Assembleia Legislativa

Assembleia Legislativa
Assembleia Legislativa

quinta-feira, 20 de dezembro de 2018

JAIR BOLSONARO, FRANÇA E BRASIL


Jair Bolsonaro deixou claro na campanha que não entende de economia, saúde ou educação.

Para cada setor ele teria um especialista e seu desconhecimento não seria problema.

O presidente eleito conseguiu convencer o povo que era honesto, mas antes de assumir já existem indícios que a coisa não é bem assim, que o diga o filho Flávio e seu motorista generoso que movimentou R$ 1 milhão e 200 mil numa conta corrente e chegou a “presentear” a futura primeira dama do país com um cheque no valor de R$ 24 mil.

Desde que se elegeu, Bolsonaro coleciona gafes e incidentes diplomáticos envolvendo países ou estados como Cuba, Venezuela, Estados Unidos, Palestina, Alemanha e França.

Com este último país a gafe foi de lascar. Jair Bolsonaro disse que estava “insuportável” viver na França, por conta dos imigrantes”. O embaixador francês nos Estados Unidos, Gérard Araud, respondeu na bucha, usando de ironia: “O Brasil em 2017 teve 63.800 homicídios e a França 825”. Diante desses números onde é mesmo insuportável viver?

Pode ser que o presidente eleito e seus filhos queridos nem alcancem a força desta resposta, uma vez que estão deslumbrados com o poder que ainda não assumiram.

Para o ex-deputado federal Fernando Ferro, pernambucano de Bom Conselho, Bolsonaro é um imbecil que não sabe o que fala. O ruim é que o Brasil inteiro paga pela decisão da população em eleger um político claramente despreparado.

Infelizmente, atualmente o Brasil está atrás da França até no futebol, já que o país europeu conquistou a última Copa do Mundo, disputada na Rússia. 

*Foto: Gazeta do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário