sexta-feira, 23 de março de 2018

STF DIVIDIDO DERROTA CARMEN LÚCIA E TV GLOBO



Do jornalista Ricardo Kotscho:

Uma nova divisão ficou evidente na sessão plenária do Supremo Tribunal Federal que começou a julgar nesta terça-feira o habeas corpus impetrado pela defesa de Lula para impedir sua prisão imediata.

Mesmo sem discutir o mérito do pedido, mas apenas se deveria ou não ser aceito para julgamento, formou-se ampla maioria a favor da posição da defesa.

Por 7 votos a 4, a maioria do STF admitiu julgar o habeas corpus, mas a sessão foi suspensa e o plenário só voltará a se reunir no dia 4 de abril porque o tribunal fecha para a Semana Santa.

Em outra vitória da defesa, foi concedida uma liminar para que o TRF-4 não possa determinar a prisão do ex-presidente antes de terminar o julgamento do habeas corpus no STF.

Nos dois casos, foram derrotados a presidente Cármen Lúcia, o relator Edson Fachin, Luís Fux e Luis Roberto Barroso, que defendem as mesmas posições da grande mídia, ou seja, pela prisão de Lula o mais breve possível.

Em vários momentos, o decano Celso de Mello, conhecido como um juiz garantista, deu verdadeiras aulas práticas de Direito Constitucional, mas seus colegas não pareciam interessados em ouvi-lo.

Edson Fachin queria porque queria ler e colocar logo em votação o seu voto contrário ao habeas corpus e insistiu reiteradamente em impedir o adiamento da sessão.

Falando direto para as câmeras de TV, Fux e Barroso exageraram nos prolegômenos com o mesmo objetivo.

Com seu sorriso de Mona Lisa, denunciando um indisfarçável nervosismo, a presidente Cármen Lúcia repetiu os argumentos usados na entrevista à Globo em defesa da prisão imediata após condenação em segunda instância.

Como amplos setores da imprensa já tinham marcado a prisão de Lula para o dia 26, próxima segunda-feira, após o julgamento dos embargos de declaração no TRF-4, os comentaristas que apareceram no vídeo após o encerramento da sessão em Brasília pareciam um pouco frustrados.

Apesar da vitória parcial de Lula, ninguém se arrisca a prever o placar do dia 4 de abril porque nas próximas duas semanas muita coisa pode acontecer e os votos de alguns ministros costumam mudar conforme as circunstâncias do momento.

Haja suspense. O país que espere para saber o que o STF vai decidir sobre as eleições de 2018.

16 comentários:

  1. Aos vencedores, as batatas”, disse Quincas Borba.

    P.S1.: - NÃO SEI PORQUE, MAS COMPARO A MINISTRA ROSA WEBER COMO A DILMA ROUSSEFF DO STF...

    P.S2.: - STF, NÃO!!! DIGO MELHOR: STL(Supremo Tribunal do Lula)...

    ResponderExcluir
  2. Tudo indica ou está caminhando para isso, esse indulto temporário(ou refresco) que o Seboso de Caetés conquistou tem tudo para ser definitivo, fiquem certos, é igual em forma e conteúdo ao escárnio protagonizado pelo mesmo ministro petralha, Lewandosvski, quando do impeachment da Vaca Terrorista: ele e o cangaceiro de Alagoas, o tal do Renan, devolveram os direitos políticos que a Constituição proibia. Direito imoral este, que a Anta Tonta pensa em usufruir para sair candidata ao senado.


    P.S.: - E ainda está para acontecer o mais grave: na próxima reunião do Supremo Tribunal do Lula(STL) é só um ministro da laia do TOFFOLI pedir vista para o Sebosão nunca mais ser preso, pois a liminar foi concedida até que haja julgamento definitivo do Habeis Corpus. E, com isso, os outros cerca de 5.000 presos já condenados em segunda instância no Brasil (inclusive envolvidos na Lava Jato) podem agora impetrar habeas corpus sem advogado (art. 1°, EOAB) fazendo uma “CÓPIA E COLA” dos argumentos usados pelos advogados do bandidão Lula junto ao STJ e STF, para, com isso, garantirem a liberdade até que o STF decida em definitivo cada caso. Quem estão achando ruim toda essa safadeza do STL é o Geddel e o Cunha que serão beneficiados, assim como o Lula!!!

    ResponderExcluir
  3. Pasmem e apreciem a embromação ou esculhambação: Se vencer no Supremo Tribunal do Lula(STL), a próxima batalha do apenado em segunda instância por 12 anos e um mês, será no Tribunal Superior Eleitoral(TSE). Nada impede que a Lei da Ficha Limpa seja rasgada para permitir a candidatura presidencial do Seboso. Depois, é só esperar o “EX-ADVOGADO PETISTA” José Dias Toffoli assumir a Presidência do TSE, em setembro, para a festança ficar completa. Se tudo de bom ocorrer para o lado da putada, como se vê, teremos um carnaval fora de época “INCARNADO”...

    P.S.: - Por enquanto, como diz o picareta e irônico jornalista Afanásio Jazadji: “O Lula é detentor do mesmo salvo-conduto usado pelas prostitutas e travecos que rodam bolsinhas nas esquinas da vida”...

    ResponderExcluir
  4. O STF criou uma “PIZZA PROVISÓRIA”. Como diz o JBF: “Que porra de nação é esta que vamos deixar pros nossos filhos e netos?”. Ou seja, NUNCANAHISTÓRIADESTEPAIZ eu pensei que viveria o suficiente pra ver o órgão máximo da justiça chegar a ser este esgoto que provoca fedentina nos ares de todo o país. O condenado em segunda instância a 12 anos e um mês de prisão, já definiu muito bem o órgão máxima da justiça banânica, alcunhado de STF, quando o tratou de SUPREMO ACOVARDADO. Taí, uma instituição que vem fedendo a bosta com mais intensidade a cada dia que passa e a cada merda que protagoniza.

    P.S.: - É pra arrombar a tabaca de Xolinha!!!

    ResponderExcluir
  5. Sei não, sei não, mas esmola grande demais o santo desconfia. Apesar de, todo cidadão é inocente, até que prove ser pobre, o que NÃO é o caso dos 9 dedos...

    P.S.: - O jornalista Noblat nos lembrou disso aqui, oh: “Uma vez, Lula classificou o ex-presidente José Sarney de “homem incomum”. E, por “incomum”, mereceria um tratamento especial”. Pois não é que, O Supremo coroou Lula como “homem incomum”, digno de merecer, assim como Sarney, um tratamento para lá de especial...

    ResponderExcluir
  6. O risco que corre é se este refresco ou anistia temporária que deram ao Lula seja ou venha a ser o preâmbulo do ataque final à Lava Jato. Até porque, a casa da lei suprema que comporta petralhistas do porte de uma Rosa Weber e um Toffoli e Lewandowiski, pode se tornar no melhor lugar do mundo para delinquentes top de linha tipos Lula, Dilma, Geddel, Cunha, Renan, Zé Dirceu, Palocci e ainda sobrar pro Temer... JÁ PENSOU TODA ESSA MALTA OU SÚCIA EM LIBERDADE GERAL E IRRESTRITA!!!

    P.S.: - Mas não há de ser nada. Vamos ter paciência e esperança. Como diz o excelente jornalista Percival Puggina, este é o país de Bonifácio, de Pedro II, de Nabuco, de Caxias! Esse STF fala por si e haverá de passar! Os corruptos não nos convencem nem nos vencem. Trouxeram-nos às portas do Inferno. Exibiram-nos o portal de Dante. Que entrem sozinhos. Perseveraremos.

    ResponderExcluir
  7. Falou tanto e não expôs as razões que levaram ou forçaram ou pressionaram o Supremo Tribunal Federal tomar a decisão porque a Dra. Cármen Lúcia pressionada pele rede globo de televisão e seus astecas tudo fizeram para nem se quer houvesse tal reunião da admissibilidade.

    0 que estar em jogo é o artigo 5º inciso LVII da constituição federal que foi brutalmente atingido contrariando a lei maior que rege sobre a cláusula pétrea e o trânsito em julgado.

    E por 6 x 5 no ano de 2016 os juízes tomaram a decisão contrariando a constituição federal. Cinco deles estavam certo de que a constituição federal precisam ser respeitada e que somente o congresso nacional tem poderes de alterá-la.

    0ntem, 22 de março de 2018 os mesmos juízes que votaram contra a lei maior tiveram uma outra oportunidade para rever suas posições tomadas e assim votar conforme manda a lei maior,a constituição federal. Errar é humano,agora permanecer no erro é burrice.

    0ntem a Dra. Juíza Federal e presidente da Suprema Corte do país se apequenou de verdade quando não teve a ombridade de reparar o erro que ela cometeu quando o jogo estava empatado em 5 x 5 e ela chutou o pênalti fazendo um gol para o lado errado da história e da Lei maior,a constituição brasileira em seu artigo 5º inciso LVII.

    0s 7 x 4 mostrou que a verdade precisa ser respeitada,que a lei não é para o Lula e sim para todos os brasileiros.

    ResponderExcluir
  8. Confrontar um coiteiro do PT com A VERDADE pode não ser nem fácil nem difícil, mas apenas INÚTIL. Principalmente se ele já foi um direitão escroto da Arena, PFL, PDS e do DEMO e como tira-gosto azedo votou em Aecinho do pó... Pois bem!!! Como está em toda a Imprensa Viva do país, o cinismo em cadeia nacional, os ministros do STF exaltaram direitos do paciente, mas ignoraram os bilhões que Lula e o PT roubaram do povo. A safadeza foi tão grande que durante a sessão, não se viu nenhum dos ministros mencionar os crimes do petista, as outras seis ações criminais em que o Seboso condenado a 12 anos de cadeia figura como réu ou os bilhões que o petista e sua organização criminosa desviaram dos cofres públicos ao longo de 13 desastrados anos de desgoverno. Ninguém falou sobre os bilhões do dinheiro do povo entregue nas mãos da Odebrecht, da JBS/FRIBOI ou da OAS.

    P.S.: - Tem gente que ao defender bandido de estimação fica parecendo mais aquele tipo de petralha disfarçado de PULGA COITEIRA, que passou o tempo todo pulando da CUECA do Seboso para a CALCINHA da Dilma Doida...

    ResponderExcluir
  9. As anaLises políticas dos esquerdopatas são de matar de rir! Quer dizer que Carmen Lucia está com a Globo? Agora! E que a Globo é de Direita! KKKKKK

    ResponderExcluir
  10. "O STF afirmou, em alto e bom som que é ele que vai decidir se Lula vai ser preso ou não e não a segunda instância, restabelecendo, assim, o princípio da hierarquia que vinha sendo arranhado desde a implantação da Lava Jato . Sete ministros quebraram o tabu e brecaram a onda inquisitorial imposta pelo juiz Sérgio Moro e pela força tarefa do MPF", diz o colunista Alex Solnik; "Cármen Lúcia e a sua minoria são capachos da Lava Jato, mas o STF, não".

    ResponderExcluir
  11. DRA CÁRMEN LÚCIA MESMO SENDO CONTRA AO ART.5º INCISO LVII DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL ,EU NÃO LHE ATIRO PEDRAS.FOI PRESSÃO DA GLOBO!!! A GLOBO QUIS MANIPULAR A PRESIDENTE E OS 7 MINISTROS QUE EM 22 DE MARÇO DE 2018 TESTEMUNHARAM COM OS SEUS VOTOS QUE UM ERRO GROSSEIRO E ESTÚPIDO PRECISAVA E PRECISA SER CONSERTADO!

    ResponderExcluir
  12. Eu gostaria muito em 2018 voltar a defender as bandeiras de Marina Silva e Aécio Neves. Mas eles se juntaram em nome da ética,da moral,contra a corrupção eleitoral,mas na hora que a DILMA VETOU A PEC DO EDUARDO CUNHA que legalizava todas as doações empresariais aos partidos e aos políticos,MARINA E AÉCIO ,juntaram-se aos 220 Deputados Federais e tentaram derrubar o VETO.

    Não conseguindo os 275 votos eles partiram para o tudo ou nada e aplicaram o GOLPE PARLAMENTAR na DILMA.

    Por isso que hoje eu sou LULA E DILMA DO PT! E deixe não prestar!

    PROFESSOR ZECA BARBOSA E EX-VEREADOR DE LAGOA DO OURO-PE.EM, 24 DE MARÇO DE 2018.

    ResponderExcluir
  13. Diariamente ao me sentar na minha cadeira para realizar e executar os meus trabalhos diários numa plataforma agropecuária no Estado de Pernambuco (Adagro),sinto-me o prazer de ler os dois maiores BLOGs do Brasil para mim, BLOG DO JORNALISTA ROBERTO ALMEIDA e seus parceiros bem como o do BRASIL247.

    As notícias,as críticas,as defesas e os ataques recíprocos são peças fundamentais na democracia brasileira.Antigamente a gente não podia e nem devia falar nada e escrever nada.

    Mas quando fomos chamados a fazer vestibular e na hora de colocar as nossas ideias em pensamentos numa folha de papel de 1 a 30 linhas introduzindo, argumentando e concluindo para assim se obter o máximo de pontos. A redação hoje é o calcanhar de alquiles da maioria dos estudantes brasileiro.

    As mentiras,as falsidades,as ameaças feitas por alguns órgãos de comunicações pelo Brasil afora tem sido hoje contestadas pelos meios de comunicações em massa (Facebook,WhatsApp,Twitter,jornais,televisões,rádios ,revistas, etc).

    ResponderExcluir
  14. 0 QUE ME DEIXA matutando todos os dias é ver como 6 JUÍZES DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL vota contra a CONSTITUIÇÃO FEDERAL acabando com o ARTIGO 5º INCISO LVII tirando um direito sagrado de todo e qualquer cidadão de somente ir preso após esgotarem sua defesa de presunção de inocência,trânsito em julgado e um direito ímpar de uma CLÁUSULA PÉTREA e ainda mais o voto de desempate de 5 x 5 foi dado pela PRESIDENTE DA CORTE DESTE PAÍS?

    Por isso que o Dr. Gilmar Mendes mandou soltar uma meia dúzia de presos fundamentos numa lei maior.Abusaram das prisões e dos arbítrios,Dr.Sérgio Moro parcial e seletivo.Tudo para acabar com apenas um partido, uma pessoa de um homem e uma mulher.E o direito é assim para mim e para os outros cadeias? 0lhe ai que o tiro saiu pela culatra.

    Pressionados pelas supremas cortes do mundo,por juristas famosos do mundo,por advogados do mundo,O SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL está pressionado a REFAZER seus atos errados praticados contra a CONSTITUIÇÃO BRASILEIRA quando por 6 x 5 em 2016 ajudaram a desmoralizar a lei maior do nosso país.

    0 SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL não tem poder de APRESENTAR EMENDAS CONSTITUCIONAIS E ISTO É PRERROGATIVA DO CONGRESSO NACIONAL.

    ResponderExcluir
  15. Em entrevista no Roda Viva na noite de ontem, o juiz federal Sérgio Moro —que condenou Lula sem provas no caso do triplex da OAS— aproveitou para mandar um recado para a ministra do Supremo Rosa Weber, cujo voto é considerado decisivo para a liberdade do ex-presidente: “Tenho expectativa de que esse precedente [prisão após condenação em segunda instância] não vai ser alterado”, declarou; Supremo está dividido sobre a questão da segunda instância, com cinco ministros defendendo a prisão e cinco a revisão desse procedimento, e Weber deve decidir a questão; antes do começo do programa, dezenas de manifestantes se reuniram na porta da TV Cultura em protesto contra as arbitrariedades do magistrado .

    ResponderExcluir
  16. Alex Solnik é jornalista. Já atuou em publicações como Jornal da Tarde, Istoé, Senhor, Careta, Interview e Manchete. É autor de treze livros, dentre os quais "Porque não deu certo", "O Cofre do Adhemar", "A guerra do apagão" e "O domador de sonhos"
    Por que prendeu? Por que soltou?
    31 de Março de 2018


    A libertação de 13 pessoas acusadas de envolvimento em tenebrosas transações com Temer apenas dois dias depois de serem presas, pelas mesmas autoridades que mandaram prender – Raquel Dodge, da PGR e Luiz Roberto Barroso, do STF - confirma que as prisões foram efetuadas somente com o intuito de interrogá-las e não por haver provas robustas e contundentes contra elas, o que cria mais um precedente perigoso, o de prender para interrogar.

    Dodge e Barroso podem alegar que os acusados tinham de ser interrogados simultaneamente e a condução coercitiva está suspensa, por determinação monocrática de Gilmar Mendes, que aguarda julgamento do plenário do STF.

    Mas não há dúvida que mais uma vez não seguiram à risca o artigo 5º. da constituição brasileira, o das garantias fundamentais do cidadão.

    Não sei se as prisões foram revogadas com tanta rapidez porque os objetivos da Polícia Federal foram alcançados e os interrogados forneceram importantes elementos para a investigação ou porque os interrogatórios fracassaram e as reações à operação foram negativas.

    Me inclino a acreditar mais na segunda hipótese. O principal personagem da trama, aquele que seria a testemunha número 1, o coronel Lima, recusou-se, mais uma vez, a prestar declarações, como vem fazendo há nove meses e foi para casa.

    Ninguém foi pressionado a delatar, diferentemente de outras operações da Polícia Federal.

    Melhor assim.

    Mas tem de valer para todos daqui em diante.

    ResponderExcluir