Assembleia Legislativa

Assembleia Legislativa
Assembleia Legislativa

domingo, 30 de setembro de 2018

PRA QUE SERVE UM APARELHO DE TELEVISÃO?


Jornalista experiente, que na época da campanha das Diretas Já (em 1984) trabalhava na Folha de São Paulo, o paulista Ricardo Kotscho constata,  com tristeza, que um aparelho de televisão, nos dias de hoje, tem pouca serventia, principalmente se o telespectador quiser ver notícias na TV aberta.

É que as maiores manifestações de rua do Brasil das últimas décadas, realizadas neste sábado, dia 29, foram ignoradas ou minimizadas pelas emissoras, inclusive a líder de audiência, a Globo.

Os protestos de 2013 e 2016 eram mostrados o dia todo, até as novelas eram tiradas do ar para se mostrar a insatisfação popular com o governo da presidenta Dilma.

Até os patos amarelos da Fiesp eram atração, tal qual o insuportável Fausto Silva.

Mas milhões de mulheres (e homens) se posicionando contra o machismo, a misoginia, o racismo, a homofobia e o espírito belicoso não interessa aos donos da mídia.

A grande imprensa, parte do judiciário e muitos outros setores preferem o fascismo de você sabe quem ao fortalecimento da democracia.

Muitos, como o jornalista Ricardo Kotscho, venderiam seu aparelho de TV. Só não o fazem porque existe a televisão por assinatura e a Netflix, que possibilitam se assistir um programa de qualidade e ver um bom filme.

A TV aberta é uma porcaria só e ainda mente, distorce e esconde os fatos que interessam. Apostam na alienação e na ignorância das massas.

A salvação é a internet. Com os celulares, os tabletes, os computadores e repórteres informais em qualquer cidade do Brasil, a verdade que a televisão ignora a gente pode conferir graças à tecnologia que dispensa patrões.

Existem os fake news, é claro. Mas só quem é muito burro acredita que as multidões nas ruas ontem em São Paulo, no Rio ou Recife foram uma invenção dos esquerdopatas.

É preciso ser muito ingênuo ou imbecil para imaginar que as imagens de milhões no Largo do Batata (SP) eram do carnaval. Quase todo mundo de camisa e bandeira vermelha?

Não. Era genta na rua mesmo, no sábado dia 29. O problema todo é que estão com medo da vitória de Haddad, quando deviam temer o outro lado, o do coiso, que não entende nada de economia, nem de educação ou saúde, mas acha que bala é remédio pra tudo.

Aparelho de televisão agora, meu caro colega Ricardo Kotscho, só serve para ver filme.

Quem só tem a opção de ver a Globo, a Record e o SBT, talvez não saiba, mas é pobre duas vezes. De grana e de espírito, e esta segunda pobreza é a pior.

HADDAD CRESCE 7,6 PONTOS NA PESQUISA CNT/MDA

OS DOIS CANDIDATOS ESTÃO EMPATADOS TECNICAMENTE


Faltando apenas oito dias para a eleição, que acontece no próximo domingo, dia 7 de outubro, o candidato Fernando Haddad (PT) continua a subir nas pesquisas e está cada vez mais próximo do líder Jair Bolsonaro (PSL), tecnicamente empatado no 1º turno e com vantagem de cinco pontos no provável segundo turno.

A mais nova pesquisa é do Instituto MDA, encomendada pela CNT (Confederação Nacional dos Transportes) e foi divulgada neste domingo pelos sites e edições online dos principais jornais, como Portal UOL, Jornal do Brasil,  Veja Online, Jovem Pan News, Brasil 247 e edição nacional de El País.

Confira os números de cada candidato:

Jair Bolsonaro (PSL): 28,2%

Fernando Haddad (PT): 25,2%

Ciro Gomes (PDT): 9,4%

Geraldo Alckmin (PSDB): 7,3%

Marina Silva (Rede): 2,6%

João Amoêdo (Novo): 2%

Henrique Meirelles (MDB): 2%

Alvaro Dias (Podemos): 1,7%

Cabo Daciolo (Patriota): 0,7%

Guilherme Boulos (PSOL): 0,4%

Vera (PSTU): 0,3%

José Maria Eymael (DC): 0,1%

João Goulart Filho (PPL): 0,1%

Branco/Nulo: 11,7

A pesquisa CNT/MDA entrevistou 2.002 pessoas nos dias 27 e 28 de setembro em 137 municípios de 25 estados brasileiros.

O trabalho de campo está registrado no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número BR-03303/2018 e tem nível de confiança de 95%.

Na pesquisa anterior, divulgada em 17 de setembro, Bolsonaro aparecia em primeiro lugar, com 28,2% das intenções, seguido por Haddad, com 17,6%, e Ciro, com 10,8%.

Assim, por esse instituto, Bolsonaro manteve o mesmo percentual, enquanto Haddad cresceu 7,6%.

Na simulação de segundo turno, feita pelo MDA, Fernando Haddad obteve 42,7%, contra 37,3% de Jair Bolsonaro.

O resultado dessa pesquisa ainda não reflete a influência das gigantescas manifestações de ontem à tarde, em São Paulo, no Rio de Janeiro, Recife e várias outras capitais.

Inclusive em Garanhuns aconteceu ato de repúdio à candidatura de Bolsonaro, com boa participação popular.

Fernando Haddad tem evitado “salto alto”, embora todos os institutos – Ibope, Datafolha, Vox Populi, MDA, Ipespe e outros - indiquem que ele é favorito a vencer a eleição presidencial, mesmo que haja a necessidade de um segundo turno.

Embora tenha sido criticado por Ciro Gomes, que negou apoio ao PT no segundo turno, o petista elogiou os adversários e já revelou esperar contar com o ex-governador cearense e Marina Silva no futuro.

Analistas preveem que no domingo, dia 7, o representante do Partido dos Trabalhadores pode chegar em primeiro lugar, à frente de todos os candidatos.

sábado, 29 de setembro de 2018

MULHERES COMANDAM MANIFESTAÇÕES ANTI-BOLSONARO

FOTO DA TV GLOBO MOSTRA A CANDELÁRIA,
NO RIO DE JANEIRO, HOJE À TARDE

Mulheres podem fazer a diferença na eleição presidencial deste ano no Brasil. Elas representam pouco mais de 52% do eleitorado e são as maiores responsáveis pela rejeição do candidato Jair Bolsonaro nas pesquisas eleitorais.

Segundo a mais recente pesquisa do Datafolha,  49% do eleitorado feminino não vota nele em hipótese nenhuma.

Para completar, neste sábado elas estão ocupando mais de uma centena de cidades do Brasil e do mundo para dizer “Ele Não”.

Toda movimentação de hoje é apoiada pela maioria das cantoras e atrizes conhecidas do público brasileiro, a exemplo de Letícia Sabatella, Fernanda Montenegro, Camila Pitanga, Daniela Mercury, Zélia Duncan e até artistas menos engajados politicamente, como Marília Mendonça e Annita. 

Pelo menos as duas últimas sofreram hostilidades por parte de simpatizantes de Jair Bolsonaro.

Essa antipatia feminina pode ser entendida por conta de declarações do representante do PSL pouco lisongeira às mulheres.

Bolsonaro, numa briga com a deputada Maria do Rosário, na Câmara, disse que não a estuprava “porque você não merece por ser feia”.

O episódio rendeu um processo e o deputado teve de pagar uma multa de R$ 10 mil, por decisão da justiça.

Também ele considerou normal os homens receberam salário maior do que as mulheres, mesmo exercendo a mesma função.

Casado pela terceira vez, Jair Bolsonaro, que hoje sai do hospital onde esteve internado desde o início da campanha, por conta de uma facada, ainda foi atingido por uma forte reportagem da Revista Veja, revelando detalhes da briga travada com a ex-mulher Ana Cristina, quando da separação litigiosa 10 anos atrás.

À época, Ana acusou o ex-marido de ser violento de comportamento agressivo e de ter lhe roubado milhões em dinheiro e joias.

Hoje ela considera tudo superado, é candidata a deputada federal e usa o sobrenome Bolsonaro para atrair votos.

Já o deputado, recorreu ao Supremo para tentar tirar a revista Veja de circulação.

Mesmo com todas as declarações polêmica dele (e do seu vice), sem fazer campanha por estar num hospital e com um mínimo de tempo na propaganda eleitoral, o representante do PSL permanece à frente das pesquisas,  faltando apenas oito dias para a eleição.

Geraldo Alckmin (PSDB), que foi governador de São Paulo quatro vezes, é o candidato que mais tem atacado Bolsonaro, tentando conquistar uma vaga no segundo turno. Cresceu um pouco nas últimas pesquisas, mas dificilmente irá ultrapassar Bolsonaro e Fernando Haddad (PT), atualmente consolidado no segundo lugar.

É preciso que haja uma grande mudança de pensamento no eleitorado para modificar o atual quadro.

Pelo Datafolha desta sexta-feira, Jair Bolsonaro tem 28% das intenções de voto, Haddad 22%, Ciro 11%, Geraldo 10% e Marina Silva 5%.

Os demais candidatos têm índices inexpressivos.

Vai ser preciso mais uma semana e a próxima rodada de pesquisas, para saber o efeito das manifestações de hoje, com grande participação de homens, mas também de mulheres, se posicionando contra o candidato do PSL, taxado como “fascista”.
ANITTA TAMBÉM ADERIU AO "ELE NÃO"

PREFEITURA DE CAETÉS JÁ DEPOSITOU O SALÁRIO DO MÊS


Desde ontem, sexta-feira, que a Prefeitura de Caetés depositou os vencimentos de todos os servidores: efetivos, contratados, comissionados, aposentados e pensionistas já podem passar o cartão e pegar o dinheiro para comprar e pagamentos.

O prefeito Armando Duarte (PTB), está no segundo mandato, não pode mais disputar a eleição, mas faz questão de continuar no mesmo ritmo, trabalhando com respeito ao dinheiro público e principalmente as pessoas.

PEDRO FALCÃO APOIA CANDIDATURA DE SIVALDO ALBINO


O candidato do PSB a deputado estadual Sivaldo Albino conseguiu um apoio de peso, na luta para ser majoritário em Garanhuns. O professor Pedro Falcão, ex-diretor da UPE local e hoje reitor reeleito da Universidade de Pernambuco, se deixou fotografar com o socialista expressando seu apoio à candidatura dele.

Sivaldo concorre com o deputado Álvaro Porto (PSD), que também tenta ser majoritário em Garanhuns, com o apoio do prefeito Izaías Régis (PTB) e todo seu grupo político.

O município tem outros bons candidatos que estão na luta e podem surpreender: Claudomira Andrade (DEM), Damásio Cardoso, Professor Jailton, vereador Audálio Ramos e Thiago Paes.

Eles fazem uma campanha aguerrida e pelo menos um deles podem desbancar os que têm mais estrutura de campanha.

Claudiano Filho, que é filho do ex-prefeito de Itaíba do mesmo nome, também deverá ser bem votado na cidade. Além de ter residência em Garanhuns e muitos amigos na cidade, o parlamentar tem o apoio dos vereadores Betânia da Ação Social, Gil PM e Zaqueu Lins.

ROMÁRIO AMPLIA BASES NA ÁREA REGIÃO METROPOLITANA

O deputado estadual Romário Dias (PSD) segue ampliando e fortalecendo suas bases na Região Metropolitana do Recife (RMR). Na noite da última quinta-feira (27), aproximadamente 500 pessoas lotaram a Rose Recepções, no Cabo de Santo Agostinho, para um bate-papo com o deputado.

Segundo Romário, muito ainda precisa ser feito pela cidade. “Estou aqui, juntamente com o candidato a deputado federal Milton Coelho, nosso parceiro aqui no Cabo, para trabalhar pelo povo. Essa região ainda é muito carente e precisa de deputados que tenham compromisso com a população”, afirmou.

Romário também destacou que, no próximo mandato, irá atuar ainda mais para que os cabenses tenham mais Segurança e uma melhor Saúde e Educação. “Vamos debater esses três temas agora e continuar atuando nesses setores depois da eleição. A população precisa ter mais Segurança, aliás, o Brasil todo precisa de mais Segurança Pública; também vamos dar uma atenção ao setor de saúde preventiva, mas, sobretudo, precisamos atuar onde tudo começa, que é a Educação”, detalhou.

Finalizando seu discurso, o deputado ainda falou sobre a importância da política na vida de cada cidadão. “Nada é feito na vida se não for por meio da política. A política é um caminho para mudarmos ou criarmos novas leis para dar novas oportunidades ao trabalhador, à dona de casa, ao médico, ao dentista, ao engenheiro. Só através da política é que nós criamos os meios necessários para fazer as coisas acontecerem”, concluiu.

Compareceram à reunião diversas lideranças da cidade. Entre elas estavam Valdênio Clóvis, Washington Clóvis, Romildo Ferreira, mais conhecido na região como Bigode; Valdomiro Francisco, mais conhecido como Carrapeta; Michel dos Santos e Romualdo.

No Agreste Meridional, Romário é apoiado pelos prefeitos Douglas Duarte (Angelim), Edmilson da Bahia (Correntes) e Marquidoves Vieira (Lagoa do Ouro), além de lideranças de Palmeirina, Garanhuns e outros municípios da região.

IZAÍAS AUTORIZA CONSTRUÇÃO DE CENTRO PSICOSSOCIAL


Serão investidos R$ 933 267,85 em obra que será executada

com recursos federais

O prefeito de Garanhuns, Izaías Régis; assinou, nesta sexta-feira (28), a ordem de serviço para construção da sede própria do Centro de Atenção Psicossocial das Flores (Caps III), na rua Manoel Alves Machado, S/N°, no bairro Francisco dos Santos Figueira. O valor total do investimento é de R$ 933 267,85 (novecentos e trinta e três mil, duzentos e sessenta e sete reais e oitenta e cinco centavos), para obra, que será executada com recursos federais.

Durante a ocasião estiveram presentes o vice-prefeito, Haroldo Vicente; a secretária municipal de Saúde, Nilva Mendes; e o secretário-adjunto de Saúde, Harley Davidson; além dos representantes da R&C Construções Ltda, empresa responsável pela execução da obra.

O Caps será do tipo III, e irá comportar os serviços que atualmente funcionam no Caps 24h (Caps das Flores) do município, em um imóvel alugado pela Prefeitura, no bairro Heliópolis. “Estamos investindo cada vez mais em saúde, com a construção do Caps III pretendemos acolher os pacientes com transtornos mentais, promover sua integração social e familiar, além de oferecer atendimento médico e psicológico”, destacou o prefeito.  

Este novo modelo vai dispor de vagas de acolhimento noturno e observação; para todas faixas etárias; nos casos de transtornos mentais graves. De acordo com a titular da pasta de Saúde, Nilva Mendes, o município segue se adequando ao novo modelo de saúde mental. “Este dispositivo consiste na atenção à crise de pessoas com transtornos mentais. Indo da modalidade do Caps ll para o lll, com 07 leitos, com serviço 24 horas para os munícipes de Garanhuns. Pensando em ampliar o serviço já existente, fortalecendo a Rede de Atenção Psicossocial e os princípios que demandam de uma organização física e de recursos humanos, estamos investindo em uma estrutura física permanente para atender em média a necessidade de 400 pessoas, que necessitam de uma estrutura adequada para tratamento e para atividades terapêuticas, respeitando os princípios do Sistema Único de Saúde”, completou a titular da pasta. (Da Assessoria de Imprensa).

BATATA VISITA REGIÃO METROPOLITANA E AGRESTE


Quase na reta final da campanha política, o candidato a Deputado Federal Carlos Batata (DEM) segue com todo o gás intensificando as suas atividades de campanha. Na última segunda (24), Batata participou de uma reunião na associação comunitária do bairro da Iputinga, no Recife. Na manhã de quarta-feira (26), a agenda foi no Cabo de Santo Agostinho, acompanhado dos suplentes de vereador Ciríaco, Soró e Reginaldo. No encontro, várias pautas interessantes foram discutidas, como qualificação profissional, saneamento básico entre outros temas. 

Emendando a noite, Batata foi recebido em Jardim Piedade, numa grande reunião, que contou com  a participação de mais de 500 pessoas. O movimento foi organizado e liderado pelo suplente de vereador Marcelo Danone, em parceria com Neco, ex-deputado estadual e ex-candidato a prefeito de Jaboatão dos Guararapes. Durante o encontro, Batata reafirmou seu compromisso com questões de grande relevância, como saneamento básico, esporte, lazer e cultura. 

Já na quinta-feira (27), de volta ao Agreste Meridional, realizou uma intensa caminhada no município de Iati, na companhia do ex-prefeito Alexandre Tenório. De lá, seguindo para Águas Belas, cumpriu agenda com o ex-prefeito Hidelbrando, onde foram recebidos na aldeia dos índios da tribo Fulni-ô por várias lideranças indígenas. 

Nesta sexta-feira, 28, Batata participou de uma caminhada pela feira de Capoeiras, acompanhado de milhares de pessoas.

QUANTO MAIS ARMAS MAIS MORTES


Coronel Luís Fernando Silveira de Almeida
Armar o cidadão de bem, como resposta à violência, é o argumento mais falacioso, mais inescrupuloso, que já ouvi a respeito do assunto. No ano passado, o Brasil registrou 59.103 mortes por crimes violentos letais e intencionais (CVLI). Na guerra da Síria, de 2017 a maio deste ano, portanto cinco meses a mais, morreram 43 mil pessoas. Estamos em guerra, estamos em guerra!
Daí, uma mente iluminada propõe como solução: mudar a legislação para armar o “cidadão de bem”. A primeira pergunta: quem é o cidadão de bem? Quem decide, ou escolhe, ou elege o “cidadão de bem”? Obviamente, interesses políticos e comerciais norteiam o engodo de que armar as pessoas diminuirá o número de mortes.
Quantos policiais têm perdido suas armas e, muitas vezes, suas vidas, pela ação de marginais? Ora, somente sendo muito estúpido para acreditar que o “cidadão de bem” estará preparado para esse enfrentamento. Armas matam, então, quanto mais armas mais mortes.
O discurso em defesa da “tese” é de que haverá treinamento, teste psicológico, para que as pessoas estejam aptas a andar armadas. Ora, se treinamento e teste psicológico garantissem o uso correto das armas, não teríamos policiais mortos e policiais presos, como temos.
Por falar em Policiais – uma categoria tão abandonada, tão desvalorizada, na qual deságuam os problemas que o poder público não deu solução, como se ela pudesse solucionar – vai ter seu trabalho multiplicado e dificultado. Além de mais gente armada, para fiscalizar, terá que possuir uma bola de cristal para distinguir, em segundos, o infrator do “cidadão de bem”. E, não se enganem, se errarem e confrontarem o “cidadão de bem”, adivinhem para que lado a “corda” vai arrebentar…
Arma é para a Polícia! Para os cidadãos, uma polícia bem formada, bem paga, bem fiscalizada para protegê-lo. QUANTO MENOS ARMA, MENOS VIOLÊNCIA!
O aspecto decisivo nesses embates cotidianos, envolvendo armas de fogo, é o fator surpresa. Esse é determinante! O infrator sempre busca o “alvo” mais fácil, distraído. Isso significa dizer que o “cidadão de bem” tem que estar atento o tempo todo, sem direito à distração, à diversão e à descontração. Assim é o dia-a-dia de um policial, nas ruas.
Por mais treinado que seja o profissional, isso gera tensão. Tensão essa, que pode levar a falhas, como o caso do policial que, recentemente, matou um trabalhador, porque confundiu um guarda-chuva com um fuzil. Imaginem o grau de estresse de um Policial, mal pago, morando em locais dominados pelo crime, não podendo sair de casa fardado, deixando sua mulher e filhos à mercê da sorte. Não! Não aumentem seus problemas. Os erros com armas de fogo, não são os mesmos cometidos nas provas de matemática, os erros com armas de fogo são fatais.
O outro discurso: “Vejam, não defendemos o porte de arma e sim, a posse, que é o direito de ter uma arma dentro de casa, não podendo transportá-la”. Muito bem, agora é diferente! Afinal, uma das qualidades do nosso povo é o cumprimento das leis. Comparemos, com uma arma legalizada e também letal, os veículos automotivos: quarenta e sete mil mortes por ano e quatrocentas mil pessoas com algum tipo de seqüela. Ops! Ultrapassamos a Síria, mais uma vez. Vivemos duas guerras! Alguém acredita, que pessoas que dirigem sem habilitação, com licenciamento vencido, embriagadas, vão deixar suas armas em casa, por não possuírem porte? Isso sem falar nos acidentes domésticos, na maioria das vezes, envolvendo crianças.
Hoje, o reduto de paz e segurança do “cidadão de bem”, são os condomínios fechados, murados, com vigilância eletrônica. Imaginemos cada casa com pelo menos uma arma. Lembremos da impaciência com som alto, animais soltos, veículos mal estacionados, que geram os pequenos conflitos nos espaços comuns. Juntemos à bebida do fim de semana e a alguns temperamentos mais violentos. Hum! Perigo à vista.
Daí, o cotidiano das favelas, que se tornou o trivial, o banal – uma mãe negra, com seu filho morto por bala perdida, nos braços (para alguns, menos um marginal no futuro) – transforma-se no extraordinário: a favela é um condomínio de luxo e a mãe, uma senhora de classe média alta. E o assassino? O “cidadão de bem”!
Que horror! Inacreditável! Que absurdo!
Pois é, “a felicidade não tem cor”, a tristeza, também não. Na tragédia, nos igualamos.
Então, cidadãos e cidadãs, refletir é de graça. Remediar tem preço. E, às vezes, não é possível remediar.
Armas matam! Bom senso, não!
Precisamos de menos armas, de menos mortes, de mais amor e tolerância!
VIVAM e DEIXEM VIVER!
Luís Fernando Silveira de Almeida – Coronel da Reserva da PM e Cidadão, apenas cidadão.

*Fonte: Carta Capital

DANNILO REÚNE LÍDERES E PRESIDENTES DE ASSOCIAÇÕES



Na tarde desta sexta-feira (28), o prefeito Dannilo Godoy promoveu um encontro com líderes e presidentes de associações, em sua residência.

Presente no ato estava o deputado federal e candidato à reeleição Danilo Cabral. A candidata a deputada estadual, Andréa Lossio,  não pôde comparecer devido a um atraso em sua agenda anterior.

O deputado e o prefeito conversaram com todos nesse encontro descontraído em que foi servido um delicioso almoço para todos os presentes.

A oportunidade serviu para o prefeito expor aos líderes e presidentes de associações seu trabalho no município, especialmente na zona rural e expor os motivos pelos quais apóia seus candidatos nestas eleições.

Danilo Cabral, sempre muito atencioso com todos, expôs seu trabalho em Bom Conselho e seus planos para o futuro na Terra de Papacaça.

Nas próximas eleições Dannilo Godoy e grande parte do seu grupo político votam em Paulo Câmara para governador, o deputado federal é Danilo Cabral, deputada estadual,  Andréa Lossio, senadores Bruno Araújo e Humberto Costa  e presidente  Fernando Haddad.

sexta-feira, 28 de setembro de 2018

GARANHUNS,O BRASIL E O MUNDO PROMOVEM ATOS CONTRA O FASCISMO DO CANDIDATO JAIR BOLSONARO

Uma mobilização pluripartidário contra o  Jair Bolsonaro (PSL), será realizada neste sábado (29), às 09h, com concentração na praça da Fonte Luminosa, em Garanhuns. Mais de 100 cidades brasileiras e metrópoles de países da Europa e dos Estados Unidos estarão promovendo manifestações semelhantes.

Aqui em Garanhuns o percurso será direcionado até ao Colunata, de forma pacífica e expressiva, com manifestações artísticas e culturais, organizadas pela Fetape, Aduferpe, Adurpe, Movimentos Cores da Resistência, unidade popular UP, Movimento Olga Benário, entre outros movimentos e entidades para discutir sobre a desaprovação da campanha do candidato à presidência. 

A organização do protesto em rejeição às declarações machistas e misóginas do candidato do PSL ganhou força através da hastag #elenao e a criação de um grupo "Mulheres Contra Bolsonaro" no Facebook, que reuniu mais de 2 milhões de mulheres. A página na rede social foi hackeada por seguidores do opositor e as moderadoras, consequentemente, sofreram ameaças.

O Ato Contra Bolsonaro será em combate ao seu discurso racista, machista, homofóbico, autoritário e classista.

Algumas citações de Jair Bolsonaro:

“Eu sou favorável à tortura, tu sabe disso” (A um programa de TV, em 1999). 

E “O erro da ditadura foi torturar e não matar” (Em entrevista no rádio, em junho de 2016).

“Não é questão de gênero. Tem que botar quem dê conta do recado. Se botar as mulheres vou ter que indicar quantos afrodescendentes” (Em entrevista em Pouso Alegre, questionado se aumentaria o número de mulheres no ministério, em março de 2018).

Com 27 anos de mandato, o político militar aprovou apenas 3 projetos, nenhum deles voltado para educação. Nas principais votações dentro da Câmara Legislativa sempre foi a favor dos gastos públicos para a permanência e aumento dos próprios privilégios, e desfavorecendo grupos de vulnerabilidades sociais, votando contra o Fundo de combate à pobreza, por exemplo. No seu plano de governo não há uma proposta relevante e pode se tornar uma ameaça grave ao país.

Portanto, neste 29 de setembro, em Garanhuns, em todo o país e a nível mundial, haverá uma grande mobilização contra o risco Bolsonaro.

Alguns países em que serão realizados atos contra o candidato fascista brasileiro: ALEMANHA ARGENTINA AUSTRÁLIA CANADÁ, ESPANHA, FRANÇA, HOLANDA, INGLATERRA, ESTADOS UNIDOS, PORTUGAL, BÉLGICA,  HUNGRIA, IRLANDA,  ITÁLIA,  NOVA ZELÂNDIA,  SUÉCIA,  SUIÇA, e URUGUAI.

*Até a Madonna aderiu ao #EleNão, contra o posicionamento machista, racista e homofóbico do candidato do PSL. Foto do Diário de Pernambuco.

ÁLVARO E SIVALDO DISPUTAM QUEM SERÁ O MAIS VOTADO


O deputado estadual Álvaro Porto (PSD) tem pesquisas em mãos que lhe garantem uma boa votação em Garanhuns. Ele acredita que será majoritário no município. Por outro lado, partidários do candidato Sivaldo Albino garantem que suas pesquisas internas dizem outra coisa. O socialista teria hoje um potencial de 20 mil votos, enquanto o ex-prefeito de Canhotinho se muito chegaria aos 10 mil votos. É aguardar a votação para ver qual a pesquisa está certa.

Além de Álvaro e Sivaldo, estão em campanha pelo voto dos garanhuenses os seguinte candidatos ligados ao município: Damásio Cardoso, Claudomira Andrade, Professor Jailton, Thiago Paes  Audálio Ramos, Romário Dias e Claudiano Filho.

*Fotos reproduzidas do Blog V & C Garanhuns

TRIBUNAL DE CONTAS RECOMENDA REJEIÇÃO DE CONTAS DA PREFEITURA DE CAPOEIRAS RELATIVAS AO ANO DE 20015


O Tribunal de Contas do Estado (TCE) recomendou a Câmara Municipal de Capoeiras a rejeição de contas da prefeita Neide Reino (PSB), com relação ao exercício 2015. 

A decisão do Tribunal se deve ao não recolhimento da importância de R$ 741.835, 57 (setecentos mil oitocentos e quarenta e cinco reais e cinquenta e sete centavos), valor que chega a 69,46% do total a ser repassado.

De acordo ainda com o parecer do TCE o déficit de execução orçamentária, pelo não recolhimento integral das contribuições previdenciárias, já chega a R$ 12. 784. 591, 11 (doze milhões, setecentos e oitenta e quatro mil e quinhentos e noventa e um reais e onze centavos).

Quando Dudu assumiu a Prefeitura de Capoeiras, em 2009, pegou um rombo enorme na Previdência Municipal, regularizou a situação, mas do jeito que vai quem vier a suceder a atual prefeita terá dores de cabeça pra consertar novamente a situação.

RODOLFO INTENSIFICA CAMPANHA E CONFIA NA VITÓRIA

Na reta final da campanha, o jornalista Fernando Rodolfo, candidato a deputado federal pelo PHS, intensifica as visitas de casa em casa em Caruaru, Garanhuns e outros municípios do Agreste de Pernambuco.

As publicações nas redes sociais mostram também a intensidade das atividades de campanha que Rodolfo tem realizado pelo interior do Estado, buscando ampliar o número de eleitores em vários municípios;

De acordo com o candidato, o objetivo é aumentar o contato direto com o eleitor, apresentando propostas e compromissos Ele disse ainda que é gratificante chegar em várias cidades, com o pé no chão, podendo olhar olho no olho do eleitor e ser visto como o novo deputado federal que o povo precisa.

 “Eu sou a cara da nova política. O povo já cansou de ver delegacias sucateadas e hospitais sem medicamentos. Estou disposto a acabar com as práticas políticas atrasadas que reinam em cidades como Caruaru e Garanhuns, que muitas vezes se vendem em troca de luxo e conforto e acabam esquecendo da população”, comentou Fernando Rodolfo

Bem situado nas pesquisas de opinião pública, conforme tem sido divulgado na imprensa de Caruaru e Garanhuns, Rodolfo está  com a campanha “embalada” e vem tendo grande aceitação em Caruaru, Garanhuns, São Caetano, Lajedo, Santa Cruz do Capibaribe e várias outros municípios importantes do Agreste Setentrional e Meridional.

O jornalista, que nasceu em Garanhuns, trabalhou em jornais impresso, rádio e televisão, tendo atuado no SBT, em São Paulo e apresentado um programa de grande audiência na TV Jornal em Caruaru, de onde saiu por desagradar a emissora ao criticar duramente o Governo Paulo Câmara.

Fernando Rodolfo chega ao final de campanha confiante de que o eleitor vai optar pela renovação e de que ele poderá representar Pernambuco em Brasília. Confirmada sua eleição, será um dos parlamentares mais jovens no Congresso Nacional.

T.R.E. CONFIRMA CANDIDATURA DE GENIVALDO MENEZES

O Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco divulgou o resultado do recurso impetrado pelos assessores jurídicos do candidato a deputado estadual Genivaldo Menezes. Por unanimidade, foi decidido que Genivaldo está apto a concorrer às eleições que serão realizadas no início do próximo mês. 

Em pronunciamento oficial, o candidato a deputado estadual afirmou que a partir de agora a atuação da militância será intensificada em municípios como Garanhuns, Bom Conselho, Iati, Itaíba, Petrolândia, Canhotinho e outros. As equipes continuarão com o trabalho de divulgar o passado Genivaldo enquanto prefeito de Águas Belas por dois mandatos e as propostas para o futuro na Assembleia Legislativa de Pernambuco. “Agradeço primeiramente a Deus e a minha Assessoria Jurídica, que esteve ao meu lado todo o tempo buscando que a justiça fosse feita. Vamos à vitória no dia 7 de outubro”, completou.

A principal proposta de Genivaldo é a defesa da Adutora do Agreste que levará água para os municípios que dependem da conclusão da obra. Entre as propostas apresentadas por Genivaldo também estão temas como agricultura familiar, turismo no interior do Estado, fortalecimento da cultura indígena e quilombola, engajamento em ações que beneficiem  toda a bacia leiteira, recuperação e proteção de sítios arqueológicos com pinturas rupestres e iniciativas voltadas à empregabilidade dos jovens. 

A base eleitoral de Genivaldo está localizada em Águas Belas e, nas últimas semanas, o candidato vem realizando visitas em municípios do Agreste e também do Sertão do Estado, entre eles Sanharó, onde conversou com microempreendedores da cadeia Têxtil. As visitas e palestras também são realizadas nas zonas rurais dos municípios, incluindo assentamentos, distritos e povoados. (Da Assessoria de Imprensa).

BOLSONARO DEVE FALTAR DEBATE NA TV GLOBO


A imprensa sudestina noticiou que o candidato Jair Bolsonaro (PSL) não vai participar do debate na TV Globo, que será realizado praticamente às vésperas da eleição.

Normalmente esses confrontos na emissora de maior audiência no Brasil são decisivos.

Bolsonaro foi liberado pelos médicos, mas,  líder nas pesquisas, teme um embate em que Ciro, Geraldo, Marina e Haddad iriam pôr à prova as suas ideias e conhecimentos a respeito das graves questões nacionais.

Ele saindo-se mal, correria o risco do mito ruir e o sonho do Palácio do Planalto se desmancharia diante das câmeras.

Bolsonaro no hospital, ou em casa, sem abrir a boca, ganha mais votos.

Enquanto ele evita a exposição o vice general Mourão vai lhe tirando alguns votinhos. Primeiro disse que mães e avós que criam filhos sem um homem por perto são culpadas pelos desajustes dos jovens e esta semana defendeu o fim do 13º salário e da gratificação nas férias do trabalhador.

Bolsonaro mandou ele ficar calado. Quem tem um vice desses não precisa de Alckmin lhe atacando todos os dias. 

ACUSAÇÕES - A semana foi mesmo negativa para Jair Bolsonaro. Além das besteiradas de Mourão, o candidato do PSL ainda foi notícia por conta de denúncias de sua ex-mulher, Ana Cristina,  separada dele através de um processo litigioso na justiça.

Ela disse que houve briga pela guarda do filho e que Bolsonaro ocultou o patrimônio, além de ter lhe roubado alguns milhões de dólares em dinheiro e jóias. Disse também que o ex-marido teve um comportamento agressivo contra ela.

Ana Cristina é a Miriam Cordeiro (ex-mulher de Lula, que detonou o petista em 1989) da campanha deste ano.

As denúncias da ex-mulher do militar não foram publicadas nos blogs sujos. Estão no Jornal Folha de São Paulo, Revista Veja e outros veículos de comunicação antipetistas. 
Ana Cristina, ex-mulher de Bolsonaro 
na Folha de São Paulo