SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

sexta-feira, 29 de junho de 2018

FESTIVAL DE INVERNO ESTÁ SENDO USADO POLITICAMENTE


Claramente o Festival de Inverno de Garanhuns está sendo politizado. Isso ficou evidente no episódio que envolveu a cantora Maria Rita e mais ainda na censura ao espetáculo teatral “O Evangelho Segundo Jesus, Rainha do Céu”, que iria ser apresentado no Centro Cultural, mas foi vetado pelo prefeito Izaías Régis, que disse numa entrevista a Rádio Jornal que o teatro não abriria as portas para uma peça que afronta o cristianismo.

Na entrevista a Eduardo Peixoto, nas entrelinhas o prefeito fez críticas à programação do Festival, deixou claro que o município não foi consultado sobre a contratação de artistas e ainda disse que essa situação só mudará com a mudança de governo.

O Festival, portanto, está sendo usado para atingir o governador Paulo Câmara. Possivelmente estão se aproveitando da sua impopularidade, registrada em pesquisas de opinião pública, para fragilizá-lo mais ainda no ano da eleição.

Neste blog o governador já foi criticado muitas vezes, mas é evidente que ele não é culpado pelo episódio envolvendo Maria Rita nem por essa polêmica em torno da peça teatral.

Muitas pessoas nas redes sociais estão se manifestando contra o espetáculo e aplaudindo Izaías por sua decisão.

Já o Secretário de Cultura de Pernambuco, Marcelino Granja (foto), disse que o prefeito de Garanhuns vai contra a Constituição Federal ao vetar um espetáculo teatral.

Ele revelou ter lido sobre a peça e garantiu que o texto não vai contra o cristianismo, falando de amor, tolerância e compaixão ao próximo.

O “Evangelho Segundo Jesus”, Rainha do Céu foi apresentado em junho, no Recife, com o teatro lotado e a performance da atriz Renata Carvalho foi ovacionada, segundo registro do Jornal do Commercio.

Voltando ao secretário Marcelino Granja, ele frisou que a peça é para o público adulto e que se não for cedido o Centro Cultural será apresentada em outro local da cidade.

Lamentável, em tudo isso, é que na ditadura militar peças de teatro, livros e canções passavam por censores, que só depois de ver o material davam seu veto.

Hoje em Garanhuns, se pratica censura a um espetáculo sem ao menos conhecê-lo.

Muito se usa o nome de Deus e seu filho, Jesus, em vão. Muitos que estão vivendo essa hipocrisia e histeria praticam delitos, são pessoas ruins, roubam e até matam.

Aos domingos, porém, estão na igreja dando uma de santos. E muitas vezes são saudados com elogios dos púlpitos, principalmente se tiverem dinheiro.

2 comentários:

  1. A ignorância do prefeito Izaías NÃO é só cultural. A ignorância do prefeito é TOTAL !! – E o povo que aplaude esse prefeito é, possivelmente, também IGNORANTE !! - 2. Quanto a estar nas missas aos domingos, "comendo hóstias", é pura e total sem-vergonhice de quem tem dupla moral... Onde a moral falsa sempre sobressai. – Vá ver que esse prefeito mal saber ler !! /.

    ResponderExcluir
  2. O cara só por que tem o nome Granja quer agasalhar os Frangos do Brasil.

    ResponderExcluir