ALEPE

ALEPE
ALEPE

GOVERNO DO ESTADO

GOVERNO DO ESTADO
GOVERNO DE PERNAMBUCO - FUNDARPE

quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

PROFESSORES DE GARANHUNS RECEBEM REAJUSTE

A Prefeitura de Garanhuns decretou um aumento de 6,81% no piso salarial dos professores da educação básica, respeitando o piso nacional do magistério, que passou a ser de R$ 2.455,35 para jornada de trabalho de 200 (duzentas) horas mensais e R$ 1.841,51 para os profissionais do grupo ocupacional de magistério que tenham jornada de trabalho de 150 (cento e cinquenta) horas mensais.

O decreto que autoriza o aumento foi assinado pelo Prefeito Izaías Régis e será publicado na edição do Diário Oficial dos Municípios/ AMUPE desta quarta-feira (31).

O reajuste segue os termos do art. 5º da Lei nº 11.738, de 16 de julho de 2008, que estabelece a atualização anual do piso nacional do magistério, sempre a partir de janeiro.

Os valores previstos decorrentes da aplicação do piso também se aplicam aos professores inativos e pensionistas que estejam recebendo abaixo do piso salarial e daqueles que detenham paridade.


O decreto entra em vigor na data de sua publicação, e teve os seus efeitos retroativos ao dia 01 de janeiro de 2018. Ou seja, os professores já receberam o reajuste na folha salarial deste mês, paga ontem (29).

*Da Secretaria de Comunicação.

Um comentário:

  1. Este foi e é o motivo principal ao lado da Transposição do Rio São Francisco que me faz glorificar o filho ilustre de Garanhuns e Caetés,LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA.Ainda leio PROFESSORES MEDÍOCRES taxando o cara de mafioso,bandido,ladrão,canceroso e torcendo para ele ser preso por uma força tarefa cujos JUÍZES e DESEMBARGADORES condenaram o cara por um TRIPLEX que nunca foi dele e nem é dele patavina nenhuma.

    0 ex-secretário de Educação,Deputado e Senador José Jorge que eu votei que foi relator do FUNDEF E FUNDEB chegou a dizer que não colocaria na lei o piso nacional do magistério porque o Brasil não poderia pagar.Mas o Brasil pode pagar as mordomias dos juízes,desembargadores,procuradores,deputados federais e senadores e seus afins cujos salários hoje variam de R$ 33.763,00 a R$ 120.000,00.

    ResponderExcluir