ALEPE

ALEPE
ALEPE

GOVERNO DO ESTADO

GOVERNO DO ESTADO
GOVERNO DE PERNAMBUCO - FUNDARPE

quinta-feira, 31 de janeiro de 2019

ACORDO FORTALECE CLAUDIANO FILHO NA ALEPE


Reeleito para o terceiro mandato com 46.314 votos (3.305 votos em Garanhuns), Claudiano Filho saiu engrandecido, hoje, com um acordo que deverá levá-lo à 2ª Secretaria da Assembleia Legislativa (Alepe), para o biênio 2019/2020.
O Pastor Cleiton Collins - seu colega na Casa de Joaquim Nabuco -,   depois de se reunir com a  bancada do PP no Legislativo  fechou um acordo possibilitando o rodízio da indicação do partido para compor à Mesa Diretora.
Assim, Claudiano Filho será o candidato único para o posto,  após a decisão de Collins, que  terá outras atribuições na Assembleia, como a atuação nas comissões temáticas.
O entendimento entre os deputados foi patrocinado pelo presidente da Assembleia, Eriberto Medeiros, que recebeu a bancada do PP no gabinete da presidência.
O acordo também contou com o aval do presidente estadual do partido, deputado federal Eduardo da Fonte.

DELEGADO HELIANTHUS BEZERRA SE DESPEDE DE LAJEDO

Depois de dois anos de trabalho em Lajedo, lutando contra a criminalidade naquele município, o delegado Helianthus Soares Bezerra, se despediu hoje dos moradores locais e fez uma breve prestação de contas do que foi realizado enquanto esteve à frente da unidade da Polícia Civil na cidade.

Dr. Helianthus, que já atuou também em Garanhuns, deve ser lotado na delegacia de Canhotinho.

Na íntegra o seu comunicado, enviado ao blog agora à tarde:

Nota à Imprensa

Informo a todos que estou me despedindo da delegacia de Lajedo, após dois anos de trabalho. Agradeço a todos os policiais civis, militares, ao ministério público, advogados e ao poder judiciário, pela convivência, durante este período. Nessa mesma linha, agradeço ao prefeito Rossine pelo empenho na reforma da delegacia, que contribuiu para uma melhoria da execução do nosso trabalho. Fechamos o ano de 2017, com 70 por cento de resolução de crimes letais e intencionais ( latrocínios e homicídios), graças ao trabalho de todos. Agradeço, ainda, a confiança depositada pelo delegado Luiz Bernardo, na condução dos trabalhos de polícia judiciária. Por fim, desejo sucesso ao delegado, Paulo Bicalho, que dará continuidade ao trabalho da polícia civil em Lajedo.

Lajedo, 31 de janeiro de 2019

Helianthus Soares Bezerra
Delegado de Polícia

GARANHUNS:EU MORO NELA E ELA MORA NEU


Por Altamir Pinheiro

De um modo geral o garanhuense é predestinado a  nascer com uma certa obrigação de amar Garanhuns   sobre todas as coisas. Afinal ter a bênção de nascer ou residir em uma povoação abençoada e com o apelido de Suíça pernambucana  e ainda por cima na cidade mais bonita do Estado é algo a ser admirado. Certa vez lendo um livro do poeta paraibano Noaldo Dantas enchi-me de inspiração(apesar de não ser poeta) e fiz esta singela homenagem à terra da garoa, sem antes agradecer e ter plena certeza ou nenhuma dúvida que além de bom brasileiro, DEUS é garanhuense. Por isso sou capaz de imaginar  o dia da criação de Garanhuns: “Ô Santo benfeitor pegue o estoque de neblina mais pura e jogue dentro das manhãs encharcadas de frio e cubra seus campos com o verde dos gramados, parques e jardins; faça das flores um espelho do Céu; quero os entardeceres multicoloridos nas Sete Colinas e aquelas fontes de água mineral que estávamos guardando para uso particular, coloque-as nesse paraíso terrestre.”

Pois bem!!! Muito me admira ver o amor exacerbado  de Izaías Régis por Garanhuns sendo manifestado  nos quatro cantos da cidade,  e Givaldo Calado, hein? Esse é um enamorado inspirado pela paixão é o que podemos chamar de paixonite aguda pela terra de Simôa.  Só que, nessa galeria entra mais outro: Hélder Carvalho... É impressionante o amor que esse rapaz nutre por Garanhuns... Parafraseando o compositor Del Feliz, o importante não é a cidade onde ele mora, mas onde, nele, a cidade mora”. Segundo palavras do prefeiturável ao chegar à prefeitura de Garanhuns em 2021, Cultura e ambientalismo  terão papéis centrais no governo dele.

Recentemente fui conhecer um projeto ambientalista que será implantado por Hélder Carvalho, ainda este ano, intitulado SEU DOMINGOS. Uma justa homenagem ao garanhuense  Dominguinhos que  terá um parque natural  com um elevado valor paisagístico  situada entre a malha urbana de Garanhuns, logo abaixo do Parque Pau Pombo com destino ao balneário/piscina de Antônio Justino. Lá,  a  paisagem natural apresenta uma grande diversidade ecológica, e diversos cursos d’água que se tornam habitat de variadas espécies arbóreas. O parque terá diversos roteiros e trilhas com extensões que variam em cerca de dois a três hectares, bem como, diversos níveis de dificuldade, que atendem a todos os públicos, além do museu que  preservará o  rico acervo de SEU DOMINGOS.

Para além do fator econômico, a cultura é um aspecto central da identidade REGIONAL, estadual e nacional de um país. Dos cerca de dez pré candidatos a prefeito de Garanhuns, não encontrei um, sequer, que tenha colocado a cultura ou ambientalismo  em um papel tão central como pretende Hélder Carvalho   em seu programa de governo. Para ele, a Cultura terá um papel estratégico, e será um dos eixos centrais do seu Projeto Regional de Desenvolvimento. Não é à toa que, com seus parcos recursos está implantando um empreendimento particular para preservar a identidade e a agigantada história cantada em verso e prosa  pelo sanfoneiro garanhuense  Dominguinhos.

Por ser conhecida como Cidade Jardim, a oferta de bens e serviços culturais  para Garanhuns deve ser vista como uma forma de lazer e inclusão social, fortalecimento da cidadania e inclusão econômica, assegurando à juventude alternativas e perspectivas saudáveis e dignas para o seu futuro. A ideia do programa é que haja estímulo à cultura, dando ênfase necessária para que Garanhuns, em definitivo,  se reconheça na sua diversidade regional, nas suas diversas expressões tradicionais e históricas, como também nas novas estéticas, no ambientalismo de vanguarda, de novas linguagens, passando pela culinária, hábitos alimentares, artesanato, artes cênicas, artes plásticas, cinema, audiovisual e a música, naturalmente compreendendo o lugar merecido que pode ser desempenhado pela Banda Municipal Manoel Rabelo.

Esta é uma compacta biografia do pensamento de um cidadão que há três décadas mora em Garanhuns e Garanhuns está incrustado nele. Como costuma dizer através de palavras ditas, caminhos escolhidos e sonho a se realizar,  o importante não é a cidade onde eu resido , mas onde,  a cidade mora em mim”. Além de orgulhoso, o sentimento do prefeiturável Hélder Carvalho também é de gratidão ao lugar que o acolheu. “Garanhuns me adotou e hoje me considero filho da cidade. Aqui formei minha família, constituí todo meu patrimônio, que não é grande, mas é meu”, diz o cidadão que mora em Garanhuns e Garanhuns mora nele.

BETÂNIA ELOGIA PRÉ-CANDIDATURA DE LUIZINHO


Na avaliação de Betânia da Ação Social, uma das mais atuantes vereadoras de Garanhuns, não só nesta legislatura, mas em toda história da Casa Raimundo de Moraes, Luizinho Roldão é o melhor nome para conduzir os destinos de Garanhuns num futuro próximo.

Betânia faz questão de elogiar os outros pré-candidatos, assegura que respeita a todos, porém vê em Luizinho um candidato mais preparado, com grande capacidade de fazer política e sobretudo tendo respeito a todas as pessoas, principalmente os mais humildes.

“Estamos unidos. Não sou candidata à prefeita porque nunca foi este o meu projeto, apesar de alguns terem defendido esta ideia; no entanto terei candidato e hoje o nome é Luiz Roldão”, frisou a vereadora.

Segundo ela, setores preocupados com a oposição feita por ela e seu chefe de gabinete tentam dividi-los, até proposta para eles voltarem ao governo já foram feitas, contudo isso não irá acontecer. “Nós temos palavra, temos personalidade, não vamos ficar pulando de galho em galho como fazem outros políticos”, garantiu a parlamentar.

Betânia da Ação Social fez questão de esclarecer que não considera Luizinho apenas como seu chefe de gabinete e sim um amigo fiel, que tem dado uma colaboração valiosa ao seu mandato.

Na sua opinião Garanhuns precisa de mudanças, de prefeitos e vereadores que sejam realmente ligados ao povo, tratem todos de forma humanitária e não queiram transformar aliados e até representantes da imprensa, em meros “paus mandados ou sombras”.

Por fim, Betânia defendeu a união das oposições para a eleição do próximo ano, por acreditar que a divisão entre três candidaturas ou mais só vai favorecer o lado governista. "Quem quiser uma Garanhuns melhor, com obras de pedro e cal, mas também um olhar mais humano para as pessoas, tem de trabalhar por um projeto coletivo e não pessoal. Acredito que os pré-candidatos atuais, que são bons, mas na frente vão fazer uma grande frente em prol das mudanças. Acredito que o povo deseja mais pra sua cidade e está querendo o novo", concluiu.

Com relação à pré-candidatura de Luizinho Roldão, este recebeu ainda ontem diversas manifestações de carinho e apoio, inclusive uma de um ex-secretário do prefeito Izaías Régis (muito ligado ao senador Armando Monteiro), que se colocou à disposição para colaborar com projeto político. 

Um prefeito forte de uma cidade da região também procurou Luiz e disse a ele que daria suporte ao seu projeto, caso o mesmo se concretizasse.

CAETÉS LIQUIDA O DÉBITO DOS AGRICULTORES


Em solenidade de assinatura do Termo de Pareceria entre a Prefeitura de Caetés e Banco do Nordeste, realizada na última segunda-feira, dia 28, no auditório da Câmara de Vereadores, sob a presidência do Secretário Municipal de Agricultura,  Lucivalter Santana (Galego), o Prefeito de Caetés, Amando Duarte e o Gerente de Negócios – Pronaf  do BNB, Eduardo Nascimento, assinaram o Termo de Parceria obedecendo a Lei Federal Nº 13.606.

Cerca de 200 famílias de agricultores com débitos atrasados no Banco, foram beneficiadas, e, direta ou indiretamente, mais de mil pessoas da agricultura familiar, contempladas com esta ação da gestão municipal.

Segundo, Eduardo Nascimento, no final do ano de 2018, o prefeito de Caetés, aderiu a Lei Federal. Com recursos do próprio município, fez a liquidação total de dívidas dos pequenos agricultores e renegociou outras, que de acordo com a Lei 13.606, receberão descontos que vão até 95%. A Lei Federal foi prorrogada até o final deste ano.

Nascimento em nome de todos que fazem o Banco do Nordeste-Garanhuns, parabenizou a preocupação com as famílias do campo, a sensibilidade social e a belíssima atitude do prefeito Armando Duarte, em aceitar a lista fechada de beneficiários, e, não fazer nenhuma ressalva, de raça, religião ou partido político para ajudar aos pequenos produtores. Agora estes agricultores voltam a ter o acesso as linhas de crédito rural.

Reconhecido no meio como um dos mais atuantes da região, o secretário de agricultura de Caetés, Lucivalter, conhecido por Galego, fez questão de agradecer as parcerias com o Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Conselho de Desenvolvimento Rural, Associações, IPA e em especial com o Banco do Nordeste, que, em apenas 6 anos do governo de Armando, já investiu no município, só na zona rural,  mais de 32 milhões de reais através do Pronaf (Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar).

Armando fechou a solenidade, que contou com a presença do vice-prefeito Severino Gordo, dos vereadores do seu grupo político e outras autoridades do município, além de representantes do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Conselhos e Associações.

Com a Câmara lotada, Armando, falou do seu empenho enquanto estivar prefeito para ajudar as famílias da agricultura familiar, apresentou muitas ações já realizadas pelo seu governo e as novas conquistas. Voltou a enfatizar que mora em Caetés, terra que ama e, tudo farar, junto com as suas parcerias, por exemplo, o Banco do Nordeste, para continuar melhorando a qualidade de vida da população e o progresso do município.


PREFEITO IZAÍAS RÉGIS ASSINA ORDEM DE SERVIÇO PARA INÍCIO DE OBRAS DE PAVIMENTAÇÃO NA BRAHMA E BOA VISTA

O prefeito de Garanhuns, Izaías Régis, e o secretário de Obras e Serviços Públicos, Pedro Maia, assinam nesta quinta-feira (31), às 10h, no Gabinete do Prefeito, a ordem de serviço para a execução de trabalhos de infraestrutura urbana de pavimentação em paralelepípedos e drenagem, nos bairros Boa Vista e José Maria Dourado.

Na Boa Vista, seis localidades serão contempladas, sendo elas as ruas Dom Hélder Câmara, José Pompeu Luna, Dr. Marcelo Antônio Fernandes, João Souza Cavalcante, Praça Cristina Tavares e rua Pedro Gois Cavalcante. Já no bairro José Maria Dourado, popularmente conhecido como Brahma, receberão os serviços as ruas Israel Batista da Costa e a travessa da rua Israel Batista da Costa.

O valor total do investimento é da ordem de R$ R$ 685.000,04 (seiscentos e oitenta e cinco mil reais e quatro centavos), a ser executada com recursos próprios do Governo Municipal.

*Assessoria de Comunicação Social e Imprensa

SILVIO COSTA DIZ QUE É PRECISO DESMONTAR PALANQUES

Em entrevista ao programa Roda Viva PE, na TV Nova, na terça-feira (29), o deputado federal Silvio Costa (Avante) cobrou que governo e oposição desmontem seus palanques e trabalhem para aprovar a reforma da Previdência, a qual considera fundamental para o equilíbrio das contas públicas. Sílvio Costa, que foi vice-líder do governo Dilma e vice-líder da oposição ao governo Temer, afirmou que a oposição tem a oportunidade de se reencontrar com o País e contribuir para a recuperação da economia nacional votando na reforma da Previdência. “O Brasil precisa de uma reforma da Previdência que inclua a todos. É preciso incluir os militares ou não resolverá o problema do déficit”, alertou.

Sílvio destacou que foi contra as propostas do governo Michel Temer em razão da “ilegitimidade” do governo, que definiu como “golpista”, um vice-presidente que atropelou a Constituição para assumir o poder. “Eu fui contra a reforma do Temer (MDB) porque era um presidente sem legitimidade, diferente do Jair Bolsonaro (PSL) que foi eleito pela maioria dos brasileiros. Não serei irresponsável para torcer contra o País. Lembro que os que mais tentaram fazer a reforma da Previdência foram Lula e Dilma, mas apenas conseguiram mudanças que não reduziram o grande déficit que ameaça o próprio sistema de aposentadoria”, explicou Silvio Costa.

Após 26 anos de vida pública, como vereador do Recife, deputado estadual e deputado federal, Silvio Costa encerra, nesta quinta-feira (31), o terceiro mandato na Câmara Federal, revelando ao Roda Viva ter dois orgulhos que marcam a sua trajetória política: sempre teve lado e nunca foi incluído em listas de denunciados por malfeitos. “Na vida o homem tem que ter lado. Defendi Dilma contra o impeachment porque ela não cometeu nenhum crime. Ela caiu por dignidade, não aceitou as chantagens de Eduardo Cunha (MDB) por cargos no governo, por isso ele abriu o impeachment, usando o álibi econômico (pedaladas fiscais). Lutei contra. Fiquei do lado certo, o lado da legalidade e da democracia. E saio como ficha-limpa. Faria tudo de novo”, avaliou. Sílvio disse que continuará na política, mas não tem projeto eleitoral para o futuro.

Aos jornalistas do Roda Viva, Silvio Costa revelou que permanece na oposição ao governo estadual de Paulo Câmara (PSB) e que é oposição ao governo Bolsonaro, mas não ao Brasil, por isso torce pelo ajuste das contas públicas e a retomada do crescimento econômico. “Eu torço pelo País, não pelo Bolsonaro, que é uma pessoa inteligente mas não está preparado para o cargo. Ele vai governar delegando poderes, como no caso do ministro da economia, Paulo Guedes”, ressaltou Silvio. 

O deputado descartou “ocupar cargo no governo federal ou em qualquer governo” e lamentou que Bolsonaro tenha sido o resultado do “antivoto” e da “antipolítica”, numa eleição marcada pelo ódio que deixou o país dividido. “É preciso pacificar o País e isso começa pelo desmonte dos palanques”.

Reafirmando ao Roda Viva ser um “lulista”, admirador das políticas sociais criadas pelo ex-presidente Lula (PT), Sílvio Costa disse ter esperança que o STF mude de posição, no julgamento marcado para abril, e liberte Lula da prisão em Curitiba. “A Constituição diz que a prisão só pode ocorrer após transitado em julgado. O STF rasgou a Carta quando acatou a prisão em segunda instância. Espero que em abril reveja a decisão e deixe Lula livre”, espera o deputado

PREFEITURA DE BOM CONSELHO RECEBE ÔNIBUS 0 KM


A Prefeitura de Bom Conselho recebeu, na manhã desta quarta-feira (30), mais um ônibus 0 km para servir aos estudantes do município.

O ônibus é uma conquista do prefeito Dannilo Godoy junto ao Governo Federal e vem para reforçar a frota do transporte escolar existente.

A expectativa é que um outro ônibus 0 km chegue à cidade nas próximas semanas, fruto de um intenso trabalho de Dannilo Godoy para melhorar esse tipo de transporte em Bom Conselho.

Dannilo não tem medido esforços para reforçar a frota municipal. Recentemente, seis ambulâncias foram entregues à população e mais uma L-200 para a Vigilância em Saúde.

quarta-feira, 30 de janeiro de 2019

CADÊ VOCÊ, SÉRGIO MORO?


Indagação feito por Camila Moreno ao paladino da justiça:

Antes tão midiático, o Sérgio Moro não deu um pio sobre os crimes cometidos pela Vale na Barragem em Brumadinho. 

Nadinha sobre o poder e a influência das milícias na política. 

Nada sobre um parlamentar ter que deixar o país em razão das ameaças que sofre. 

Calado também sobre a alteração na Lei da Transparência que irá tornar a corrupção mais difícil de ser investigada. 

Alguém sabe se o Ministério da Justiça foi extinto também?

*Foto: Revista Veja

PREFEITO MATHEUS INVESTE R$ 3, 3 MILHÕES EM TEREZINHA

Prefeito Matheus Martins

Em Terezinha, o prefeito Matheus Martins não mede esforços na busca de melhor qualidade de vida para a população e seu trabalho está dando frutos que podem ser vistos por todos. Só neste mês de janeiro serão investidos mais de R$3,3 milhões em obras e serviços que vão melhorar a vida tanto dos terezinhenses que moram na cidade quanto os que moram na zona rural.

A Secretaria de Obras teve o maior investimento da história do município e com esse dinheiro já foi dado início a construção de quatro quadras poliesportivas em pontos estratégicos da zona rural.  Também foi realizado o lançamento da pedra fundamental do Centro Olímpico, que está sendo construído na cidade e vai atender jovens e adultos e fortalecendo o esporte no município. 
Quadra esportiva

Além disso a reforma da sede da prefeitura já foi concluída e já foi assinada a ordem de serviço para o início da construção de um Centro Administrativo, onde antes havia um prédio abandonado há anos, às margens da PE-218. 

No Loteamento Ademário Gomes, diversas ruas vão ganhar pavimentação em paralelepípedos saindo da triste situação de lamaçal e poeira que tanto incomoda os moradores.

Foram adquiridos dois carros ponto zero, uma ambulância e dois tratores para atender o produtor rural. Ainda na zona rural, nos próximos meses será entregue a adutora do Sítio Guaribas,  que beneficiará mais de 200 famílias. E já estão prontas 10 barragens de grande porte que serão entregues muito em breve. Esses são importantes passos no auxílio dos agricultores nos períodos de estiagem.

Na saúde,  um montante de R$300 mil foi destinado para a compra de equipamentos para o hospital municipal, dentre os quais está o tão sonhado aparelho de raio-x.  Agora os pacientes não vão mais precisar se deslocar para outras localidades a fim de fazer o procedimento. (Com informações da Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Terezinha).

Centro Administrativo
Centro Olímpico

CHICO BUARQUE DIZ QUE JUSTIÇA É CÍNICA E COVARDE


Chico Buarque de Hollanda, maior compositor brasileiro desde os anos 60 até hoje, foi uma, dentre as muitas personalidades, inclusive no meio jurídico, que além de se solidarizar com o ex-presidente Lula, defender o seu direito de acompanhar o velório e o sepultamento do irmão,  teve a coragem de confrontar a vacilante Justiça Brasileira.
Uma juíza proibiu Lula de ir ao enterro de Vavá, o TRF-4 endossou a decisão, mas o ministro Dias Toffoli autorizou o ex-presidente a ver seus familiares. Quando a decisão do ministro do STF foi tomada o corpo de Vavá já estava sendo enterrado.
Chico Buarque, logo no começo da polêmica manifestou indignação diante do claro desrespeito à lei por parte das autoridades do poder judiciário brasileiro, que não permitiram que Lula fosse ao sepultamento do irmão.
 “Minha solidariedade ao Lula pela perda do Vavá. E meu repúdio à Justiça pelo cinismo e pela covardia”, bateu Chico, sem medo de nenhum juiz de primeira, segunda ou quinta instância.
Cantor e compositor, que segundo alguns desinformados é de esquerda porque se beneficiou da Lei Rouanet nos governos do PT,  não precisa de dinheiro público.
Chico é filho de pai rico e as músicas que compôs ao longo da vida lhe rendem em direitos autorais mais dinheiro do que ganha qualquer deputado ou ministro.
O posicionamento de Chico Buarque, portanto, é por se tratar de um cidadão consciente, solidário, que sempre esteve ao lado das causas democráticas e nunca compactuou com injustiças e autoritarismos.
Nos anos 70 o compositor fez uma música, “Cálice”, que era uma crítica dura aos anos da ditadura militar. Os versos continuam atuais e atitude de Chico mostra que ele continua coerente com a sua história e as suas lutas.
Alguns versos da música “Cálice”:

Como beber dessa bebida amarga
Tragar a dor, engolir a labuta

Mesmo calada a boca, resta o peito

Silêncio na cidade não se escuta

De que me vale ser filho da santa

Melhor seria ser filho da outra

Outra realidade menos morta

Tanta mentira, tanta força bruta.
Pai, afasta de mim esse cálice
De vinho tinto de sangue...

TOFFOLI AUTORIZA LULA A VER FAMILIARES


O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, de plantão no recesso do Judiciário, autorizou nesta quarta-feira (30) o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a deixar a prisão para se encontrar com familiares.

Toffoli atendeu pedido da defesa de Lula. O ex-presidente pretendia acompanhar o enterro do irmão Genival Inácio da Silva, o Vavá, como era conhecido. Vavá morreu na manhã desta terça-feira (29), aos 79 anos, vítima de câncer.

O ministro assegurou o direito de Lula de se encontrar com os familiares em Unidade Militar, com a possibilidade de que o corpo de Vavá fosse levado até lá.

O corpo de Vavá, contudo, já foi sepultado no início da tarde desta quarta (30), no Cemitério Paulicéia, em São Bernardo do Campo.

"Por essas razões, concedo ordem de habeas corpus de ofício para, na forma da lei, assegurar, ao requerente Luiz Inácio Lula da Silva, o direito de se encontrar exclusivamente com os seus familiares, na data de hoje, em Unidade Militar na Região", escreveu o presidente do Supremo.

Em decisão de 9 páginas, o ministro Dias Toffoli citou que a Polícia Federal (PF) se manifestou contra o pedido. A PF apontou que a falta de tempo hábil para ida ao velório impediu a concessão do pedido como foi formulado.

Segundo o ministro, a PF também apontou "risco quanto à segurança dos presentes e dos agentes públicos mobilizados, mormente se levado em conta as notícias veiculadas em redes sociais sobre a convocação de militantes para comparecerem a São Bernardo do Campo, o que corrobora as informações da inteligência policial".

Toffoli disse que essas intercorrências não poderiam impedir o direito de Lula "ainda que de forma parcial".

“As eventuais intercorrências apontadas no relatório policial, a meu ver, não devem obstar o cumprimento de um direito assegurado àqueles que estão submetidos a regime de cumprimento de pena, ainda que de forma parcial, vale dizer, o direito de o requerente encontrar-se com familiares em local reservado e preestabelecido para prestar a devida solidariedade aos seus, mesmo após o sepultamento, já que não há objeção da lei", afirmou o ministro.

Toffoli proibiu o uso de celulares e outros meios de comunicação, bem como a presença de imprensa e declarações públicas. A justificativa é a manutenção da segurança do ex-presidente, dos presentes e dos agentes públicos que o acompanharem.

O presidente do Supremo citou que cabe ao Judiciário garantir a segurança dos detentos. "Prestar a assistência ao preso é um dever indeclinável do Estado (art. 10, da Lei no 7.210/84), sendo certo, ademais, que a República Brasileira tem como um de seus pilares fundamentais a dignidade da pessoa humana", afirmou.

pedido de Lula apresentado ao STF havia sido rejeitado por instâncias inferiores. 

*Fonte: Portal O Globo. Fotos: Brasil 247

SOBRE VAVÁ, IRMÃO DE LULA


Por Junior Almeida

Em uma das últimas vezes em que esteve em Caetés e região, em março de 2013, Genival Inácio da Silva, o Vavá, irmão do ex-presidente Lula, de 79 anos, que faleceu ontem em São Paulo, fez o que muitos nordestinos que moram no Sudeste fazem: visitou velhos e conheceu novos parentes nos sítios e cidades, almoçou na casa de um,  na casa de outro, se confraternizou, relembrou velhas histórias, e tudo mais que se tem direito.


A diferença de tantos migrantes que fazem isso todos os anos, é que em Caetés Vavá não era simplesmente o filho de Aristides e Lindu, modestos agricultores do Sítio Várzea Comprida. O Vavá que ali estava era o irmão do então presidente da república, primeiro e único homem da classe trabalhadora a exercer tal função no Brasil.


Naturalmente o assédio ao visitante foi maior. Não só de familiares, mas das autoridades locais e de todo povo, que queria conhecer, apertar a mão e tirar fotos com o irmão de Lula. Vavá, assim como é o célebre irmão, era uma pessoa simples, do povo. Andou na feira de Caetés como todo matuto que se preze. Cumprimentou e atendeu a todos com a maior simpatia. Comeu doce de corte nas toldas e chegou a tomar uma temperada com tira gosto em uma das bancas de comida da feira.


Quis ir também à casa dos seus padrinhos, José Augusto dos Santos, o Quezinho, e Dona Marina, para visitá-los, mas ficou sabendo que o velho estava doente, internado no Hospital Dom Moura, aqui em Garanhuns. Vavá prontamente quis vê-lo. Na unidade de saúde uma movimentação diferente chamou a atenção dos funcionários. Quem seria aquele simples matuto que estava internado, por que também tanta gente bem vestida, lideranças políticas de Caetés e Garanhuns tinham ido o visitar? Não demorou muito para saberem que o irmão do presidente Lula era afilhado daquele paciente, e assim como em Caetés, Vavá passou a ser assediado para apertos de mãos, abraços e fotos.


O velho Quezinho, padrinho de Vavá, morreu em 13 de março daquele ano, mas não por falta de assistência do Dom Moura. No regional o paciente recebeu tratamento de primeira, de clínica particular. Tudo que podia ser feito no atendimento foi realizado, mas o compadre de Aristides e Lindu, fez sua viagem derradeira. Vavá voltou para São Paulo e acompanhou as várias realizações do seu irmão Lula, conquistas essas, que o fizeram deixar o governo como melhor presidente da história do Brasil.


Morreu ontem Vavá, o filho de Garanhuns/Caetés, de Aristides e Lindu,  como em 2016 morreu parte da democracia, como a cada dia morre um pouquinho do chamado estado de direito  e as garantias individuais. Pela lei, Lula teria o direito de se despedir do mano. Lei? Esqueçam a lei. O que mais se vê nas redes é o ódio, muitos zombando da morte de Vavá, desejando que fosse Lula no lugar dele, tentando justificar o injustificável para que não se cumpra a constituição. Vamos pra frente...

LUIZINHO ROLDÃO PODE DISPUTAR PREFEITURA


Luizinho Roldão, que foi gestor do Bolsa Família em Garanhuns e que depois de deixar o Governo Izaías Régis virou o maior adversário do prefeito, pode disputar a eleição do próximo ano numa chapa majoritária.

Algumas vantagens de Luizinho: é jovem, de boa aparência, sabe fazer política como poucas, é corajoso e sabe muita coisa do Governo Municipal.

Caso esse projeto vá adiante a vereadora Betânia seria candidata à reeleição.

Luizinho Roldão ainda não admite a pré-candidatura, mas garante que se entrar no jogo será pra valer e garante fazer uma “campanha civilizada, como o garanhuense merece”.

Ele tem a simpatia de setores da população mais humilde e também de alguns blogueiros, radialistas, empresários e até de pré-candidatos que podem retirar o nome para apoiá-lo.

“Garanhuns precisa do novo e de uma pessoa que fale a verdade, olhando olho no olho do eleitor”, adianta Luizinho, acrescentando ainda que está disposto a conversar com todas as forças políticas de oposição.

AGENTES DE SAÚDE RECEBEM EQUIPAMENTOS

A Secretaria Municipal de Saúde promoveu nesta terça-feira (29), no auditório da Autarquia do Ensino Superior de Garanhuns (Aesga); uma capacitação voltada para os agentes comunitários de saúde (ACS’s) e de endemias (ACE’s) que integram as equipes de todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) do município. Os servidores da pasta foram recepcionados pela secretária de Saúde, Nilva Mendes, e beneficiados com entrega de equipamentos de proteção individual.

Durante o momento, também foram repassadas informações sobre o diagnóstico da hanseníase; tema que foi facilitado em debate, por meio do coordenador do setor de Vigilância em Saúde do município, Edilson de Lima Paranhos. Uma outra capacitação está marcada para o dia 19 de fevereiro, onde o tema esquistossomose será abordado para os profissionais.

Cerca de 250 kits, contendo protetores solares e bonés foram entregues pela secretária de Saúde, Nilva Mendes. Os novos equipamentos complementam o fardamento que já foi entregue anteriormente aos servidores. “Estes kits servem como instrumentos de proteção durante o desempenho das atividades diárias do agente de saúde, que é responsável pelo primeiro contato com as famílias em sua residência, de acordo com a área de referência de cada profissional”, finalizou a titular da pasta. (Da Assessoria de Comunicação).

GIVALDO PRESTIGIA POSSE DE RODOLFO COMO DEPUTADO


O empresário e figura pública Givaldo Calado de Freitas embarcou para Brasília (DF), nesta terça-feira (29) e volta a Garanhuns no próximo sábado (02). O intuito da viagem será participar da posse do Deputado Federal Fernando Rodolfo, que assume o mandato nesta sexta-feira (01). Na capital federal deverá alinhar com o deputado Fernando uma série de agendas, objeto de pleitos, sobretudo de Garanhuns.

“Garanhuns e região rompe um jejum político de quase três décadas. A Cidade das Flores, através de seus filhos, está de alma lavada. Foi muito desdém com nossa cidade e região ao logo de todo esse tempo. Estamos, portanto, dando fim a esse período triste e de grande perda para nosso município, que chegou a ter um filho presidente da república, mas ninguém para cobrar nada”, afirma Givaldo.

A posse está prevista para sexta-feira (01), às 10h, no Plenário Ulysses Guimarães, da Câmara dos Deputados. Serão empossados 513 deputados e 54 senadores eleitos no último pleito de outubro passado.
“Para Garanhuns, a posse de Fernando se reveste de grande simbolismo, que diria histórico para nossa cidade e região. Afinal, há quase três décadas estamos ausentes naquela Casa. Portanto, sem voz e sem vez, e nossos direitos passando à nossa margem” dispara Freitas.

Givaldo esteve ao lado de Fernando Rodolfo e do então Ministro dos Transportes Walter Cassimiro no bairro Manoel Chéu, ocasião em que foi autorizada a construção de passarelas na região.

“Mesmo antes de ser empossado Rodolfo começou a trabalhar por Garanhuns, e isto mostra o empenho e o compromisso com a cidade que parte para recuperar o tempo perdido”, destaca Givaldo.

Ezandra Ribeiro
Jornalista

JUÍZA PROÍBE LULA DE IR AO VELÓRIO DO IRMÃO


A juíza Carolina Lebbos, da Vara de Execuções Penais de Curitiba (PR), negou nesta 4ª feira (30.jan.2019) o pedido do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) de saída temporária da prisão para ir ao velório do irmão Genival Inácio da Silva, de 79 anos. Leia a íntegra da decisão.

Para a magistrada, “ponderando-se os interesses envolvidos no quadro apresentado, a par da concreta impossibilidade logística de proceder-se ao deslocamento, impõe-se a preservação da segurança pública e da integridade física do próprio preso”.

Vavá, como era conhecido o irmão do ex-presidente, morreu na 3ª feira (29.jan) em decorrência de 1 câncer de pulmão. O velório será realizado nesta 4ª feira, em São Bernardo do Campo (SP).

O não a Lula seguiu ofício da PF (Polícia Federal). De acordo com Luciano Flores de Lima, superintendente da PF no Paraná e responsável pela assinatura do documento, as aeronaves disponíveis para levar Lula estão sendo usadas para auxiliar os trabalhos em Brumadinho (MG).

“Feitas as considerações no tocante ao meio de deslocamento, o que por si só resta inviabilizado o atendimento ao pedido, seja porque os helicópteros da PF estão sendo utilizados no momento em Minas Gerais, para auxiliar nos resgastes de Brumadinho, seja pela ausência de tempo hábil para o deslocamento da única aeronave da PF disponível no momento, restam as ponderações relativas às análises de risco e do efetivo policial que seria necessário empregar para uma escolta como esta”, escreveu o policial.

A polícia fez uma “análise de risco” da operação. Citou a Vigília Lula Livre, que acampa em frente ao presídio em Curitiba. E listou os seguintes possíveis cenários: “1 – Fuga ou resgate do ex-presidente Lula; 2 – Atentado contra a vida do ex-presidente Lula; 3 – Atentados contra agentes públicos; 4 – Comprometimento da ordem pública; 5 – Protestos de simpatizantes e apoiadores do ex-presidente Lula; 6 – Protestos de grupos de pressão contrários ao ex-presidente Lula”.

A força-tarefa do Ministério Público do Paraná que compõe a Lava Jato também se manifestou contra a ida de Lula: “É necessário que se rememore que o custodiado não é 1 preso comum e que a logística para realizar a sua escolta depende de 1 tempo prévio de preparação e planejamento, não podendo ser realizada de inopino”.

A defesa de Lula se respaldou no artigo 120 da Lei de Execução Penal para fazer o pedido. O dispositivo estabelece que “os condenados que cumprem pena em regime fechado ou semiaberto e os presos provisórios poderão obter permissão para sair do estabelecimento, mediante escolta, quando ocorrer um dos seguintes fatos: falecimento ou doença grave do cônjuge, companheira, ascendente, descendente ou irmão”.

O petista está preso desde 7 de abril de 2018 na Superintendência da PF (Polícia Federal) em Curitiba. Foi condenado a 12 anos e 1 mês de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do tríplex do Guarujá (SP).

*Fonte: MSN Notícias

terça-feira, 29 de janeiro de 2019

CHUVAS CHEGAM À ZONA RURAL DE CAPOEIRAS



Helenilda Barbosa atua praticamente como uma repórter nas redes sociais.

Ela é professora aposentada do município de Capoeiras e costuma relatar o que acontece na região da Várzea das Baraúnas, um sítio próximo ao povoado Alegre, este já bem próximo de Jucati.

Às vezes, a professora dá notícias de assaltos e até de crimes de morte que ocorrem na sua comunidade.

Hoje, porém, ela publicou belas fotos da chuva que caiu hoje à tarde na Várzea das Baraúnas.

Ontem choveu muito na capital e diversas cidades do interior. Hoje a chuva continua em alguns lugares, como na zona rural de Capoeiras.

Chega na hora certa, pois os moradores do Agreste Meridional estão precisando muito das chuvas, antes de começar o sofrimento de mais uma seca na região.