quarta-feira, 20 de junho de 2018

FILHA DE ZAQUEU CHAMA GIL PM DE DESEQUILIBRADO



A filha do vereador Zaqueu, Sthefanny Lins, que é advogada, reagiu de forma dura à forma como Gil PM tratou,  na Câmara Municipal, o seu pai, que está no quinto mandato consecutivo na Casa Raimundo de Moraes.

Conforme divulgamos ontem, no começo da noite (inclusive com a postagem de um vídeo), o vereador Gil PM,  irritado com Zaqueu por este ter votado a favor da criação de uma Casa de Apoio de Garanhuns no Recife, o tratou de forma descortês, aos gritos, chamando-o de irresponsável mais de uma vez e o acusando de “se esconder” em determinadas votações do Legislativo.

Sthefanny chama o vereador que se exaltou de “desequilibrado” e ironiza: “Pode se criar uma Comissão de Psiquiatria na Câmara?”

Eis o texto que nos foi enviado pela Sthefanny:

Caro Roberto Almeida,

Como filha e como admiradora fiel do meu Pai digo e autorizo a postagem do meu comentário!!! Meu Pai tem cinco mandatos dentro daquela Câmara, sempre honrado e respeitado por todos. Respeitando para ser respeitado, tomando as melhores decisões para Garanhuns o que mostra o resultado das urnas. Porém, infelizmente,  o Legislativo conta com pessoas desequilibradas que não conseguem conter seus ânimos para nada e que chegam e passam por Ridículo como se vê no vídeo divulgado pelo blog.

Meu Pai vota de acordo com o que acha coerente e certo! Então peço desculpas à população de Garanhuns por ter uma pessoa tão mal-educada e mal posicionada na Câmara que tem que ser contido pelos outros! Pessoas assim são dignas de pena, porém nada nem ninguém somente Deus pode tirar o nome que ZAQUEU tem dentro de Garanhuns. Respeito é bom e todo mundo gosta. Como filha tenho vontade de dizer boas verdades, como eleitora me pergunto se pode existir comissão de Psiquiatria no Legislativo? Ele faça a parte dele, deixe a gente fazer a nossa que por nós já tem Deus e o povo.

Para completar passe para o povo de Garanhuns que quem tem medo e gosta de se esconder é o Vereador que se exaltou! Ficou com raiva porque o Vereador Zaqueu deu parecer favorável ao projeto da Casa de Apoio da Vereadora Betânia Monteiro. Todo mundo sabe que quem às vezes quer dar uma de bom votando a favor do povo e depois se arrepende e vai choramingar não é meu Pai! Tem que se respeitar, respeitar as Histórias. Respeitar nossa história!!!!

O blog está à disposição do vereador Gil PM para que ele explique o porquê da discussão na Câmara e possa responder a crítica feita ao seu comportamento pela filha de Zaqueu.

3 comentários:

  1. Quer dizer que um vereador ficou com raiva por que o outro votou a favor da criação de uma casa de apoio na Capital? É sério que chegamos a esse nível? Já cheguei a fazer uso do serviço de TFD (tratamento fora de domicílio) prestado pela prefeitura. A reclamação maior dos pacientes (são dezenas, todos os dias, que vem de Garanhuns se tratar na capital) é da ausência de uma casa de apoio. Isso prejudica muitos tratamentos e desgasta ainda mais a saúde de quem já a tem fragilizada em longas e inúteis viagens. Outro dia, passei em frente à casa de apoio de Lajedo, que fica próximo ao conhecido "Guaiamum gigante'', próximo à Tude de Melo. Muito bem organizada e localizada. Sei que outros municípios (salvo engano, Brejão, Iati etc.) tem suas casas também. Além de não ser uma despesa elevada, quebra um galho e tanto: é uma vergonha para uma cidade de 140 mil pessoas não ter uma casa de apoio! Vou mais longe: é uma irresponsabilidade! Recentemente, uma menininha que sofre de câncer sofreu bastante com isso, sendo obrigada a ficar em uma pousada por aqui, porque podia voltar para Garanhuns antes de terminar o tratamento. Mas o que se esperar de uma cidade que fechou o próprio hospital municipal? Espero, sinceramente, que essa situação se resolva, que as vaidades políticas sejam deixadas de lado e que se pense, ao menos uma vez, no sofrimento do povo.

    Em tempo: é uma vergonha que um vereador ultraje a instituição na defesa irresponsável de uma pauta impopular. Espero que ele nunca precise, como eu, usar o TFD.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Primeiramente, endosso as palavras do Jorge Luís. E me solidarizo com ele! – Vou além: sabemos que as câmaras de vereadores fazem farras com dinheiro do povo! Por que, então, o município de Garanhuns não pode gastar 20 ou 30 mil reais por mês, para manter uma casa de apoio para o povo pobre e doente receber tratamento em Recife?! - Isso sim, é irresponsabilidade do prefeito e desse vereador Gil das quantas! E de mais alguns vereadores que tenham sido contra! - Será que o Gil das quantas pensa que a Câmara de Vereadores de Garanhuns é um quartel da polícia militar?! Ou essa “valentia” toda foi só pra ele ser filmado?! - Responda Gil. /.


      Excluir
  2. Prezada Sthefanny: - Em vez de criar uma comissão psiquiátrica na Câmara de Vereadores de Garanhuns, é melhor construir um anexo, e instalar uma unidade do Cotel. - Assim, quando um Gil PM da vida ameaçar desrespeitar algum colega que mereça respeito, será trancafiado logo no Cotel. - Porque esse Gil das quantas não tem nada de doido. Ele é somente mais um irresponsável, entre tantos que andam soltos nas ruas e nas câmaras de vereadores! - O desequilíbrio desse Gil é só para mostrar "valentia" onde não cabe! - Manda esse Gil das quantas esbravejar valentias com os bandos que cometem crimes em toda Região Agreste! - Manda e fica de olho, pra ver se ele é "valente" mesmo! /.

    ResponderExcluir