Assembleia Legislativa

Assembleia Legislativa
Assembleia Legislativa

quinta-feira, 18 de abril de 2019

CIRO, HADDAD E O BRASIL "MALUCO BELEZA"


Ciro Gomes, que fugiu do Brasil no segundo turno da eleição presidencial, para não dar chance a Fernando Haddad, está a mais de mil nas redes sociais criticando o Governo Bolsonaro. É candidato ao Planalto pela quarta vez, em 2022.
Preferiu pela omissão ajudar a extrema direita e agora quer posar de político combativo.
É aguardar para ver se o povo vai perdoar sua covardia e oportunismo.
Já o candidato que disputou o segundo turno contra o atual presidente, o professor Haddad, está bem mais comedido na oposição, se posicionando em relação ao governo somente quando necessário.
Temos quatro anos ainda pela frente e muita coisa pode acontecer, até o general Mourão virar presidente da República.
Então esse meio desespero de Ciro tanto pode levá-lo ao Planalto quanto transformar ele numa nova Marina Silva.
Mas a situação do Brasil está tão ruim, tão complicada, que tem gente propondo a substituição do hino nacional, pelo menos temporariamente, pela música “Maluco Beleza”, do baiano Raul Santos Seixas.

2 comentários:

  1. No campo ideológico, tanto Ciro Galo Cego como o Pneu de Estepe do Lula(Andrade), estão metidos no mesmo saco de gatos pardos... Daí toda essa cambada com seus respectivos asseclas enxergarem apenas pus no fim do túnel. O convívio desses "DOIS BRASILEIROS" com o REVOLTISMO da derrota os transformam em parte da infecção... SÃO PUS PURO!!!

    P.S.: - Umas porras malucas dessas ainda falam em democracia...

    ResponderExcluir
  2. Ciro Gomes é sem dúvida uma das lideranças políticas mais importantes e influentes da política nacional, sobretudo na Região Nordeste. Mas nas eleições de 2018 ele não mostrou maturidade política.

    Eliminado no primeiro turno das eleições, o que deveria fazer Ciro ?!! Resposta: juntar-se às forças progressistas e apoiar Haddad. Era esse o clamor de milhões e milhões de eleitores nas ruas e nas redes sociais. Era esse o desejo de todos aqueles que não aceitavam retrocessos políticos. Todos esperavam que Ciro Gomes apoiasse Haddad no segundo turno, fortalecendo a campanha do petista contra o candidato fascista, Jair Bolsonaro.

    Mas ao invés disso, o que fez Ciro Gomes ?? Ciro Gomes fez o que um homem de verdade não deve fazer: FICOU EM CIMA DO MURO. Se tivesse escolhido um lado durante as eleições de 2018, mesmo que esse lado fosse Bolsonaro, sua atitude teria sido mais nobre do que ficar em cima do muro, porque homens de verdade não ficam em cima do muro como fazem os covardes de ocasião.

    Homens de verdade tomam decisões, têm opinião, lutam, não abandonam seus postos em pleno combate, não fogem à luta.

    Passadas as eleições de 2018, a imagem que fica de Ciro Gomes, para este modesto sociólogo, é a de um político rancoroso, que poderia ter sido presidente da República, mas por orgulho, arrogância e prepotência, não o quis. Jogou fora sua chance real de ser eleito presidente. Talvez a maior oportunidade de toda sua vida política.

    Quanto a 2022, muita água ainda vai rolar. Até lá, o cenário político nacional certamente será outro.

    Afinal, como diria Magalhães Pinto: “Política é como nuvem. Você olha e ela está de um jeito. Olha de novo e ela já mudou”.

    ResponderExcluir