm sendo utilizadas nos processos eleitorais no município representam um retrocesso e estão fadadas ao fracasso.

Por isso, as eleições do próximo ano em Capoeiras não terá como ponto forte o dinheiro, mas sim a consciência e necessidade do eleitor em buscar um candidato que tenha propostas, experiência, serviço prestado e capacidade de gestão. Além disso, um candidato que desfrute da confiança do eleitor e que tenha a capacidade de viabilizar recursos e trazer investimentos para recuperar o município. E por fim, um candidato que possua a real condição de além de aglutinar lideranças políticas existentes, também formar novas lideranças, de modo a ter pessoas de bem e do bem disputando vagas de vereadores. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário