ALEPE

ALEPE
ALEPE

quarta-feira, 19 de setembro de 2018

JUPI REALIZA SEMINÁRIO DE AGRICULTURA FAMILIAR

O Governo Municipal de Jupi realizou,  recentemente,  o 1º Seminário de Agricultura Familiar, que contou com entrega de Títulos Agrários, Capacitação e palestras dadas por João B. De Oliveira e Gaúdia Maria C. Leite Pereira, ambos com rico currículo na área do associativismo.  

O prefeito do município,  Marcos Patriota (DEM),  abriu o evento que capacitou durante do todo o dia as diretorias das 17 Associações Rurais do Município.  

Segundo Patriota, as associações precisam receber informações para que tentem buscar diversas metas diferenciadas das do dia a dia. “Eu entendo que a agricultura familiar necessita de muita mais e as associações são um espaço democrático, com conhecimento e competência que irão trazer mais desenvolvimento para o meio rural. Nós vamos trabalhar dia e noite para trazer novos projetos, capacitá-los e para que isso ocorra vamos juntos fazer mais e melhor", enfatizou o gestor.

O dia do Seminário foi repleto de atividades.  Pela manhã nove famílias receberam das mãos do Presidente do Iterpe os documentos de suas terras.

A parceria da Prefeitura e do Governo do Estado possibilitaram a entrega de documentação aos agricultores que pagariam mais de 2 mil reais, se fossem tirar do próprio bolso. Assim, eles puderam regularizar as suas terras a custo zero.

Durante o Seminário também foi lançado o Programa de Regularização de Terras que a partir do dia desta semana começou a  atender efetivamente a população de Jupi,  uma vez que Jupi tem ainda cerca de 2 mil propriedades precisando de regularização.

O diretor de Agricultura Familiar,  Luiz Ricardo disse que de todas as formas o Governo de Marcos Patriota e Rivanda Freire procura incentivar o agricultor, seja através da implantação de sistemas de abastecimento de água no município, construção de barragens, aração de terras, vacinação de rebanhos e doação de sacos para bater o feijão”.

Citou também os  cursos, capacitações, feiras da agricultura local, construção de casas, geração de emprego, e eventos como este seminário, o incentivo aos para vender a tapioca, o bolo, o suco, o café, frutas para servir o lanche de um evento do Município.

“Nós estamos atendendo os pedidos da sociedade civil organizada da melhor forma possível. Esse governo é participativo e a sociedade aqui tem vez de dar a sua opinião e não ter que atender a modelos de gestões criados em gabinete de cima para baixo", frisou Luiz Ricardo.

Durante a capacitação, houve orientação a dirigentes de associações, incluindo presidentes, tesoureiros, secretários, vices e suplentes, com apresentação de modelos de documentos como Atas, Estatuto, como fazer ofícios, controle de caixa e diversas situações do dia a dia da entidades,  que passarão a ter mais segurança para realizar tais ações.

Também participaram do evento a vice-prefeita Rivanda Freire, a primeira dama e Secretária de assistência Social Fabiana Quintino, o diretor de Recursos Hídricos e a presidenta do conselho rural, Ivone.

*Com foto e informações de Guilherme JG

Nenhum comentário:

Postar um comentário