sexta-feira, 31 de maio de 2019

JANDUHY RECEBE TÍTULO DE CIDADÃO DE GARANHUNS


Empresário Janduhy Bezerra, da JM Seguros, recebe hoje, na Câmara Municipal, o título de Cidadão de Garanhuns.

Natural de Brejão, ondem também tem negócios e uma propriedade, Janduhy é um homem bem-sucedido e a JM presta serviços aqui na cidade, em todo o agreste meridional e até em cidades de Alagoas, como Arapiraca.

Ele contribui com a Suíça Pernambucana realizando um bom trabalho, gerando empregos e pagando impostos ao município.

De parabéns à Câmara pelo reconhecimento ao empreendedor, que além de tudo é uma pessoa cordata, educada, com muitos amigos em toda região.

Outras personalidades que contribuem com Garanhuns serão homenageadas nesta noite, no Legislativo Municipal, a exemplo dos professores Carlos Ubirajara, Pedro Henrique Teixeira e Maria Ferreira, mais conhecida como Tia Lia. Esta última receberá a medalha Aurora Cristina, pelo seu trabalho de educadora à frente do Colégio Santa Luzia.

A FORÇA DO ARRAIÁ DE GLÁUCIO COSTA


O “Pé de Conversa”, bloco do programa “Arraiá de Gláucio Costa”, virou o café da manhã de muitos moradores de Garanhuns e diversos municípios do Agreste.

Nessa parte do programa Gláucio sempre escolhe um assunto de interesse da cidade e passa informações para os ouvintes, muitas vezes também fazendo alguns comentários, dando a sua visão pessoal do tema em pauta.

A força do “Arraiá” é tão grande que outro dia dois blogueiros locais estavam numa cidade da região, tiveram seus nomes mencionados e quase todos presentes no ambiente conheciam os produtores de mídia digital pelo nome.

“São vocês de quem Gláucio Costa sempre está falando, não é?”, um deles indagou.

É a força do rádio. E dos blogs também.

GERSINO NOGUEIRA COMPLETA 88 ANOS


Prefeito Nogueira e seus irmãos comemoram esta semana o aniversário do pai, Seu Gersino, que completou 88 anos de vida.

“Pai chegou o grande dia de comemorarmos mais um ano da sua vida. Este é um momento especial para todos nós, é hora de agradecermos a Deus por ter nos concedido a graça de podermos desfrutar da sua companhia”, disse Nogueira.

Tanto quanto o irmão, Marcel Nogueira também estava feliz e emocionado, grato por ter ao seu lado o pai amigo.

Seu Gersino é uma pessoa bem-humorada, de bem com a vida, muito conhecido em Garanhuns e região.

PREFEITURA DE PARANATAMA ANTECIPA SALÁRIOS


Em Paranatama mais uma vez o prefeito Valmir do Leite antecipou o pagamento dos funcionários, garantindo o final de semana dos servidores com dinheiro na conta.
Segundo o Valmir, esse é um dos seus principais compromissos com o município.  “Manter os salários em dia é primordial e sempre que possível temos  o maior prazer em antecipar, pois sabemos que isso faz uma grande diferença na vida dos nossos servidores, como também do comercio em nossa cidade”, comentou o gestor.

ARMANDO CONSOLIDA CAETÉS COMO GRANDE POLO JUNINO


Armando Duarte é com certeza um dos melhores prefeitos da região e de todo o interior de Pernambuco.

Em Caetés, até a oposição sabe disso, os salários dos servidores são pagos rigorosamente em dia, professores e outras categorias profissionais têm sido valorizadas como nunca e o Governo Municipal também cumpre os compromissos com os fornecedores.

A gestão tem obras realizadas em todas as áreas, o município enfrenta a crise melhor que outras cidades do mesmo porte e, com as finanças organizadas e sem dever a ninguém, pode continuar a realizar grandes eventos e se consolidar como um dos maiores polos juninos do interior.

Segundo o próprio prefeito Armando Duarte, a grade de atrações do São João da Gente em Caetés, este ano, irá aumentar de forma significativa.

“Serão mais bandas e cantores se apresentando nas festividades juninas, num evento já consolidado como um dos melhores da região”, garante o prefeito.

Para o gestor, porém, o mais importante é manter o governo funcionando bem em todas as áreas, com as contas sempre em dias, principalmente os salários dos servidores.

“Os funcionários e funcionárias são parceiros (as), amigos (as), que me ajudam a fazer uma Caetés cada dia melhor”, salientou Armando Duarte.

Com as informações e garantias dadas pelo próprio prefeito, todos em Caetés se preparam para as festas juninas.

Estas estão chegando para alegria do servidor efetivo, dos contratados, aposentados, pensionistas, dos pequenos e grandes comerciantes. Num município assim que tem um gestor responsável, presente, todos saem ganhando.

AS MANIFESTAÇÕES DE MAIO NO BRASIL


Cinelândia, no Rio, neste último dia 30

O Brasil teve três dias de manifestações neste mês de maio, que termina hoje.

No dia 15 estudantes foram às ruas para protestar contra o corte de recursos na educação. Dia 26 as manifestações foram para defender a agenda do Governo Bolsonaro. Neste dia 30 a pauta foi novamente a defesa da educação pública, do ensino básico às universidades.

Quem acompanhou a movimentação pela internet e televisão, leu artigos de jornalistas isentos e conferiu fotos publicadas no G1, UOL, Estado e Folha de São Paulo e outros órgãos de imprensa, sabe que as manifestações mais expressivas foram as do dia 15.

Os movimentos pró-Bolsonaro, no dia 26 tiveram menor participação popular, mesmo em relação ao dia/noite de ontem.

Alguns temiam que nesta quinta-feira os protestos fossem um retumbante fracasso, por conta da proximidade das datas. Mas não foi o que aconteceu.

Multidões estiveram nas ruas das grandes capitais, principalmente São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Fortaleza, Salvador, Brasília e Recife.

Também não é de estranhar que isso tenha acontecido. Jair Bolsonaro não ganhou a eleição nas ruas. Venceu com um programa mais convincente de televisão e por ter utilizado melhor as redes sociais para convencer o eleitor.

Uma coisa, porém, é a campanha. Outra é governar. Em cinco meses o presidente já perdeu milhões de eleitores porque sua gestão é confusa, com ranço ideológico, privilegia o capital e dá as costas para a classe média baixa e os pobres.
Largo da Batata, São Paulo

Os grandes meios de comunicação só não abandonaram ainda o governo porque têm interesse nas reformas, principalmente a da previdência social.

Mas a situação do governo não é boa e a impopularidade de Bolsonaro se aproxima da do ex-presidente Michel Temer.

Além do presidente não se mostrar um bom gestor os filhos atrapalham.

Somente um deles tem quase 40 imóveis em grandes cidades, segundo constatou o Ministério Público.

Como esse rapaz enricou em tão pouco tempo? Imóveis no Rio de Janeiro e outras capitais custam uma fortuna.

Lembrem-se que o ex-presidente Lula está preso por conta de um apartamento em Guarujá que nem é isso tudo. E nem ao menos conseguiram provar que o ap. é realmente do petista.

O Brasil não vai bem. Vivemos um retrocesso na área política e cultural e a economia também vai mal.

Dólar nas alturas, combustíveis cada vez mais caros, alta nos supermercados, salários aviltados.

Quem está satisfeito? São poucos, creio eu. Daí o que o presidente está perdendo as ruas e não sei até quando será possível se manter somente com a força do WhatsApp e do Twitter.

O presidente não agrada o Congresso, tromba com setores do Judiciário e apenas alguns aluados acham que se deve renunciar à democracia para dar carta branca ao Messias.

No dia 15 Jair Bolsonaro chamou os estudantes de “idiotas úteis”. Ontem preferiu não se pronunciar, cabendo ao MEC condenar os protestos do dia.

Dirigente da UNE, estudante Marianna Dias, fez a seguinte avaliação das manifestações de maio, após o ato desta quinta, no Largo da Batata, em São Paulo:

“A gente avalia que a manifestação do dia 26 (pró-governo) foi significativa, mas não queremos comparar os dias 15, 26 e 30. São propostas diferentes. Não queremos briga de torcida”, pontuou Marianna, demonstrando bom senso.

Logicamente esses movimentos não vão parar por aí. No dia 14 de junho já está programada uma greve geral no país. Dessa vez não serão somente estudantes e professores. Todos os trabalhadores estarão engajados e o Brasil pode parar, mais uma vez.

Até quando o governo aguenta, ou até quando a população suporta a “balbúrdia” não dá pra saber.

O Brasil está em ebulição desde 2013. Venderam a ideia que era só tirar Dilma que tudo iria melhorar. Com Temer piorou.

Na eleição o eleitorado foi convencido a derrotar o PT. Com Bolsonaro acabaria a corrução e o país ficaria melhor.

Não é o que está acontecendo. A insatisfação está no ar. Está nos lares, nas ruas. Impossível prever o desfecho de uma crise que já entrou para o sétimo ano.

Estamos numa nau desgovernada, mexeram num vespeiro e ninguém consegue controlar a situação. É cada um por si e se na campanha era “Brasil acima de tudo, Deus acima de todos”, agora o que ecoa nas ruas é que Bolsonaro é ligado a milícias e inimigo da educação.

Parece que estamos numa guerra e ninguém sabe quando e como termina. (Roberto Almeida).

SECRETARIA DE SAÚDE FAZ PRESTAÇÃO DE CONTAS



A Prefeitura de Garanhuns, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, realizou, nesta quinta-feira (22), na Câmara de Vereadores, a apresentação do relatório de gestão referente ao primeiro quadrimestre de 2019. Para a ocasião, foi realizada uma audiência pública na sede do Poder Legislativo, onde estiveram presentes vereadores, servidores municipais, conselheiros e a população em geral.

Durante o encontro, foram evidenciados dados do Governo Municipal que compreendem os meses de janeiro a abril de 2019 — como determinado na lei complementar n° 141, de 13 de janeiro de 2012. A apresentação foi feita pelo secretário-adjunto de Saúde, Harley Davidson, e pela técnica de planejamento da pasta, Régia Leite. O momento contou também com a presença do presidente da Câmara de Vereadores, Daniel da Silva, e dos vereadores Givanildo da Silva (Gil PM), Audálio Ramos, Ary Júnior e Carla Patrícia; além da secretária municipal de Saúde, Nilva Mendes.

O relatório trouxe os números de atuação da Saúde ao longo dos primeiros meses deste ano, em áreas como Atenção Básica, Saúde Bucal, Saúde Mental, Centro de Especialidades de Saúde da Mulher e da Criança (Cesmuc), Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Vigilância Epidemiológica, Sanitária, Ambiental, Central de Regulação e Planejamento.

A secretária municipal de Saúde, Nilva Mendes, destacou a importância do momento para fomentar o debate público. “A apresentação do relatório busca, principalmente, subsidiar análises e debates da administração pública. E este é um compromisso da nossa gestão; evidenciar todo o trabalho em prol da população garanhuense, que faz uso do Sistema Único de Saúde”, pontuou a titular da pasta. (Da Assessoria de Comunicação Social).

quinta-feira, 30 de maio de 2019

BICHO EVENTOS TRAZ NANDO REIS A GARANHUNS


Nando Reis, um dos maiores nomes do pop/rock brasileiro, estará se apresentando em Garanhuns no dia 29 de junho, na Praça Mestre Dominguinhos.

A promoção é da empresa Bicho Eventos, que já confirmou o show pelas redes sociais.

O cantor e compositor, que começou a carreira com a banda Os Titãs e depois seguiu carreira solo, com sucesso, vai apresentar em Garanhuns o seu mais novo trabalho, “Esse Amor Sem Preconceito”, baseado no álbum “Não Sou Roberto, mas às Vezes Chego Perto”.

Neste disco, Nando gravou somente músicas conhecidas na voz de Roberto Carlos, privilegiando a fase romântica do “rei”.

No show que fará na Suíça Pernambucana Nando Reis estará acompanhado de sua banda, que fez arranjos incríveis para as músicas gravadas anteriormente por RC.

Do novo álbum do artista paulista fazem parte as seguintes canções:

Amada Amante, De Tanto Amor, Todos Estão Surdos, Abandono, Vivendo Por Viver, Nosso Amor, Nossa Senhora, Você Em Minha Vida, Procura-se, Alô, Me Conte Sua História e A Guerra dos Meninos.

Ingressos para o show de Nando Reis podem ser adquiridos na sede da empresa Bicho Eventos, na Via G, Bob´s e Iza Calçados.

Os preços:

1º lote: Mesa Vip - R$ 360,00 p/ 4 pessoas 
1º lote: Área Premium - R$ 50,00

Mais informações pelo telefone (87) 3761.7527

ANGELIM - 88 ANOS DE HISTÓRIA

Distante pouco mais de 20 km de Garanhuns, mais próxima de Canhotinho, São João e Palmeirina, Angelim é uma das cidades mais simpáticas e acolhedoras do Agreste Meridional.

Na próxima quinta-feira, dia 6,  o município de tantas tradições em Pernambuco, no campo político e cultural, estará comemorando 88 anos de emancipação política.

Da programação elaborada pela prefeitura para a festa de aniversário, consta um show em praça pública com Walkyria Santos e Aduílio Mendes.

Primeira vez que fui em Angelim era ainda adolescente. Estive lá para jogar uma partida de futebol pela Escolinha de Capoeiras.

Lembro que na chegada fomos ao Clube ARA, que já era bem organizado na época. Ficamos lá por algumas horas, os jovens capoeirense e os angelinenses, enquanto um som tocava repetidamente o disco Gita, o melhor álbum da carreira do baiano Raul Seixas.

Ouvíamos a canção título (“Gita”), Medo da Chuva, Trem das Sete, S.O.S, Água Viva, Sociedade Alternativa e nos deliciávamos com o som daquele cara que tinha surgido como um cometa, na MPB, fazendo uma música inteiramente diferente da que conhecíamos até então.

Em 1982 Angelim ganhou destaque em Pernambuco pelo resultado da eleição daquele ano.

É que a Arena, o partido que dava sustentação à ditadura militar, venceu o pleito na maioria das cidades de Pernambuco. Na região do Agreste Meridional foi um verdadeiro massacre.

Mas em Angelim, dois rapazes com jeito de menino ainda – Samuel Salgado e Josemir Miranda – venceram a disputa pelo PMDB e foram notícia até na capital.

Fizeram uma gestão inovadora, Samuel prosseguiu na vida pública e voltou a governar o município em mais duas oportunidades.

Depois surgiu à direita a liderança de Marcos Calado, que foi prefeito quatro vezes.

Já perto dos 40 anos joguei futebol na cidade vizinha em duas outras oportunidades. Uma no campo perto da Cohab, outra no “tapete verde” da Chesf.

Bons tempos aqueles. Lembro que Samuel jogava entre os veteranos de sua cidade e era bom de bola.

Teresinha, minha mulher, morou por dois anos em Angelim, antes da oficialização de nossa união.

Vivia lá numa casa modesta, mas simpática, cuidando de Daniela e Tiago. Somente passávamos juntos os finais de semana.

Desse tempo lembro de seu Quinca da Compesa, de saudosa memória, sua esposa Francisca e os filhos Jailson, Júnior, Cristina e Patrícia.

Um pessoal muito bom, que deu muito força a Terezinha, que não tinha seu marido por perto todos os dias.

Mônica, amiga de Cristina, um morena bonita aos 16 anos, tomou o caminho de São Paulo e não voltou mais.

Também tinha o Valdinho, que foi vereador do município, sua esposa Madalena e a filha Valéria, que anos depois foi professora dos meus filhos no Colégio Diocesano.

O atual prefeito do município, Douglas Duarte, é sobrinho de Samuel, mas tem um estilo de trabalhar diferente.

O tio é mais político, o coração do tamanho do mundo querendo agradar a todo mundo, o que em política é quase impossível.

Douglas é um empresário bem-sucedido,  que já tinha a vida estabilizada quando entrou na política. Acredito que é mais organizado e tem pulso firme, uma qualidade para quem comanda os destinos de uma cidade.

Professora Nelma, que foi diretora da GRE Garanhuns, tem também ligações fortes com Angelim, seu pai morou lá muitos anos.

Nos meus tempos do Diocesano, na década de 70, estudei com Manoel, um dos irmãos de Samuel.

Severino, outro colega do Diocesano, só que na época do antigo primário, também tem ligações com Angelim.

Este é funcionário aposentado da Chesf e nos seus tempos de jovem era um craque de bola, tendo jogado, salvo engano, no Sete e na AGA.

De lá também são os irmãos Douglas (designer) e Bismarck, jovens inteligentes, o mais velho fez o curso de Veterinária ou Zootecnia, na unidade acadêmica da Universidade Rural, aqui em Garanhuns.

Enfim, tenho outras lembranças, conheci muitas outras pessoas no município que aniversaria agora em junho. Como um irmão do radialista Jonas Lira que era dono de uma das farmácias da cidade. Comprei algumas vezes lá na base da confiança, para levar remédios que Dani ou Tiago estavam precisando (quem é pai sabe que criança sempre pega uma “doencinha besta”).

Poderia me alongar e citar mais alguns fatos, falar da feira na quarta-feira, lembrar de mais pessoas. Mas não quero fazer memórias nem cansar o leitor.

O objetivo,  aqui,  é mostrar que tive/tenho ligações com Angelim. Tenho boas lembranças da cidade, carinho por suas ruas, pelo seu povo.

Deixo um abraço para o João Marcos, também da turma do colegial do Diocesano, o procurador jurídico da prefeitura, Ozano Júnior e para o Marcos Moura, meu colega blogueiro.

Aos moradores de Angelim os parabéns sinceros deste “escriba” pelos 88 anos de história e pela contribuição que este município dá para o desenvolvimento do Agreste Meridional!


Praça São José

MINISTRO É PROCESSO PELO MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL


O Ministério Público Federal (MPF) entrou com uma ação na Justiça Federal do Rio Grande do Norte contra o ministro da Educação, Abraham Weintraub, e o governo federal por danos morais coletivos a estudantes e professores. A indenização sugerida é de R$ 5 milhões.

De acordo com o órgão, o motivo são as condutas praticadas desde o chefe do MEC assumiu a pasta, em abril. O MPF afirmou que dentre as atitudes estão a declaração de que “universidades que, em vez de procurar melhorar o desempenho acadêmico, estiverem fazendo balbúrdia, terão verbas reduzidas”.

“A fala demonstra clara vontade discriminatória por parte do réu, pois as universidades inicialmente retaliadas pelo MEC (UFF, UFBA e UnB) atingiram ótimo desempenho, com base em rankings de avaliação do ensino superior, como Times Higher Education”, diz o órgão.

Na ação, o MPF cita ainda outras declarações, que foram consideradas ofensivas e discriminatórias pelos procuradores, como a vez em que sugeriu que Centros Acadêmicos (CAs) e Diretórios Centrais dos Estudantes (DCEs) realizassem serviços de limpeza nas universidades.

Na ocasião, durante reunião com reitores e membros da bancada parlamentar do Rio Grande do Norte, o ministro foi questionado sobre a falta de recursos para o pagamento do serviço de limpeza na Ufersa, UFRN e IFRN. Ele propôs, então, que que “se chamasse o CA e o DCE” para realização dos serviços.

“Perigo democrático”

A ação defende que as falas de Weintraub são um perigo em torno de “envenenamento” gradual da democracia. “Quando discursos desse tipo passam a ser proferidos e considerados normais na sociedade elas podem criar um clima de animosidade contra as instituições”, defende.

O valor sugerido de R$ 5 milhões, segundo o MPF, leva em conta a reiteração da conduta, o cargo ocupado pelo ministro e a quantidade de pessoas atingidas. A ação tramitará na Justiça Federal do RN, na 10ª Vara Federal, em Mossoró.

Para o MPF, as condutas do chefe do MEC são discriminatórias, não estando protegidas pela liberdade de expressão, porque ferem a honra e a imagem pública dos professores e alunos.

“Qualquer trabalho lícito é dignificante e aquele exercido voluntariamente, ainda mais no contexto da conservação do patrimônio público, merece ser homenageado. Fosse essa a finalidade da fala do Ministro da Educação, evidentemente, não haveria de se cogitar de qualquer dano moral”, esclarece a ação.

*Fonte: MSN Notícias

BLOGUEIRA QUESTIONA ATUAÇÃO DA PLENA EM IPOJUCA


Empresa Plena Gestão Empresarial, contratada pela Prefeitura de Garanhuns para administrar as feiras livres da cidade, é notícia na Região Metropolitana do Recife.

Blogueira Noelia Brito (com formação em direito, é procuradora da prefeitura da capital) levantou suspeita a respeito de um contrato entre a Plena e a Prefeitura de Ipojuca, no litoral Sul do Estado.

Segundo Noelia, a Secretaria de Agricultura de Ipojuca acaba de homologar o resultado de uma licitação em favor da empresa Plena Gestão Empresarial e Locações de Equipamentos de Feiras, para o aluguel de bancos de feira e mesas auxiliares para comercialização de alimentos em feiras livres nos Distritos do Município.

“O valor é que chama atenção: R$ 849,9 mil reais.  Valor pago pelo aluguel de 800 barracas e 100 mesas auxiliares, daria para comprar 1.933 barracas de feira como esta da foto que ilustra a matéria, cujo preço gira em torno de R$ 450,00”, escreveu a blogueira.

Tanto em Ipojuca quanto em Garanhuns os negócios com a Plena são estranhos. Lá e cá está se gastando muito dinheiro com essa empresa, que só mudou a razão social para cuidar de feiras no final do ano passado.

NOELIA BRITO
Uma diferença grande entre Ipojuca e Garanhuns é que a cidade da área metropolitana tem o terceiro PIB (Produto Interno Bruto) de Pernambuco, enquanto nós ocupamos a 12ª posição no rankig.

Mesmo Ipojuca sendo um município rico, Noelia questiona o gasto de quase um milhão de reais da prefeitura no aluguel  das barracas da Plena.

BOM CONSELHO ADIANTA 13º PARA PROFESSORES


A Prefeitura de Bom Conselho liberou nesta quarta (29), antecipadamente, o pagamento de 50% do décimo terceiro salário para os professores efetivos da rede municipal de ensino. Também foram depositados os salários referentes ao mês de maio.

A decisão de adiantar a parcela do décimo aos professores, além de aquecer a economia local, garante a segurança financeira dos mesmos.

No ano passado a parcela foi paga no final do mês de junho e em 2019, a prefeitura conseguiu realizar o pagamento ainda no mês de maio.

O secretário de Finanças do município, Renato Ramos, falou sobre o pagamento: “Essa é mais uma demonstração de como é a administração da Prefeitura de Bom Conselho. Honrando com as obrigações financeiras com o funcionalismo público. Essa é a orientação do prefeito Dannilo Godoy. Equilíbrio financeiro e planejamento”.

ANIVERSÁRIO DO COLÉGIO SANTA JOANA D´ARC


Durante toda a semana o Colégio Santa Joana D'Arc esteve comemorando seus 34 anos de existência na história educacional de Garanhuns e região.
Nesta quarta (29), alunos e familiares foram recebidos em festa pela equipe, sempre agradecendo pelo apoio e confiabilidade de cada família.
À noite foi celebrada a missa de ação na igreja do Sagrado Coração de Jesus pelo aniversário do Colégio, que a cada ano se firma como um dos melhores educandários de Garanhuns.


RETROSPECTIVA DE UM HERÓI CHAMADO DJANGO



Por Altamir Pinheiro

A saudade nos traz de volta ou  faz lembrar que, há 50 anos,  nossos extintos cinemas de rua  de cidadezinhas do interior  tinham como atração na década de 1970 tantos cartazes divulgando um bang bang à italiana. Através do cinéfilo Paulo Telles  vamos viajar no tempo, ou melhor, iremos fazer    ON TOUR nesse personagem intitulado DJANGO tão bem interpretado tanto pelo italiano Franco Nero quanto  o brasileiro Anthony Steffen. Recordaremos  alguns filmes antigos protagonizados por este herói que  encantou os amantes do  faroeste à italiana nas salas de projeções do mundo inteiro. DJANGO, de 1966, dirigido por Sergio Corbucci  foi o filme que deu a Franco Nero(77 anos) o reconhecimento mundial como um dos maiores ícones do gênero western europeu.

Em 1965 SERGIO CORBUCCI era apenas mais um dos tantos cineastas italianos que passaram a explorar o filão do faroeste na Itália, à sombra do outro SERGIO, o LEONE, este prontamente reconhecido como renovador do gênero western. Para seu terceiro faroeste, rodado entre novembro de 1965 e janeiro de 1966, Corbucci criou um personagem que nem o mais otimista dos cineastas poderia imaginar que se tornaria a mais emblemática representação daqueles filmes que logo viriam a ser chamados de western spaghetti. Nos confirma o cinéfilo Darci Fonseca que, a   escolha do nome desse personagem foi um desses momentos de rara felicidade, com Corbucci tendo a ideia de chamá-lo de “DJANGO”, inspirado por Django Reinhardt, célebre guitarrista cigano.

O primeiro filme desta marca registrada se deu no ano de 1965/66. Django (Franco Nero) é um homem que arrasta consigo um caixão, onde dentro está escondida uma poderosa metralhadora. Na fronteira do México, ele está disposto a vingar a morte da sua esposa, e parte para uma luta sangrenta contra duas gangues rivais que agem na região, isso depois de fazer um acordo com o bandido local Hugo Rodriguez. Só que desconfiado das intenções de Rodriguez, ele resolve se juntar a Maria uma mulher que havia salvo, e os dois serão perseguidos pelo mexicano.

Em 1969 entra em cena um brasileiro com o filme DJANGO, O BASTARDO. Durante a Guerra Civil Americana, três oficiais do exército confederado, líderes de um regimento, se vendem aos rivais ianques, matam os sentinelas e permitem que a tropa inimiga massacre todo seu regimento. Porém Django (o ítalo-brasileiro Anthony Steffen, nascido Antonio de Teffé em 1929 no consulado brasileiro na Itália, e falecido em 2004, aos 74 anos de idade, no Leblon, Zona Sul do Rio de Janeiro), que é um dos soldados, não morre. E anos depois, como que surgido do inferno, ele começa sua caçada de sangue aos homens que o deixaram à beira da morte. Será que ele é um fantasma ou simplesmente um homem com sede de vingança? Ele é Django, que voltou do inferno, e agora ninguém vai fugir de seu gatilho. Este bom filme é dirigido por Sergio Garrone.

Há 6 anos, em  2013,  estreou em todos os cinemas brasileiros o novo filme de Quentin Tarantino, DJANGO LIVRE (Django Unchained). O filme nem parece ser um faroeste, um clássico estrelado por Franco Nero em 1966 (que por sinal faz uma participação pequena no novo filme do cineasta Tarantino), mas de um certo modo faz uma releitura deste personagem que foi explorado em outros westerns spaghetti entre 1966 e 1972, com um retorno em 1987(com Django: a Volta do Vingador). Na verdade, o excelente filme teve como protagonista o ator negro JAMIE FOXX. O ator  interpreta o personagem título, mas NÃO foi a primeira opção do cineasta, tendo sido escolhido após a recusa de outro negro  WILL SMITH em ficar com o papel.

Em sua sinopse, Django (Jamie Foxx) é um escravo liberto cujo passado brutal com seus antigos proprietários leva-o ao encontro do caçador de recompensas alemão Dr. King Schultz (Christoph Waltz). Ao realizar seu plano, Schultz liberta o escravo Django, embora os dois homens decidam continuar juntos. Dotado de um notável talento de caçador, Django tem como objetivo principal encontrar e resgatar Broomhilda (Kerry Washington), a negrinha, sua esposa, que ele não vê desde que ela foi adquirida por outros proprietários, há muitos anos. Um personagem importante do filme DJANGO LIVRE  é Calvin Candie muito bem  interpretado por Leonardo DiCaprio que tem uma desenvoltura espetacular. Em que pese ser um filme altamente violento(muito sangue), vale a pena assisti-lo. Recomendo-o!!!

Pegando uma canja dada pelo cinéfilo Bruno Carmelo, podemos concordar com ele quando afirma categoricamente que, Django Livre é um filme excessivo: existem tramas demais, personagens demais, reviravoltas demais; a duração é longa, o sangue jorra por todos os lados, as referências se multiplicam sem fim. Mais do que nunca, o grande cineasta QUENTIN TARANTINO está consciente do caráter épico desta história, do teor sensível do tema e de suas imensas habilidades na direção. Este novo filme é uma prova de que as ambições do diretor estão cada vez maiores – e de que ele ainda consegue corresponder às altas expectativas que constrói, inclusive, no final do filme o diretor Tarantino aparece em algumas cenas quando é detonado com uma carga de dinamite por Django.

A primeira hora do filme é um verdadeiro show de Christoph Waltz. Através deste personagem, o meio dentista, meio caçador de recompensas King Schultz, a história estabelece seu contexto. Aprendemos que estamos em um faroeste, pouco antes da Guerra Civil, no sul dos Estados Unidos. É um grande prazer assistir a Waltz atuando mais uma vez no papel de um homem inteligente e sarcástico, algo que ele domina perfeitamente bem (depois de Bastardos Inglórios e Deus da Carnificina). A paródia que ele faz das tradicionais cenas do saloon, e das cenas de duelos com armas nas ruas da cidade, é hilária.

Este filme é um deleite visual, com fotografia, cenário e atuações impecáveis. Leonardo DiCaprio apresenta um lado que nunca tinha mostrado antes no cinema. Ele reflete sobre o passado - com o tema da escravidão e o gênero fora de moda do faroeste -, mas consegue levá-lo ao presente; ele consegue ser ao mesmo tempo crítico, reflexivo, engraçado, perverso. O próprio momento em que Django é obrigado a atuar no papel de um homem racista, explorando os negros, é de uma força única. O diretor Tarantino tem em mãos um dos melhores roteiros que já escreveu, uma amostra de que o cinema de qualidade pode unir o público e a crítica, sendo tão moderno quanto clássico. Django Livre é, assim, um espetáculo imenso, um show de imagens e sons, uma aula de cinema, e um filme completo, assista-o!!!

Hoje, Sergio Corbucci(inventor do personagem Django), descansa em paz e aonde estiver deve estar satisfeito com a discussão de sua obra mais querida entre os amantes do gênero. E graças a TARANTINO, com seu faro cinéfilo, traz de volta um dos personagens mais inspiradores. Assista ao filme por completo clicando no endereço abaixo. Em que pese a projeção ser mais longa do que este texto, mas vale a pena conferir. É um filme faroeste imperdível para os padrões tecnológicos do Século XXI.


ATLETA DE LAJEDO GANHA MEDALHA DE OURO NO JUDÔ


Nerivaldo Barbosa

A Prefeitura de Lajedo promoveu, na manhã desta quarta-feira (29),  um desfile em carro aberto para os atletas lajedenses que venceram importantes competições a nível nacional e internacional.

Os atletas receberam merecido destaque no carro da Guarda Patrimonial que percorreu as principais ruas da cidade. Nos últimos dias, oito atletas representaram o nome de Lajedo através de Judô, Jiu-Jitsu e Bicicross.

O prefeito Rossine que patrocinou a viagem dos campeões recebeu a todos no seu programa de rádio.

A convite do prefeito Rossine, os atletas campeões no Jiu-Jitsu Edmilson Raimundo, Giliarte Rômulo,  Jean Santos, Orlando Temóteo, Rodrigo Lourenço, Romildo Amaral e Welison Santos, Nerivaldo Barbosa no Judô e no Bicicross Vicente Carvalho participaram do Programa Café com Rossine que acontece todas as manhãs na rádio Asas. O objetivo foi divulgar ainda mais para a população como o esforço e a dedicação desses atletas deu bons frutos se tornando orgulho para qualquer lajedense. “É importante que a população tome conhecimento de como Lajedo também é destaque no cenário esportivo, valorizando o esporte da nossa cidade”, comentou o prefeito.

O investimento feito pela Prefeitura de Lajedo ajudou esses atletas a participarem de competições que para muitos era um sonho, como o judoca Nerivaldo Barbosa que coleciona títulos brasileiros e agora trouxe para o município a medalha de Ouro da Argentina, após ficar em 1º lugar na 21ª Copa Internacional de Judô. Com mais essa medalha, o quadro lajedense enriqueceu ainda mais:

Sul-Americano de Jiu-Jitsu na Paraíba:

Edmilson Raimundo (chocolate): Ouro na categoria e Bronze no absoluto.
Romildo Amaral: Prata na categoria e Prata absoluto.
Giliarte Rômulo: Ouro na categoria e Bronze no absoluto.
Welison Santos: Bronze na categoria.
Jean Santos: Ouro na categoria.
Rodrigo Lourenço: Bronze no absoluto.
Orlando Temotéo: Bronze no absoluto.
Panamericano de BMX (bicicross) em São Paulo:
Vicente Carvalho 

(Da Assessoria de Imprensa da Prefeitura).