sábado, 12 de janeiro de 2019

GUSTAVO HENRIQUE ANUNCIA FILIAÇÃO AO PDT

Estudante garanhuense Gustavo Henrique, que até o ano passado militou na Rede de Sustentabilidade, pretende continuar atuando na política, só que agora pelo Partido Democrático Trabalhista.

O próprio Gustavo anunciou sua filiação ao PDT, através de uma carta distribuída para a imprensa local:

“A vocês Jovens, tome o destino de vocês nas mãos próprias de vocês”, já dizia o saudoso Leonel Brizola. 

Após me desfiliar da REDE Sustentabilidade, partido que tenho orgulho de ter militado e ajudado a construir, decidir seguir um novo caminho e trilhar novos horizontes. Depois de longa reflexão sobre qual  caminho melhor a seguir, tomei a decisão, e aceitei o convite de me filiar ao PDT. 

Em tempos de retrocessos pré-anunciados pelo novo governo, é necessário ter a clareza sobre qual caminho seguir. Analisando o cenário político e partidários, vejo com entusiasmo o movimento de reencontro do PDT com sua história, marcada por uma defesa clara em prol da justiça social, da democracia, dos direitos humanos e, sobretudo, da soberania do país feita por quadros como Leonel Brizola e tantos outros que se dedicaram à construção de um país melhor.  

Chego ao PDT com os mesmos ideais que defendi nesse pequeno espaço de tempo na militância política que exerci na REDE Sustentabilidade ao lado do meu amigo e blogueiro Jhonathas William, o qual me ensinou importantes lições que muito me instruiu na compreensão da política partidária.

Sabemos que teremos incontáveis desafios a superar, mas sem dúvida o maior deles é o combate à desigualdade social. O PDT, ciente desse dever, se organiza para intensificar a sua luta em defesa dos interesses nacionais e do desenvolvimento do país. 

Em Garanhuns não será diferente. Iremos trabalhar para construir uma alternativa a essa forma retrograda de se fazer política, onde a base será o ideal de cidade que queremos. Garanhuns terá um caminho de progresso e desenvolvimento! 

O meu mister será  seguir lutando pelo bom e pelo justo!  

Nenhum comentário:

Postar um comentário