SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

ALEPE

ALEPE
ALEPE

sábado, 30 de junho de 2018

PAULO CÂMARA CANCELA ESPETÁCULO DE TEATRO


Diante da enorme repercussão e polêmica causada pela inclusão da peça “Evangelho Segundo Jesus, Rainha do Céu!” na programação do Festival de Inverno deste ano, o governador Paulo Câmara decidiu hoje cancelar a apresentação do espetáculo.

Na nota, assinada pela Secretaria de Cultura do Estado, o Governo assinala que o Festival foi criado para unir e divulgar as expressões culturais de Pernambuco e não para dividir e estimular a cultura do ódio e do preconceito.

“O Governo também repudia todas as tentativas de exploração eleitoreiras feitas do episódio”, frisa ainda a nota da Secretaria de Cultura.

A íntegra da nota:
O Governo do Estado de Pernambuco, por meio da Secretaria de Cultura e da Fundarpe, decidiu cancelar a apresentação "O Evangelho Segundo Jesus, Rainha do Céu" da Mostra de Teatro Alternativa do Festival de Inverno de Garanhuns de 2018, diante da polêmica causada pela atração e da possibilidade de prejuízos das parcerias estratégicas e nobres que o viabilizam. O Festival de Inverno de Garanhuns foi criado para unir e divulgar nossas expressões culturais e não para dividir e estimular a cultura do ódio e do preconceito. O Governo de Pernambuco também repudia todas tentativas de exploração eleitoreira feitas do episódio."
Secretaria de Cultura do Estado de Pernambuco

PREFEITURA - Pouco depois de tomar conhecimento da decisão do governador, o prefeito de Garanhuns, Izaías Régis, através do seu gabinete, divulgou a seguinte Nota Oficial:

O Governo Municipal de Garanhuns, na sua representação oficial o prefeito Izaías Régis, vem a público manifestar sua satisfação de ver que o clamor da sociedade de Garanhuns num pedido expresso de respeito à fé cristã, que foi transmitido para todo o Estado a partir de uma entrevista sua a uma emissora de rádio, reforçado pela população nas redes sociais, bem como ratificado por instituições religiosas que externaram o seu posicionamento, tenha sido ouvido pelo Governo do Estado de Pernambuco, culminando com a suspensão da apresentação em Garanhuns, do espetáculo "O Evangelho segundo Jesus - a Rainha dos Céus"

Lamentamos, portanto, que o Governo Estadual, tenha tentado desvirtuar o fato, querendo relacionar a questões políticas. A figura institucional, o Prefeito Izaías Régis, é a representação oficial da população de Garanhuns, e essa representatividade legal a ele outorgada por meio do voto, foi usada para se posicionar, colocando-se não contra a liberdade de expressão artística, mas sim contra a que essa liberdade não viesse a desrespeitar nenhum símbolo sagrado de uma religião, e de todos os seus seguidores.


O que não podemos deixar de ressaltar é que infelizmente, esse tipo de situação ocorre, porque o Festival que é de Garanhuns, é discutido e formatado sem nenhuma participação do povo de Garanhuns. Mas, sigamos, que tenhamos um Festival de Paz e que Deus continue nos abençoando.

ROBERTO CARLOS LANÇA LINDA CANÇÃO EM ESPANHOL


Roberto Carlos, 77 anos, ainda está em forma como cantor e compositor. A prova está na nova música lançada neste mês de junho, “Regreso”, uma bela balada em espanhol que vai integrar o 33º álbum do artista em língua castelhana.

“Regreso” é uma música realmente muito bonita, com letra que foge à mesmice de outros trabalhos do rei e que por isso mesmo tem sido elogiada não só pelos fãs, como também pela crítica especializada.

No blog de Mauro Ferreira, no G1, o jornalista reconhece a qualidade da canção a partir do título da reportagem: “Roberto Carlos mostra que ainda é o cara ao lançar single Regreso com bela balada em espanhol”.

Esta música, com poucos dias nas plataformas digitais já foi visualizada por milhares de pessoas e tudo indica que irá repetir o êxito de “Esse Cara Sou Eu” e “Chegaste”, as duas ouvidas por milhões de pessoas no mundo,  pela internet, principalmente através do Youtube.

“Regreso” irá integrar um disco com 10 músicas de Roberto Carlos, todas elas gravadas pela primeira vez em castelhano.

Quatro das canções são inéditas também no Brasil.

O fato do álbum não incluir nenhuma música em português certamente se deve ao desejo do artista e sua gravadora em atingir um público maior, sendo consumido no Brasil e todos os países que falam a língua espanhola, que são muitos.

Confira aqui o vídeo com a letra e música de “Regreso”, mais uma canção inspirada do rei:

DIOCESE DE GARANHUNS DIVULGA NOTA SOBRE A PEÇA DE TEATRO QUE APRESENTA JESUS COMO UM TRANSEXUAL


A Diocese de Garanhuns divulgou hoje nota, assinada pelo bispo Dom Paulo Jackson, criticando a apresentação na cidade do espetáculo teatral "O Evangelho Segundo Jesus, A Rainha dos Céus". O religioso aponta equívocos na peça, informa que não tomará medidas para tentar proibir sua exibição, mas conclama os católicos a não prestigiarem o espetáculo, caso venha a ser apresentado.

Dom Paulo Jackson também critica o Secretário de Cultura do Estado, Marcelino Granja e os que estão fazendo uso da polêmica com fins políticos.

Eis a íntegra da nota da Diocese:

Nesses dois últimos dias, a cidade de Garanhuns foi tomada por -ulna discussão em tomo de uma peça teatral que está na programação do Festival de Inverno de Garanhuns — 2018. Trata-se da peça "O Evangelho segundo Jesus, rainha dos céus" (IIE GOSFI according to Jesus, queen of heaven): escrita pela atriz transexual escocesa Jo ClifTord; dirigida, no Brasil, por Natália Mallo; e encenada pela atriz transexual Renata Carvalho.

Estão em jogo dois grandes valores presentes na Constituição Federal da República do Brasil: l) a liberdade de expressão intelectual, artística, científica e de comunicação, conteúdo do Art. 50, IX; 2) e a inviolabilidade da fé e da crença, estabelecida no mesmo artigo quinto, inciso VI, e ratificada no Código Penal Art. 208, quando trata dos crimes contra o sentimento e contra o desrespeito aos mortos. O Art. 208, do Código Penal, normatiza claramente o crime de vilipêndio público às religiões e especificamente contra um ato religioso. Isso acontece, na peça- em relação à imagem de Jesus Cristo e à Eucaristia. Compreendemos que a liberdade de expressão artística não pde ferir o sentimento religioso e a identidade cristã de uma inteira população.

3. O título da peça apresenta dois evidentes equívocos, que nem a liberdade artística  permiti: 1C) o Evangelho nunca é "segundo" Jesus, pois Jesus mesmo é o Evangelho e o mensageiro dessa boa e esperançosa noticia a humanidade; 2º) apresentar Jesus como rainha dos céus - Ora, Jesus era homem. Em nenhuma fonte bíblica ou historiográfica jamais se ousou apresentá-lo como mulher, e muito menos como transexual. Não seria razoável, por exemplo- apresentar a rainha Cleópatra como homem, vivendo um caso homossexual com Júlio César ou Marco Antônio- A pergunta que se deve fazer é: até onde a arte tem a liberdade para ressignificar papéis? Escrever palavrões em hóstias é arte? Está ressigaificando alguma coisa? Um homem nu que rala uma imagem de Nossa Senhora Aparecida com um ralo de cozinha e recolhe os fragmentos numa gamela, isso é arte? O que estaria ressignificando? O que seria razoável para a arte na tarefa da ressignificação e, ao mesmo tempo, no respeiito às pessoas e às suas sensibilidades?

4- Creio tanto o Governo do Estado de Pernambuco por meio da Secretaria de Cultura e da Fundarpe, quanto o Governo Municipal de Garanhuns perdem a oportunidade de impostar a discussão sobre outra perspectiva- O nosso país é o que mais mata homossexuais, travestis e transexuais no mundo. Ao mesmo tempo, é o país que mais consome sexo e pornografia- O Município de Garanhuns está entre os campeões no quesito "violência contra a mulher". A nossa terra é uma terra que covardemente mata mulheres. O que o Governo Estadual e o Governo Municipal podem fazer pra amenizar e, em médio e longo prazos, resolver essa triste situação?   Trazer peça teatral que fere a sensibilidade das pessoas simples da nossa terra? É isso que vocês podem fazer? É respeitoso para com a Cidade de Garanhuns o discurso do Secretário de Cultura? Isso constrói uma cultura de paz e diálogo? E respeitoso o modo como a Fundarpe trata a preparação do Festival de Inverno e o diálogo com as instituições parceiras, inclusive com a Diocese de Garanhuns por meio da Paróquia da Catedral, onde o Palco de Música Clássica Instrumental?

5. Lamentamos também profundamente que essa discussão possa ser utilizada para fins eleitoreiros. Já basta! O conflito entre o Governo Estadual e o Governo Municipal de Garanhuns, e vice-versa, só vem diminuindo a nossa terra, só tem nos prejudicado, só tem inviabilizado investimentos e a resolução dos graves problemas do nosso povo que tanto sofre. É hora de serem estadistas! Olhem para o nosso povo sofrido, humilhado, vivendo uma das piores crises sociais, econômicas e éticas de todas as épocas. Não olhem para as situações com os mesquinhos de uma sigla partidária e de uma campanha eleitoral. E vou até adiante: é a hora de pensar Garanhuns. E razoável, por exemplo, que uma cidade de 140 mil habitantes não tenha um Deputado Estadual e um Deputado Federal? É hora de pensar o Município de Garanhuns e as redondezas. Paramos no tempo- Temos perdido oportunidades.

6. Por tudo isso, não concordamos de nenhum modo que a peça seja apresentada em Garanhuns no Festival de Inverno. Não é disso que necessitamos. Ao mesmo tempo, já afirmo: não entraremos em nenhuma frente para impedir que a peça seja apresentada. Se for, Senhor Governador, o senhor está ferindo profundamente a nossa gente.  Duas únicas coisas, eu posso fazer como bispo da Diocese de Garanhuns: conclamar o povo católico a não tomar parte nesse acinte e proibir que a Igreja Catedral seja utilizada como um dos palcos do Festival de Inverno 2018.

7.     Que o Espirito Santo de Deus nos ilumine para encontrarmos dialogadas e que gerem verdadeiramente uma cultura de paz.

Dom Paulo Jackson Nóbrega de Sousa
Bispo da Diocese de Garanhuns

VEREADORA BETÂNIA REPUDIA PEÇA DE TEATRO


Escrevo para manifestar meu completo repúdio à apresentação da peça “O Evangelho Segundo Jesus, Rainha do Céu”, que será realizada no Festival de Inverno de Garanhuns. Entendo que o título já é uma agressão. O direito de liberdade de expressão não pode cercear outros direitos, como o de liberdade de fé.

A peça, embora os responsáveis aleguem ser respeitosa, está gerando polêmica e instigando o ódio, por isso não podemos silenciar, permitindo que um absurdo como esse continue! Figuras religiosas e sagradas não podem ser "expostas ao ridículo". É lastimável que o Governo do Estado, que deveria contribuir e interagir com a sociedade de maneira saudável e profícua, favoreça atividades como esta que em nada proporcionam o crescimento da sociedade, mas ferem e ridicularizam a fé da grande maioria com o pretexto de dar visibilidade a minorias.

Vereadora Betânia da Ação Social

PREFEITO DE LAJEDO TAMBÉM REPUDIA PEÇA TEATRAL


O prefeito de Lajedo, Rossine Blesmany (PSD), resolveu se posicionar sobre a polêmica em torno do espetáculo de teatro “Jesus, Rainha do Céu”, e o fez divulgando uma nota de repúdio à peça, que na sua opinião desrespeita o cristianismo.

“Respeito todas as pessoas do mundo, independente de suas opções ou convicções sexuais, religiosas, políticas, etc., Todavia, como cristão, eu não consigo ficar omisso diante da forma como estão se referindo a JESUS nessa peça de teatro e, por isso, venho a público registrar o meu REPÚDIO. Jesus é Jesus, não é uma "pessoa comum". Jesus é uma Divindade, é o Deus vivo e, portanto, não deve ser tratado como nós "pessoas comuns" nos dirigimos uns aos outros. É preciso respeitar a palavra JESUS e Tudo o que ela representa”, assinalou Rossine, neste ponto solidário com o prefeito de Garanhuns, Izaías Régis, que vetou o teatro do Centro Cultural para realização do espetáculo.

Por outro lado o Secretário de Cultura do Estado, Marcelino Granja, insiste que a peça não ofende os valores cristãos e acredita que estão deturpando os fatos relacionados ao espetáculo, com objetivos políticos e querendo atingir o governador Paulo Câmara.

Marcelino Granja disse que “O Evangelho Segundo Jesus, Rainha dos Homens" será apresentada numa sala com 70 lugares, em Garanhuns, às 23h, somente para o público adulto.

Um fonte disse ao blog que esta sala pode ser no Sesc Garanhuns, mas pode ser só especulação. 

O espetáculo "o Evangelho Segundo Jesus,  Rainha dos Homens" já causou polêmica em várias cidades do Brasil e inclusive em alguns lugares foi proibida por ordem judicial. Mas a diretora da peça, Natália Malo, garante que o texto trata o filho de Deus de forma respeitosa, defendendo o amor e a tolerância entre as pessoas.

Apesar de toda polêmica em torno do texto, escrito por um autor escocês, a peça já lotou diversas casas de espetáculos pelo Brasil, inclusive em São Paulo e no Distrito Federal.

Assista o vídeo com a explicação de Natália Malo:


*A foto do espetáculo, acima, é do Portal G1, das organizações Globo.


JOVEM DE CAPOEIRAS VAI SEGUIR CARREIRA MILITAR


Arlane Neves está orgulhosa de ser a primeira mulher de Capoeiras a ingressar na carreira policial. Ela foi aprovada no Concurso da Polícia Militar da Alagoas e já passou também pelos testes físicos na Academia da PM Senador Arnon de Mello, no Estado vizinho.

"Eu espero e desejo inspirar, influenciar e encorajar outras tantas mulheres nos seus sonhos e lutas”, disse Arlane sobre a sua conquista,  conclamando outras guerreiras a seguir seus caminhos.

A jovem estudou na Universidade Estadual de Alagoas, faz pós-graduação em história na AESA, tem passagem pela UPE Garanhuns e no Curso de Direito de Arcoverde, mas está animada mesmo é com a aprovação para se dedicar à vida militar.

É um bom exemplo para outras mulheres, de Capoeiras ou de outras cidades da região.
Arlane na Academia de Polícia Militar de Alagoas

sexta-feira, 29 de junho de 2018

ODAIR JOSÉ, O BOB DYLAN BRASILEIRO



Por Altamir Pinheiro

Odair José, o gênio rebelde e audacioso,  apresentar-se-á no Palco da Praça Guadalajara no FIG, mais precisamente na segunda-feira, dia 23 e, com certeza será sinal de casa cheia. O Bob Dylan brasileiro   é um cantor e compositor da música romântica copiado no mundo inteiro. Isso mesmo, no mundo inteiro, inclusive na China, donde tem uma penca de seguidores!!! Até onde se sabe, só Frank Sinatra,   Beatles e os  Rolling Stones não interpretaram suas excelentes composições. Sacanamente, e por que não dizer, por puro preconceito, indiferença ou menosprezo,  sempre foi tratado como PERSONA NON GRATA pelas rádios, TV’s e até os “moralistas” da  igreja católica foram indiferentes, frios e insensíveis com ele, além de ser perseguido covardemente e censurado pela Ditadura Militar por tratar de temas polêmicos para época.  

Está bem viva em nossa memória ou retina ao acompanhá-lo em nossa juventude que, quando não havia nada parecido na música popular brasileira,  na década de 1970,  mesmo sem o aval e o desprezo por completo  das gravadoras, a música “Eu vou tirar você desse lugar” entrava para o ranking das mais pedidas nas rádios, contando a história de um homem apaixonado por uma mulher que se prostituía na Zona. Na sequência emplacou com "Uma Vida Só", conhecida popularmente pelo seu refrão, "PARE DE TOMAR A PÍLULA", que foi uma de suas músicas censuradas pelo governo militar. Outra música de forte apelo popular que é uma  crônica do cotidiano do nosso povo foi "Deixa Essa Vergonha De Lado", na qual traz uma face do preconceito da época e refletia o apoio a nobre  função de empregada doméstica que no início da década de 70 ainda não era legalizada.

Só quem foi da boemia ou  vagueou no restaurante O VAGÃO nas madrugadas com  a alma nostálgica tem a dimensão do que foram as lindas poesias  muito bem interpretadas por este mestre da paixonite aguda, como por exemplo a linda melodia: MINHAS COISAS do ano de 1970(esse cara fez essa música “exclusivamente” pra mim). Letra esta, que não agredia o ouvido, apenas machucava os corações. Eis seus refrães:

As minhas coisas de repente estão tristes / Compreenderam que não existe nada mais entre nós / Meu violão caiu de cima do armário / Suas cordas arrebentaram dando adeus a minha voz / O meu casaco com você se acostumou / Sentiu tanto a sua falta que de tristeza desbotou / SE EU SOUBESSE QUE EU IRIA LHE PERDER / NÃO TERIA ACOSTUMADO MINHAS COISAS COM VOCÊ...

Até meu carro já não tem velocidade / Pois ele sente saudade de quando andava com você / Meu telefone que sabia quase tudo de repente ficou mudo / E mais nada quer dizer / O meu relógio sempre certo trabalhou / Depois que ficou sabendo nada mais ele marcou / SE EU SOUBESSE QUE EU IRIA LHE PERDER / NÃO TERIA ACOSTUMADO MINHAS COISAS COM VOCÊ / NÃO TERIA ACOSTUMADO MINHAS COISAS COM VOCÊ...

Pois bem!!! Enquanto o festival não chega, curtam na íntegra o hino do Bob Dylan Brasileiro que está de volta à mídia desde o início  dos anos 2.000, do começo deste século, pois continua fazendo jus ao estilo musical que o consagrou nas paradas de sucessos que tanto a gente cantou e dançou nos assustados de casas familiares ou nos bailes da vida. 

Clic, logo abaixo e ouçam MINHAS COISAS!!!


O MEMORIAL MONSENHOR ADELMAR DA MOTA VALENÇA


Padre Émerson deixa o Colégio Diocesano de Garanhuns com a consciência do dever cumprido. E praticamente às vésperas de se despedir do cargo de diretor do “gigante da antiga Praça da Bandeira”, entrega uma obra importante para a cidade, o Memorial Monsenhor Adelmar da Mota Valença.

Nas fotos que ilustram o post confira a riqueza que é o Memorial. 

E tudo pertinho do Colégio Diocesano de Garanhuns, na praça que hoje  também é denominada com o nome de Monsenhor Adelmar Valença.

*Fotos cedidas pelo próprio Pe. Émerson e pelo vereador Audálio Ramos.

FESTIVAL DE INVERNO ESTÁ SENDO USADO POLITICAMENTE


Claramente o Festival de Inverno de Garanhuns está sendo politizado. Isso ficou evidente no episódio que envolveu a cantora Maria Rita e mais ainda na censura ao espetáculo teatral “O Evangelho Segundo Jesus, Rainha do Céu”, que iria ser apresentado no Centro Cultural, mas foi vetado pelo prefeito Izaías Régis, que disse numa entrevista a Rádio Jornal que o teatro não abriria as portas para uma peça que afronta o cristianismo.

Na entrevista a Eduardo Peixoto, nas entrelinhas o prefeito fez críticas à programação do Festival, deixou claro que o município não foi consultado sobre a contratação de artistas e ainda disse que essa situação só mudará com a mudança de governo.

O Festival, portanto, está sendo usado para atingir o governador Paulo Câmara. Possivelmente estão se aproveitando da sua impopularidade, registrada em pesquisas de opinião pública, para fragilizá-lo mais ainda no ano da eleição.

Neste blog o governador já foi criticado muitas vezes, mas é evidente que ele não é culpado pelo episódio envolvendo Maria Rita nem por essa polêmica em torno da peça teatral.

Muitas pessoas nas redes sociais estão se manifestando contra o espetáculo e aplaudindo Izaías por sua decisão.

Já o Secretário de Cultura de Pernambuco, Marcelino Granja (foto), disse que o prefeito de Garanhuns vai contra a Constituição Federal ao vetar um espetáculo teatral.

Ele revelou ter lido sobre a peça e garantiu que o texto não vai contra o cristianismo, falando de amor, tolerância e compaixão ao próximo.

O “Evangelho Segundo Jesus”, Rainha do Céu foi apresentado em junho, no Recife, com o teatro lotado e a performance da atriz Renata Carvalho foi ovacionada, segundo registro do Jornal do Commercio.

Voltando ao secretário Marcelino Granja, ele frisou que a peça é para o público adulto e que se não for cedido o Centro Cultural será apresentada em outro local da cidade.

Lamentável, em tudo isso, é que na ditadura militar peças de teatro, livros e canções passavam por censores, que só depois de ver o material davam seu veto.

Hoje em Garanhuns, se pratica censura a um espetáculo sem ao menos conhecê-lo.

Muito se usa o nome de Deus e seu filho, Jesus, em vão. Muitos que estão vivendo essa hipocrisia e histeria praticam delitos, são pessoas ruins, roubam e até matam.

Aos domingos, porém, estão na igreja dando uma de santos. E muitas vezes são saudados com elogios dos púlpitos, principalmente se tiverem dinheiro.

FUNDARPE DESMENTE PRODUÇÃO DE MARIA RITA


Nota distribuída hoje pela Fundarpe estranha a posição da cantora Maria Rita e sua produção, que depois do anúncio da artista para compor a grade de programação do FIG, divulgou nota negando participação, alegando não ter chegado a “um acordo contratual”.

De acordo com a direção da Fundarpe, o show foi acertado e confirmado por e-mail, pelos assessores de Maria Rita.

Os responsáveis pela Fundação Estadual lamentam o episódio e informam que vão contratar um nome para substituir a cantora. Dentro em breve a nova atração será anunciada.

A nota da Fundarpe, na íntegra:

O Festival de Inverno de Garanhuns tem 28 anos de existência e, em todo esse tempo, tem trazido artistas de todos os cantos do país para seus espaços. Incluindo a cantora Maria Rita, que fez grande show no ano de 2009. De forma que causou estranheza sua declaração de hoje, após ser anunciada como uma das atrações da 28° edição do Festival. (A produção da cantora divulgou nota afirmando que não havia chegado a um acordo contratual e que não haveria o show no FIG)

Todas as tratativas para contratação de Maria Rita foram feitas e o show foi confirmado através de e-mail pela produção da artista. O festival lamenta o ocorrido e informa que, em breve, anunciará uma nova atração.

A Assessoria de Imprensa da Fundarpe disse que repassou a nota acima para a Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Garanhuns. Cedo tentamos contato com a jornalista Jacqueline Menezes, mas não conseguimos falar com a profissional, como aqui informamos.

Ela nos ligou no final da manhã, mas revelou desconhecimento a respeito da nota da Fundarpe. Deixou claro que a Prefeitura não tem nada a ver com a contratação da cantora Maria Rita.

FUNDARPE E PREFEITURA SILENCIAM SOBRE MARIA RITA


Passadas 24 horas desde que foi anunciada a ausência da cantora Maria Rita no Festival de Inverno, a Prefeitura de Garanhuns e a Fundarpe ainda não divulgaram nenhuma nota informando se a cantora será substituída na programação e por quem.

Anunciada como uma das grandes atrações da 28ª edição do FIG, Maria Rita negou, através de sua assessoria, que venha cantar na cidade, durante o Festival. Segundo os assessores da filha de Elis Regina, a artista não chegou a um acerto contratual com a Fundarpe.

Falta agora um esclarecimento da Fundação Estatal sobre essa falha no anúncio da programação e que artista substituirá Maria Rita, se realmente as duas partes não chegarem a um acordo.

Telefonamos agora de manhã para a Secretaria de Comunicação de Garanhuns para saber se há novidades em torno do assunto, mas não conseguimos contato.

Como temos ainda 21 dias para início do Festival, a Fundarpe terá tempo de sobra para resolver o problema e contratar um ou uma artista que tenha o mesmo nível de Maria Rita.

O site da Fundação de Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco até o momento não traz nenhuma informação nova sobre o problema surgido, assim com portais e jornais da capital e interior.

PREFEITURA ARBORIZA RUAS E AVENIDAS DE ANGELIM

Duas ações importantes estão sendo realizadas pela prefeitura de Angelim, à frente o socialista Douglas Duarte.

A cidade vem há dias recebendo uma iluminação mais moderna e eficiente e agora a gestão inicia um projeto arrojado de arborização do centro urbano.

Segundo o blog do Sr. Cariri a arborização inclui escolas, clubes recreativos, secretarias, praças, ruas e avenidas.

Novas mudas de árvores são plantadas quase diariamente o que proporciona a cidade ficar muito mais bonita aliada a preservação do meio ambiente.

“A Secretaria de Infraestrutura do município de Angelim acaba de arborizar a rua Sérgio Loreto, que é quase uma avenida, para torná-la um cartão postal de saída e entrada para Canhotinho”, frisa o editor do blog angelinense.

Mudas de Angico, Leucena, Ipê Roxo, Ipê Amarelo, Pau Brasil, Saboneteira, Tamboril, Flamboyant, Iburana e Pau Ferro embelezam a cidade, trazendo um ar mais puro para se respirar, e quando estiveram adultas oferecer muita sombra.

Os moradores podem  dar sua parcela de colaboração ajudando a cuidar bem das plantas, cultivando-as e protegendo-as.

Aos poucos e com recursos próprios a Prefeitura de Angelim vai organizando cada vez mais a cidade.

"Estamos trabalhando na melhoria do meio ambiente, que as pessoas reconheçam, que plantar árvores em nossa querida Angelim é de suma importância. Vamos diagnosticar as necessidades para chegarmos em todos os bairros com estes benefícios”, destacou o prefeito Douglas Duarte.

*Foto: Do Blog do Sr. Cariri.

PREFEITO GEOVANI E O ANIVERSÁRIO DE ITAQUITINGA

Instalado em 06/07/1964, desmembrado da cidade de Goiana, o município de Itaquitinga comemora todos os anos a data de sua emancipação.

Esta semana, nas primeiras horas do dia,  uma Alvorada Festiva de Fogos e o hasteamento das bandeiras, logo cedo, lembraram o aniversário da cidade.  A data é feriado municipal.

Para marcar os 54 Anos da Instalação da Cidade, o Prefeito Geovani Oliveira(PMN) realizou shows na praça pública com grandes e respeitados nomes do autêntico Forró Nordestino.

Subiram ao palco,  após saírem do Clube Municipal em direção ao centro na 1ª Caminhada do Forró,  os artistas Petrúcio Amorim,  Márcia Pequeno, Ed Carlos, Nádia Maia,  Paulinho do Acordeon, Deivinho do Acordeon, Josildo Sá e mais de 20 sanfoneiros e trios de forró,  além da Frevioca , tradicional equipamento que faz parte da tradição pernambucana e pertence a Prefeitura do Recife.

A festa mobilizou o comércio inteiro  ao longo do dia e também houve geração de renda para as pessoas da cidade que comercializaram comida e bebida nas barracas instaladas na área do evento, bem como movimentou os bares,  restaurantes e serviços locais.

O público correspondeu comparecendo em peso. O que se via eram famílias nas ruas numa grande confraternização pelos 54 Anos de Instalação da Cidade. "O que a gente fez foi uma festa para as famílias e também ao som de cantores importantes da nossa cena cultural. A 1 Caminhada do Forró de Itaquitinga, já nasceu aprovada e agradando a todos. No próximo ano faremos uma festa ainda mais bonita pois o nosso povo merece ações de lazer e cultura, além de obras em pedra e cal”, afirmou o Prefeito Geovani,  satisfeito com a realização da festa.

A festa foi prestigiada por toda a região e quem também se fez presente foi o deputado estadual e  Presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco, Guilherme Uchoa e do seu filho Junior Uchoa , pré-candidato a deputado federal,  que conta com o apoio do Prefeito e de Vereadores de Itaquitinga.


MARÍLIA TEM AGENDA CHEIA EM GARANHUNS E REGIÃO


Pré-candidata do PT ao Governo de Pernambuco, a vereadora Marília Arraes tem agenda cheia hoje em Garanhuns e região.

Logo cedo a neta de Miguel Arraes visita o município de Iati, no início de tarde participa de ato na Unidade Acadêmica local da URRPE, ao lado do ex-deputado federal Fernando Ferro e por volta das 16h estará no distrito de São Pedro, prestigiando a procissão do padroeiro, juntamente com o vereador garanhuense Alcindo Correia (PC do B).

Marília Arraes finaliza sua agenda no Agreste Meridional participando do Forróbom, em Bom Conselho.

Naquele município a vereadora também tem algumas lideranças políticas que apoiam sua pré-candidatura.

CADÊ O DINHEIRO DE LUIZ INÁCIO LULA DA SIVA?

Luís Inácio Lula da Silva deve ser um imbecil. Completo. O cara se elegeu e reelegeu presidente, elegeu e reelegeu a sucessora, tornou-se uma personalidade internacional e era candidato a presidente nas próximas eleições (se tinha ou não chance de ganhar, isso é outra coisa; agora, com a campanha patrocinada por Moro, é líder em todas as pesquisas). Mas, na hora de roubar, em vez de roubar um apartamento e um sítio, pelo menos, roubou apenas as reformas. 

Não li, vi ou ouvi ninguém dizer que o Luís Inácio tinha recebido o apartamento do Guarujá e o sítio de Atibaia como propinas. O que os delatores (réus confessos) disseram foi que tinham pagado pelas reformas no apartamento e na casa do sítio. Reformas. (Moro até ouviu Maradona, pedreiro, acho, sobre a reforma no banheiro da casa.) E pra isso, o imbecil do Inácio teria achacado as maiores empreiteiras do país, que tiveram que fazer uma vaquinha pra rachar as despesas. Ora, ora, seu Inácio! Os sacripantas confessaram que tinham assaltado a Petrobras. Bilhões. E propina de bilhões não se paga com reformas. 

De uma tacada, Temer ia levar 20 milhões de Joesley Batista. Os 500 mil que estavam na mala de Rocha Loares, filmado pela PF correndo pela rua, eram apenas a primeira das 40 parcelas que Temer estava esperando. Viu aí, Luís Inácio? Reformas, rapaz? Com essa grana, dava pra comprar um apartamento na Avenue Foch, em Paris. Não era no Guarujá, não. Mas, fazer o quê? Gente fina e doutorada é outra coisa, né?

O feito, pelo dito, mostrou que o cabra era um ladrãozinho cocô de louro. Mas em duas coisas, convenhamos, demonstrou ser mestre: esconder a grana e não deixar pistas. 

Alguém diz que viu, outro diz que ouviu, não sei quem mostrou uma planilha (feita na sua própria empresa) e por aí vai. Mas nem um papelzinho só, um bilhete, uma anotação, um garrancho, que seja, com a caligrafia ou assinatura do cabra. Escritura então nem pensar. Necas de gravação, e-mail, conta no exterior ou telefonema gravado (isso é coisa de amador; profissional não cheira em serviço).

Onde tá o dinheiro do Lula? Os caras, hoje, rastreiam tudo, até pensamento (Moro, mesmo, cita “ilações”); o sistema financeiro registra dinheiro que entra, dinheiro que sai, dinheiro que fica, dinheiro que ia, mas não foi. 

*Joca Souza Leão é cronista. O artigo foi publicado originalmente no Jornal do Commercio do Recife.
**Foto: o escritor autografando um dos seus livros, Blog Social/NE 10.

quinta-feira, 28 de junho de 2018

PAPA FRANCISCO VISITA PAPA BENTO XVI


A Sala de Imprensa da Santa Sé refere numa nota que após o Consistório Ordinário Público, desta quinta-feira (28), na Basílica Vaticana, que o Santo Padre Francisco, visitou hoje o seu antecessor o Papa emérito Bento XVI, por ocasião do seu 67° aniversário de Ordenação Sacerdotal.

O Sumo Pontífice e os novos cardeais, a bordo de duas vans, foram ao Mosteiro Mater Ecclesiae para encontrar o Papa emérito Bento XVI.

Na capela, todos juntos rezaram a Ave-Maria. Depois de uma breve saudação e a bênção de Bento XVI, os catorze novos cardeais voltaram à Sala Paulo VI e à Residência Apostólica para a visita de cortesia.

Glória a Ti, Igreja Santa!... Que teus filhos hoje e sempre vivam todos como irmãos! Disse Dom Hugo Cavalcante, religioso capoeirense, atualmente na Arquidiocese de Uberaba, Minas Gerias, repetindo a letra do Hino “Marcha da Santa Igreja”, ao comentar a notícia.

FIG ESTE ANO ESTÁ CHEIO DE BOAS ATRAÇÕES


A 28ª edição do Festival de Inverno de Garanhuns tem boas atrações. É só olhar a programação com cuidado, procurar se informar um pouco para evitar sair dizendo besteira nas redes sociais.

O FIG este ano começa na quinta, 19, com um programão no Teatro Luiz Souto Dourado, no Centro Cultural.

Lá será apresentado o dspetáculo “Auê!”, com o grupo Barcas dos Corações Partidos, do Rio de Janeiro. 

Na sexta, dia 20, tem dentre outras atrações o respeitado grupo Cordel do Fogo Encantado, que em suas músicas vai falar de LIBERDADE, palavra chave do Festival 2018.
No dia seguinte, na Praça de Eventos, tem Pedro Luiz, carioca que mistura rap, pop e rock e faz um som muito legal. Já fez duetos com Ney Matogrosso em mais de uma oportunidade, numa delas cantando "Disritimia", a conhecida canção de Martinho da Vila.

No sábado,  dia 21, Pedro Luiz vai cantar o repertório de  Luiz Melodia, grande artista nacional que foi chamado para o andar de cima em 2017. Merece todas as homenagens.

O FIG não vive só da praça Mestre Dominguinhos, é bom sempre estar lembrado disso. Uma boa pedida no Parque Euclides Dourado, no sábado 21, é ver o Bloco da Saudade, com seus frevos autenticamente pernambucanos. 

Domingo, dia 22 de julho, uma das melhores cantoras do Brasil da atualidade está de volta ao FIG. 

Vanessa da Mata deve apresentar em Garanhuns seus principais sucessos, incluindo hits do seu último álbum, “Caixinha de Música”, um dos melhores de sua carreira.

Odair José, um dos maiores cantores bregas do Brasil,  na década de 70 está velho, mas continua produzindo e, ao contrário do que muitos pensam, não é um ignorante qualquer que fez sucesso com músicas que falavam em sexo, prostituição e empregadas domésticas.

Ele foi um pioneiro em alguns desses temas e em diversas entrevistas na TV mostrou ser um cara de muita cabeça, demonstrou ter muita consciência do seu trabalho.

Sua música foi reconhecida por Caetano Veloso,  quando estava no auge e mais recentemente por Zeca Baleiro, que fez uma canção em sua homenagem. 

“Cadê Você”, talvez o maior sucesso de Odair,  é um clássico da música popular brasileira e foi regravado por Roberta Miranda.

Na terça, dia 24, o palco da Praça Mestre Dominguinhos terá uma noite de forró: estarão se apresentando Nando Azevedo, Petrúcio Amorim Fábio Carneirinho e Santanna. Todos bons nomes da música regional.

No mesmo dia 24, no palco pop, tem Legionários e Tribo de Jah,  no Parque Euclides Dourado.

Quarta-feira, dia 25, tem samba com Cafuringa (artista local) e Diego Nogueira, do Rio de Janeiro, que tem um vozeirão e músicas de qualidade.

De uma vez só você tem na sexta-feira, dia 27, a boa voz de Felipe Catto, o brega moderno de Gaby Amaranto e o pop/rock legal do recifense Johnny Hooker, conhecido nacionalmente e responsável por trilhas sonoras de boas produções do cinema nacional. Uma boa novidade deste FIG.

O encerramento do Festival, no sábado dia 28, tem Renata Arruda, uma boa cantora, e Maria Rita (filha do mito Elis Regina), que veio ao Festival pela primeira vez quando ainda estava decolando na carreira. Um dos maiores nomes da MPB, dispensa apresentações.

O Festival, este ano, está formado um pouco como era feito há alguns anos atrás: traz alguns medalhões já conhecidos, mas também artistas que despontaram na carreira há pouco tempo. Pedro Luiz, Felipe Catto,  Diego Nogueira e Johnny Hooker são boas novidades para o público de Garanhuns e visitantes.

Maria Rita e Vanessa da Mata é para quem gosta do fino da MPB.

E Odair José é para os cinquentões e sessentões lembrarem alguns bregas de quando eram jovens e tudo parecia possível.

Tem ainda a música instrumental no Pau Pombo e o som erudito na Catedral de Santo Antônio.

Com tudo isso, ainda fica um bando de ignorantes aí choramingando porque não teremos no Festival essas bandas da forró que se apresentam em qualquer vaquejada da região.

"Gosto não se discute"? O problema é que tem gente que não sabe o que é gosto, só entende de desgosto.


Fotos: 1) Johnny Hooker, O Globo; 2) Pedro Luiz, OiToronto; 3) Vanessa da Mata, Wikipédia; 4) Diego Nogueira, Kboing; 5) Maria Rita, MidiaNews;