SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

ALEPE

ALEPE
ALEPE

quinta-feira, 26 de abril de 2018

MORO É VAIADO POR PROCURADORES EM CURITIBA



Está no Estado de São Paulo de hoje:


O juiz federal Sérgio Moro, da Operação Lava Jato, foi alvo de protesto durante congresso dos procuradores municipais, nesta terça-feira, 21, em Curitiba. Alguns procuradores vaiaram o magistrado em meio a aplausos de outros presentes.
Segundo informações do site Paraná Portal, quando o nome de Moro foi confirmado para o evento, 72 procuradores encaminharam nota ao presidente da entidade de classe, Carlos Mourão, para manifestar descontentamento.
O grupo de procuradores que organizou o protesto deixou o local quando Moro iniciou a palestra.
Em meio a aplausos de participantes que de pé saudaram Moro foi possível ouvir algumas vaias. Moro não demonstrou preocupação. A amigos, mais tarde, ele comentou que uns poucos manifestantes o vaiaram e que tal conduta faz parte da democracia.
A procuradora municipal de Fortaleza Rosaura Brito Bastos, segundo o site, disse que Moro exerce uma magistratura acusatória, que desrespeita a defesa dos réus.
Durante a palestra, Moro declarou. “É possível cogitar a possibilidade, e isso é algo um tanto quanto aterrador, de que esquemas criminosos semelhantes se reproduzam em outras esferas – estadual, municipal, em vários países e vários locais dessa nação. O exemplo mais visível atualmente talvez seja o Estado do Rio de Janeiro, onde, puxando o fio de uma investigação originada de corrução em contratos da Petrobrás, se identificou um esquema criminoso muito mais complexo a abrangente”.
O site Central Político publicou informações mais detalhadas sobre o mesmo assunto:
Um grupo de procuradores municipais de Curitiba desistiu de participar do Congresso Nacional da categoria por causa da presença do juiz federal Sérgio Moro na abertura do evento, nesta terça-feira (21). Quando o nome do magistrado foi confirmado, 72 procuradores municipais assinaram uma nota endereçada ao presidente da Associação Nacional dos Procuradores Municipais (ANPM), Carlos Mourão, para manifestar a insatisfação do grupo.

O grupo de procuradores que organizou o protesto contra o juiz deixou o local quando Moro iniciou a palestra. O magistrado foi o último palestrante da noite.

Cerca de 25 procuradores municipais endossaram a manifestação, mas permaneceram no Congresso para protestar contra a presença do magistrado. A ideia inicial do grupo era fazer um protesto silencioso durante o congresso. Mas segundo o procurador municipal de Fortaleza e ex-presidente da ANPM, Guilherme Rodrigues, três faixas trazidas pelo grupo foram tomadas pela organização.

“A ideia não era ter vaia, não era ter protesto barulhento. A ideia levantar uma faixa e nos retirarmos exatamente por não concordar com esse convite”, disse. “Nós tivemos as faixas apreendidas e, por isso, não nos restou outra solução a não ser expressar com a voz o que a gente ia expressar com as faixas”.

Em meio a aplausos de participantes que ficaram em pé para saudar Moro, na plateia, também era possível ouvir algumas vaias e gritos de ‘vergonha’ quando o nome do juiz era mencionado.

Segundo Guilherme Rodrigues, houve um movimento orquestrado da organização para impedir vozes dissonantes.

“Se não podia mais desconvidar um juiz que é um juiz polêmico, que dividiu a categoria, se não meio a meio, que trouxe insatisfação, nós pedimos para que fizessem um contraponto. Ouvisse uma opinião do mesmo tema, com uma outra visão. Nós sugerimos, inclusive, o ex-ministro da Justiça, Eugênio Aragão. Para nós, a negativa do convite nos deu a certeza de que aqui foi armado um palco que na verdade não é de combate a corrupção”, afirma. “Não se combate a corrupção combatendo direitos fundamentais”.

Para a procuradora municipal de Fortaleza Rosaura Brito Bastos, Moro exerce uma magistratura acusatória, que desrespeita os advogados e a defesa dos réus. “A ele, ao juiz da causa, que deveria ser imparcial, só servem as provas que venham a contribuir com a tese dele, que é acusatória. Um juiz não pode ser acusador”.

“Quando ele age dessa forma, ele desrespeita o trabalho dos advogados. Não existe hierarquia, não existe uma superioridade. Não se admite que um juiz mande um advogado calar e boca e mande ele fazer concurso para juiz. Nós não queremos ser juízes, nós queremos ser advogados”, afirma.

*Foto: Jornal Estado de São Paulo

4 comentários:

  1. O juiz Sérgio Moro é um homem da lei altamente competente, sábio, calado, perspicaz, sereno, educado, orgulho do brasileiro que tem vergonha na cara!!! No momento, o santo juiz está OPERANDO MILAGRES. Pois não é que, acabou com a birita do marmiteiro Lula, vai acabar com o pó de Aécinho e tirar a vadiagem da coxa-amante Gleisi Lula Hoffmann...

    P.S1.: - EU SEMPRE DISSE: LULA É UMA AMEAÇA À DEMOCRACIA!!!

    P.S2.: - A PROPÓSITO, FALTAM 12 ANOS E 29 DIAS PARA LULA FALAR DESSA TAL LIBERDADE E O QUE FAZER COM ELA...

    P.S3.: - LULA VAI SAIR DA CADEIA ESCORADO NUMA BENGALA COMO O SEU CORRELIGIONÁRIO MALUF...

    ResponderExcluir
  2. Eu acho que chegou a hora e o dia já está raiando para o TOPETUDO Dr. Sérgio Moro soltar umas gravações e provas, assim como fez com o telefone do BESSIAS, da Vaca e do Seboso. Se não fosse a sua coragem e aquela safadeza patrocinada pela Vaca Peidona da Dilma, ainda hoje essa quadrilha estaria roubando as 150 estatais brasileiras. 80 delas criadas pelo bando petralha em apenas 13 anos...

    P.S.: - Esse nosso juiz, comandante da Lava Jato, é de uma lucidez, competência, sabedoria e tranquilidade que o Brasil inteiro admira e nutre por ele uma esperança descomunal. Sabendo que, só um TUPETUDO deste é que vai botar essa putada petralha no eixo, no cabresto ou com o focinho rastejando o chão, no curral, amarrado no mourão de braúna com cordas de sisal...

    ResponderExcluir
  3. ATENTAI BEM!!! Todo cuidado é pouco... Na Venezuela o esquema foi o mesmo, corromperam e aparelharam o Supremo Tribunal de lá, teve até uma procuradora que pediu asilo numa embaixada. CUIDADO!!! “incarnados” jamais aceitam as regras do jogo, a menos que lhes seja conveniente. Eles não respeitam leis, regras e coisas como honradez, verdade, respeito, honestidade, como também todo ou qualquer “COXINHA AUTÊNTICO”, por ser protetor de Aecinho do pó e Azeredo 20 anos de mensalão...

    P.S. : - O Barão do Rio Branco consolidou o Brasil GRANDE. Sérgio Moro consolidará o Brasil JUSTO. Esse TOPETUDO, um dia, ainda vai ser presidente do STF.

    ResponderExcluir
  4. Há pouco mais de seis meses, a mesma Segunda Turma do STF havia decidido, por unanimidade, que as revelações feitas pelos delatores da Odebrecht sobre Lula deveriam ser remetidas a Moro. Mas o eterno advogado do PT, Toffoli, o Lewando Wisky e o beiçola Gilmar mudaram de ideia. Como perguntar não estupra, então lá vai: POR QUÊ????? Quem sabe, o aroma da maracutaia ou protecionismo atraiu ienas do Satânico Tribunal Federal(STF)...

    P.S.: - DEIXE EU CONTAR AQUI UMA HISTORINHA DAQUELE SUIÇO BEM TOLINHO QUE SE CHAMAVA Jean Jacques Rousseau. ESTE FILÓSOFO DO ILUMINISMO SAIU-SE COM ESTA BABOSEIRINHA QUE PARA QUEM TEM PELO MENOS DOIS NEURÔNIOS VAI COMPREENDER A CONTENTO, VAMOS LÁ!!! ”Toda ação livre tem duas causas que concorrem para produzi-la. Uma, MORAL, a saber, a vontade que determina o ato; outra FÍSICA, a saber, o poder que a executa... Que um PARALÍTICO deseje correr e um HOMEM ÁGIL não o queira, ambos ficarão no MESMO LUGAR”... ISSO QUER DIZER QUE, NENHUM JUIZ É OBRIGADO A FAZER O QUE NÃO QUER, PRINCIPALMENTE OS DE CARREIRA. SE É QUE VOCÊ ME ENTENDE!!!

    ResponderExcluir