quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

CLAUDIANO FILHO "COMPRA A BRIGA" DA PE-193

Ao ser informado pelo blog do problema da PE-193, no trecho entre a Vila do Araçá, em Caetés, e a entrada de Capoeiras, o deputado estadual Claudiano Filho demonstrou preocupação e sensibilidade com a questão. “Isso não pode continuar, são muitos acidentes e muitas mortes”, comentou o parlamentar.

Em seguida, através do seu Chefe de Gabinete, Saulo Malta,  o deputado anunciou que irá marcar na próxima semana uma audiência com o Secretário de Transporte do Estado, Sebastião de Oliveira, para tratar com prioridade deste problema da rodovia.

Claudiano Filho pretende ainda formar uma comissão dos vereadores de Capoeiras e Caetés e convidá-los ao Recife,  na próxima semana, para junto ao Governo buscar de vez uma solução da questão que envolve a PE-193,  no trecho considerado extremamente perigoso.

Os vereadores dos dois municípios, independente de ser governo ou oposição, devem se unir ao deputado e aproveitar a ida ao Recife para dizer o que realmente deve ser feito na estrada, entre Caetés e Capoeiras, de modo a tornar a rodovia mais segura.

Importante também lutar para que o Governo termine os 4,5 km de asfalto que faltam na ligação entre Capoeiras e São Bento do Una.


Como diria o saudoso vereador Luciano Pontes, de Capoeiras: “Agora vai!”.

PREFEITO MARCOS PATRIOTA, DO DEM, PAGA TRÊS MILHÕES DE REAIS DO ANTIGO FUNDEF AOS PROFESSORES DE JUPI

A Prefeitura de Jupi, através da Secretaria de Finanças,  comunicou à população do município que hoje pela manhã realizou o pagamento dos Precatórios do FUNDEF aos Profissionais ativos e inativos ligados ao Magistério.

“O prefeito Marcos Patriota assumiu o compromisso com a categoria beneficiada e fechou acordo para a realização deste pagamento referente ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério dos anos de 2001 a 2006”, diz a nota divulgada pela Secretaria de Finanças.

De acordo com a secretária da área, Leylla Ricelly, mais de R$ 3.000,000,00 (três milhões de reais),  referentes a este pagamento estão sendo aplicados na economia local, tendo em vista que, com esse montante de recursos, será possível alavancar o comércio com a circulação dos valores.

A liberação deste dinheiro é parte do sonho dos profissionais da educação há muitos anos.  “Com a determinação e seriedade do prefeito Marcos Patriota o pagamento agora é realidade”, salientou a secretária Leylla.

Além de realizar o pagamento aos profissionais do magistério, a Prefeitura estará aplicando sua porcentagem na melhoria e avanço dos serviços educacionais prestados no município. Isso confirma que é possível valorizar o profissional da educação, garantir todos os seus direitos e ainda garantir que a realidade educacional de Jupi esteja caminhando a passos largos.

Ainda a respeito da determinação do prefeito Marcos Patriota, recebemos a seguinte mensagem do professor Douglas Tobias, diretor da tradicional Escola Napoleão Teixeira:

Muito se falou, muitos boatos surgiram, mas o que eu tinha de concreto era que a Prefeitura Municipal de Jupi,  na gestão Marcos Patriota,  iria cumprir o acordo com os professores neste mês de janeiro! MAIS UM COMPROMISSO CUMPRIDO... Saiu a solução do bendito caso do FUNDEF.  Lembrando que na administração anterior fomos feitos de palhaços até com números de processos inexistentes. Mais uma vez parabéns ao governo Juntos para Melhorar que em um ano fez mais que em 8 da gestão passada pela educação e vem cumprindo com a obrigação com nossos munícipes.

NOGUEIRA DEFINE UMA MARCA DE TRABALHO EM CALÇADO

Um dos prefeitos da região que mais usa as redes sociais para se comunicar com o povo e prestar contas dos seus atos como gestor é Expedito Nogueira (PP), do município de Calçado.

Regularmente Nogueirão usa uma página personalizada no Facebook para informar o povo de Calçado e região do que acontece em seu gabinete e na sua gestão.

Como quando o prefeito informou que recebeu no seu gabinete o ex-vereador Josa Lucas e o amigo Dimas Ferreira.

“Na parte da tarde fui juntamente com o Presidente da Câmara Bino, o vereador José Maria da Silva Baiano José Maria Da Silva Baiano e o secretário de obras Expedito Júnior, até a residência do nosso amigo Beto de Dodinha, no Sítio Mocós, onde fomos muito bem recebidos por ele e por sua família”, completou Nogueira, na mesma postagem do face.


Noutra ocasião, o prefeito de Calçado comunicou aos moradores do município o seguinte: “Hoje à tarde visitei, juntamente com o Secretário de Obras, Expedito Júnior e a equipe técnica da CPM Construtora, o terreno na Rua Nova, onde será construída uma nova UBS.  Em seguida fomos até à obra da UBS do alto da COHAB que está paralisada há algum tempo.  “Informamos à população de Calçado que as obras das duas UBS terão início na próxima semana”, complementou. 

Político, o prefeito Expedito Nogueira não descuida das coisas simples e registra até o atendimento diário,  no gabinete,  do cidadão comum da cidade ou zona rural. 

“Atender bem ao povo de Calçado e a todos que nos procuram é o nosso dever e o nosso compromissoMesmo com tantas limitações, e com muitas adversidades, procuramos sempre fazer o melhor para todos”, sintetiza Nogueira sobre seu estilo de trabalho.

VEREADOR PREOCUPADO COM A RODOVIA DA MORTE

Aqui neste blog já publicamos diversas matérias sobre o perigo que representa o trecho da Vila do Araçá (Caetés) até a entrada de Capoeiras, na PE-193.

Recentemente mesmo, um texto de Júnior Almeida rotulou o trecho citado como “os três quilômetros da morte”.

Dezenas de pessoas já perderam a vida nesse pedaço de estrada, que apresenta buracos e ondulações, não tem demarcado o acostamento e nenhuma sinalização.

O Governo do Estado, que devia dar um jeito na situação, permanecesse omisso.

A população critica, as autoridades reivindicam, mas parece que o Estado espera para fazer alguma coisa às portas da eleição.

Enquanto isso, mais pessoas podem perder a vida.

O problema, que é muito sério, chegou à Câmara Municipal, onde o vereador Érico Barbosa solicitou que seja feita pelo menos a sinalização da rodovia.

Ele lamentou o número excessivos de acidentes na PE-193, causando muitas mortes e deixando famílias de Capoeiras, Caetés e outras cidades enlutadas.

O deputado Claudiano Filho, que hoje tem apoio de lideranças dos dois municípios, bem que podia ter uma conversa com o governador Paulo Câmara e fazer o homem acordar.


*Foto reproduzida do blog de Gilmar Alves

RAPAZ MATA NAMORADA E FILHO RECÉM NASCIDO

Laura Catrine, vítima de feminicídio

A violência contra a mulher no Brasil continua fazendo vítimas. Os crimes acontecem em todas as regiões do país, num ritmo assustador.
O caso que chamou a atenção nacional, esta semana foi o assassinato da jovem Laura Catrine da Conceição Alves, de 21 anos.
Laura já vinha recebendo ameaças do namorado que ontem se transformaram em brutal realidade.
Mais de 30 tiros foram disparados pelo tal namorado (o nome do suposto criminoso ainda não foi divulgado), que mataram a jovem e e seu filho, o pequeno Eloá, que tinha apenas oito dias de vida.
Os crimes hediondos ocorreram na cidade de Anápolis, no interior de Goiás e foram noticiados pela afiliada de TV Globo no município.

Segundo a polícia, que começou as investigações e a perseguição ao criminoso, Laura Catrine ainda tentou se esconder no banheiro, com o bebê, mas não conseguiu escapar da fúria do rapaz. Só o recém-nascido foi atingido por quatro tiros de uma pistola de 9 milímetros. 
*Com foto e informações do site Pragmatismo Político.

LAJEDO VAI TER MAIS UMA ESCOLA REVITALIZADA

Esta semana o prefeito de Lajedo,  Rossine Blésmany (PSD),  assinou ordem de serviço para reforma da Escola Municipal Clementino Francisco de Lima no bairro Novo.
Reunidos no gabinete do governo, o prefeito acompanhado de vereadores e secretários, formalizou a necessidade do serviço que beneficiará toda a comunidade e uma média de 1.000 alunos, a obra está orçada em cerca de R$ 620 mil reais e já foi iniciada
Desde que assumiu a prefeitura de Lajedo, Rossine tem dado uma atenção especial para a educação, acreditando que o investimento nessa área é o melhor caminho para se construir uma cidade melhor.
Mais de 20 escolas já foram reformadas e algumas totalmente reconstruídas como: Colégio Normal, Zélia Moura, Dom Expedito Lopes e mais recentemente o Padre Antônio Barbosa, além da creche Cecília Vilaça e a construção da Escola do Pereiro. Todas essas escolas citadas possuem quadro branco, ar-condicionado e cadeiras anatômicas.
“Pegamos todas as escolas destruídas pelo descaso do governo de nossos adversários e por isso estamos tendo que reconstruir todas elas. Assumi esse compromisso de investir na educação e vou fazer tudo que estiver ao meu alcance para que os lajedenses tenham um futuro melhor. Gostaria de aproveitar e agradecer aos nossos deputados André de Paula e Álvaro Porto que muito tem nos ajudado na liberação dessas verbas”, comentou o prefeito.
As matrículas da rede municipal já se encontram abertas. Se você deseja renovar ou matricular o seu filho procure a escola mais próxima de sua residência para mais informações. (Da Assessoria de Comunicação).

DIOCESANO OFERECE FORMAÇÃO AOS PROFESSORES

PADRE ÉMERSON E O PSICOPEDAGOGO
JÚLIO COSTA
Com o intuito de melhorar ainda mais o ensino e proporcionar capacitação profissional, o Colégio Diocesano de Garanhuns realizou esta semana uma formação para os professores do Gigante da Praça. Durante um dia, eles receberam informações e participaram de dinâmicas. O encontro contou com a participação do psicopedagogo Julio Costa e de profissionais do Sistema Coc de Ensino e da Escola da Inteligência, método desenvolvido por Augusto Cury.

"Enquanto Escola da Inteligência, nós fizemos duas ações, que são praxe do programa. A primeira foi um workshop para equipe educacional, onde trabalhamos gestão de conflitos e resolução de problemas. São vivências da Escola da Inteligência proporcionada para a equipe pedagógica. No segunda momento, fizemos uma capacitação para os materiais da EI para os professores novos e também os antigos, que passaram por uma reciclagem em torno do material", afirmou Madiel Ferreira, Consultor Educacional da Escola da Inteligência.

O Sistema Coc de Ensino é o método didático utilizado pela instituição. O Coc acredita que aprender é muito mais que decorar fórmulas e datas. É dispor de recursos modernos para que a aprendizagem seja completa. Já a Escola da Inteligência trabalha a educação socioemocional dos alunos, implementando na escola uma cultura para o desenvolvimento da saúde emocional dos estudantes.


O início das aulas para o período letivo de 2018 no Colégio Diocesano de Garanhuns será nos dias 01 e 02 de fevereiro. Na quinta, começas as aulas do Ensino Fundamental 2 e do Ensino Médio e na sexta do Ensino Fundamental 1 e da Educação Infantil.
Professores recebem formação

*Lumina Comunicação

PROFESSORES DE GARANHUNS RECEBEM REAJUSTE

A Prefeitura de Garanhuns decretou um aumento de 6,81% no piso salarial dos professores da educação básica, respeitando o piso nacional do magistério, que passou a ser de R$ 2.455,35 para jornada de trabalho de 200 (duzentas) horas mensais e R$ 1.841,51 para os profissionais do grupo ocupacional de magistério que tenham jornada de trabalho de 150 (cento e cinquenta) horas mensais.

O decreto que autoriza o aumento foi assinado pelo Prefeito Izaías Régis e será publicado na edição do Diário Oficial dos Municípios/ AMUPE desta quarta-feira (31).

O reajuste segue os termos do art. 5º da Lei nº 11.738, de 16 de julho de 2008, que estabelece a atualização anual do piso nacional do magistério, sempre a partir de janeiro.

Os valores previstos decorrentes da aplicação do piso também se aplicam aos professores inativos e pensionistas que estejam recebendo abaixo do piso salarial e daqueles que detenham paridade.


O decreto entra em vigor na data de sua publicação, e teve os seus efeitos retroativos ao dia 01 de janeiro de 2018. Ou seja, os professores já receberam o reajuste na folha salarial deste mês, paga ontem (29).

*Da Secretaria de Comunicação.

terça-feira, 30 de janeiro de 2018

A DISPUTA DE GOVERNADOR EM PERNAMBUCO POR REGIÃO

A última pesquisa eleitoral com relação à disputa de outubro deste ano, mostra uma disputa equilibrada de três dos pré-candidatos, acenando para um segundo turno e sinalizando que nenhum deles tem vaga garantida ainda numa suposta segunda etapa do processo.

Armando está na liderança, Paulo Câmara ocupa o segundo lugar e logo atrás aparece Marília Arraes, que se crescer um pouco mais, como fez de um mês para outro, pode se credenciar a um eventual segundo turno.

Esse quadro já foi amplamente divulgado nos jornais, emissoras de rádio, televisão, sites e blog de todos os recantos de Pernambuco.

Interessante, neste momento, é fazer uma leitura da pesquisa por região, para saber quem está na frente no Agreste Meridional, no Sertão, na Zona da Mata, no Agreste Central, na Região Metropolitana e no Recife.

Armando o líder no geral, está muito bem no Agreste Meridional e no Sertão do Pajeú, onde chega a 30,3% e 31%, respectivamente.

Marília Arraes, a novidade política no processo político estadual, este ano, também obteve um bom percentual no Agreste Meridional,  conquistando 27,3%, atrás do petebista apenas três pontos percentuais, o que configura um empate técnico, por conta da margem de erro.

Já no Sertão do Moxotó, onde o petebista atingiu a sua maior marca, Marília precisa melhorar, pois chegou a apenas 10,3% na pesquisa.

A situação se inverte na capital pernambucana, município com mais de um milhão de eleitores e decisivo na eleição.

No Recife Armando Monteiro somou 13,9%, enquanto Marília cravou em 20,4%.

Paulo Câmara, que em 2014 venceu de lavada no Recife, agora tem a preferência de apenas 12% dos eleitores da capital, ficando atrás do petebista e da petista.

Nos outros municípios da Região Metropolitana, que inclui cidades como Olinda, Jaboatão, Paulista, Cabo e Camaragibe, a situação do governador é melhor, somando 18,6%, contra 9% de Marília e 20,7% de Armando.

Dos outros pré-candidatos, que estão bem atrás dos três primeiros, Mendonça Filho (DEM) se destaca no Agreste Setentrional, onde soma 24,2%, enquanto Fernando Bezerra Coelho é forte no Sertão do São Francisco, região em que desponta na liderança, com 35,6%.

Nas outras regiões de Pernambuco os índices do democrata e do peemedebista são insignificantes, enquanto Paulo, Armando e Marília têm percentuais bons ou razoáveis na área metropolitana, no Agreste, Sertão e Zona da Mata.

Para chegar no segundo turno os três que hoje estão à frente precisam melhorar em algumas regiões e a tendência é com a proximidade da eleição o esforço se concentrar mais na Região Metropolitana, que abriga mais de 40% do eleitorado pernambucano.

SÃO JOÃO DEVE REALIZAR UM BOM CARNAVAL ESTE ANO

O prefeito de São João, Zenaldi Zumba (PSD), deve investir pesado este ano para fazer um grande carnaval na cidade.

A tradição, portanto, será mantida em 2018, para alegria de quem gosta da folia.
Mas alguns moradores e servidores do município criticam os gastos com o evento.

O problema, segundo um funcionário da Prefeitura revelou ao blog, é que os aposentados estão há quase dois meses sem receber, os contratados completaram três meses sem ver a cor do dinheiro e os professores ainda não receberam as férias.

O Tribunal de Contas do Estado até fez um alerta para que a Prefeitura não realize a festa com dinheiro público, mas tudo indica que a decisão está tomada e o frevo tomará conta das ruas da simpática São João.

Tudo já está planejado e até um bloco, com o nome de “Beiju”, será bancado pelo Governo Municipal, puxado por um bom trio elétrico

CONSELHO DE ARQUITETURA É LANÇADO EM GARANHUNS

Projeto de interiorização do Conselho de Arquitetura e Urbanismo será lançado nesta quarta-feira (31) em Garanhuns. Os atendimentos acontecem em novo local: na sede da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL).

Equipe técnica do Conselho de Arquitetura e Urbanismo chega a Garanhuns nesta quarta-feira para um dia de atividades na cidade.

Vão ser realizadas fiscalizações educativas em obras, atendimentos aos profissionais, reuniões de debates com autoridades e representantes da sociedade civil para buscar soluções para problemas urbanos da região.

Pela manhã, a partir das 9h, os fiscais do Conselho visitam obras para fiscalizar possíveis irregularidades como exercício ilegal da profissão, registro de projetos e outras exigências legais.

A partir da 10h, o presidente do Conselho, Rafael Amaral Tenório,  se reúne com o prefeito Izaías Régis, secretários e assessores, para tratar de questões envolvendo mobilidade, obras e projetos, de maneira a alinhar de que forma o Conselho poderá colaborar com a região.

Os atendimentos aos arquitetos e urbanistas serão realizados na Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), na Rua João Pessoa 32, bairro de Santo Antônio, das14h às 17h. Está programado cadastramento biométrico para emissão de carteiras profissionais e orientações sobre registro e outros pontos de interesse.

O lançamento da Ouvidoria CAU/PE acontecerá também na CDL, a partir das 17h, com a presença de representantes de entidade públicas e privadas e profissionais da região, além de entidades como o IAB e SAEPE, entre eles os arquitetos Glaucio Brandão e Marcílio Maia Reinaux. A proposta é coletar sugestões relacionadas ao urbanismo e à profissão.

URBANISMO – A agenda sobre arquitetura e urbanismo em Garanhuns começa na terça-feira (30), com reuniões do presidente do Conselho, Rafael Amaral Tenório, às 17h com os secretários de Planejamento e Gestão e representantes do  Conselho Municipal de Política Urbana de Garanhuns (Compur). Será na Seplan.

Garanhuns foi escolhida a primeira cidade a receber a iniciativa em virtude da aula magna do curso de arquitetura e urbanismo na Autarquia do Ensino Superior de Garanhuns (AESGA) na mesma data.


A interiorização das ações do Conselho é um dos compromissos da nova gestão do CAU/PE que assumiu este mês para estar à frente da entidade no triênio 2018/2020.

DEPUTADA PRISCILA KRAUSE COMEMORA FORTALECIMENTO DAS AUTARQUIAS MUNICIPAIS DE ENSINO ATRAVÉS DO FIES

A deputada estadual Priscila Krause (DEM) comemorou, por meio de suas redes sociais, a iniciativa do Ministério da Educação de oportunizar aos mais de 19 mil alunos das autarquias municipais de ensino pernambucanas a possibilidade de aderirem ao Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Como representante da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), Priscila atuou nos últimos meses em defesa da iniciativa, apresentando e reforçando o pleito junto ao governo federal. A decisão foi anunciada pelo ministro Mendonça Filho, em Caruaru, na última sexta-feira (27). A iniciativa que beneficiou todas as autarquias municipais do País partiu de solicitação da Autarquia do Ensino Superior de Garanhuns (Aesga) ao Ministério da Educação, por meio de sua presidente, Suianne Melo. 
 “A decisão do Ministério é uma vitória relevante para milhares de estudantes pernambucanos que fazem seus cursos superiores nas autarquias e que vai refletir diretamente no reforço do desenvolvimento do interior do estado, já que as autarquias ficam espalhadas em todo o território. É um setor educacional muito relevante, que tem merecido um olhar singular por parte do nosso mandato”, explicou. Pernambuco é um dos estados brasileiros com maior quantidade de autarquias municipais de ensino, sediando 13 unidades, entre elas a Aesga, a Autarquia Educacional de Serra Talhada (Aeset) e a Faculdade do Sertão do Pajeú (Fasp), situada em Afogados da Ingazeira. 
A partir de agora, as 111 autarquias municipais existentes no País poderão se credenciar junto ao Ministério da Educação para, no caso da oferta de cursos pagos, permitirem o financiamento via Fies. O procedimento passa pela inscrição da entidade de educação superior no cadastro eMec e, depois disso, solicitar a migração para a categoria administrativa especial. Alguns documentos da instituição precisam ser apresentados, como o balanço patrimonial e o termo de constituição da Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento do Fies.
Na Alepe, Priscila Krause participou das discussões que envolveram a votação de projeto de lei do Executivo que modificou regras relacionadas ao Programa Universidade Para Todos (Proupe) no âmbito das atividades das autarquias municipais pernambucanas. Ela apresentou emenda modificativa e atuou na interlocução da Casa junto à Secretaria de Ciência e Tecnologia, responsável pela demanda. (Da Assessoria da Parlamentar).

PATRIOTA COMPLETA 40 ANOS E CONFIRMA FABIANA QUINTINO COMO SECRETÁRIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL

O prefeito de Jupi, Marcos Patriota (DEM), comemorou os seus 40 anos de idade nesta segunda-feira (29), ao lado dos seus principais colaboradores, que estão ajudando no trabalho de reconstrução do município.

Patriota agradeceu o carinho dos amigos e amigos, que estão com ele desde a campanha e agora dão tudo de si para o Governo Municipal fazer Jupi avançar e se desenvolver cada vez mais.

SECRETÁRIA - O prefeito aproveitou a oportunidade para oficializar o nome da primeira dama, Fabiana Quintino, como a nova Secretária de Assistência Social.

Ela já vinha desenvolvendo um trabalho importante à frente dos programas sociais do município, com reconhecimento da população de Jupi.


Agora, à frente da Secretaria, vai poder fazer muito mais, fazendo com que a gestão de Marcos Patriota chegue a todas as áreas da cidade e zona rural onde as pessoas precisam do poder público. 

OPOSIÇÃO DE SALOÁ VAI APOIAR MARÍLIA ARRAES

Como já acontece em Brejão, Capoeiras, Caetés, Paranatama e outros municípios, em Saloá praticamente toda a oposição deve apoiar a candidatura de Marília Arraes ao Governo do Estado.

Ex-vereador e candidato a vice-prefeito em 2016, o professor Wellington Freitas está conseguindo unir os oposicionistas de Saloá em torno da pré-candidatura da neta do ex-governador Miguel Arraes.

A verdade é que o nome de Marília está em ascensão e mesmo alguns medalhões do PT que estavam fazendo “corpo mole” e colocando em dúvida a candidatura da vereadora, defendendo uma aliança com Paulo Câmara, cederam a força da aguerrida representante da esquerda pernambucana.

Em Saloá, além de Wellington Freitas -  que é presidente do PP - estão com a neta Arraes o vereador Zé Cabeleireiro (PP) e Valdir Lopes (PRTB).  “Ela é a jovem promessa de renovação da política pernambucana”, sintetiza o ex-vereador.

Os dois são os únicos vereadores de oposição, dentre os onze com assento na Câmara Municipal.

Estarão no mesmo grupo dos dois parlamentares parlamentares o professor Bá e Paulo da Água (suplentes) e todo o grupo de Wellington.

A exceção será o ex- prefeito Gilvan Pereira (PTB) e seu filho Girlan (PTB) que deverão apoiar Armando Monteiro (PTB).

Desde a primeira vinda de Marília Arraes ao Agreste Meridional, em setembro de 2016 que o grupo de Saloá acompanha a vereadora em todos os eventos na região, juntamente com lideranças de outras localidades como Brejão e Garanhuns.


Welington Freitas, foi vereador em Saloá, abriu mão de sua reeleição, formou um grupo político, elegeu seu sucessor (Zé Cabeleireiro), por pouco não foi candidato a prefeito (foi vice), seu partido foi o segundo mais votado em 2016 e hoje é uma das futuras promessas para disputar o executivo do município em 2020.

GIVALDO CALADO DEFENDE QUE SE DÊ PRIORIDADE E FORTALEÇA AS VOCAÇÕES ECONÔMICAS DE GARANHUNS

Entrevistado no programa “Falando com o Agreste”, da Rádio Marano, o empresário Givaldo Calado defendeu que sejam fortalecidas e priorizadas as vocações econômica de Garanhuns, “antes que outras cidades o façam”.

No programa comandado pelo radialista e publicitário Marcelo Jorge, Givaldo falou sobre as vocações econômicas de Garanhuns.

Para o empresário, essas vocações residem no turismo, no comércio e na educação, esta, em todos os seus níveis de ensino, que, hoje, precisam, mais que nunca, de serem fortalecidos e priorizados.  “E isso passa por constarem, mesmo, da agenda das políticas públicas da cidade para sua maior sustentabilidade e ininterrupção ao sabor de gestões", pontuou.

E prosseguiu: "Penso que 'A Magia do Natal de Garanhuns' teria sido o grande despertar desse sentimento, quando mostra, através de suas edições,  que a felicidade da cidade é imensa quando vivencia espetáculos como aqueles".

Na visão de Givaldo Calado de Freitas "é visível a felicidade no semblante de todos. Do flanelinha ao pequeno, médio e grande empresários. Sem esquecermos do micro porque é o que se diz 'mais beneficiado.' Todos ganham, inclusive o poder público em todas seus níveis - municipal, estadual e federal".

Ele acredita que nunca se viu tanta gente em Garanhuns como neste Natal. E a proposta da 'Magia do Natal', em oito finais de semana, dentro de 52 dias, chamou a atenção do Brasil à ousadia da terra 'onde o Nordeste garoa'. Na medida em que a cidade provou que, no que pese o cenário adverso em que se vive, Garanhuns é prova cabal de que a cidade avança e quer avançar muito mais.

O entrevistado se referiu, ainda, ao passado, ao dizer que, "à época do governador Agamenon Magalhães, ele já enxergava Garanhuns como uma cidade diferente, chegando a chamá-la de cidade universitária, sugerindo, quem sabe? Que um dia viéssemos a ser a cidade que hoje somos: a única a ter três colégios centenários; a única a dispor de um clima, tido como o melhor do Brasil; a única do interior do norte e nordeste brasileiros a trabalhar seu sonho universitário a partir do fundação e construção de uma  Casa do Estudante que acolheria o estudante pobre em suas dependências. E que, por isso mesmo, seria pouco depois reconhecida como precursora do ensino superior em nossa cidade. E aí estão as escolas de nível superior do município, do estado e da união."

Por fim, Givaldo convocou todos os garanhuenses "para essa caminhada em que  haja uma grande união em torno de um ideário comum: fortalecer e priorizar as nossas vocações. Vamos acreditar mais em nossa cidade. Eu quero dizer: eu acredito!".


(Com informações e foto da jornalista Ezandra Ribeiro).

segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

GRUPO EXPRESSIVO DO PSB DE CAETÉS VAI APOIAR O PT

Em nota divulgada neste blog, o presidente do PSB de Caetés, Frazão Sampaio, procurou minimizar o racha no partido e esclareceu que apenas um vereador socialista do município não irá apoiar a candidatura de Paulo Câmara à reeleição.

Hoje recebemos uma segunda nota, de outra parte do PSB caeteense, rebatendo o dirigente do partido.

Segundo os partidários do vereador Jocelino Ferreira, o grupo que irá migrar para a candidatura de Marília Arraes (PT), é bem mais expressivo do que informa o presidente do diretório municipal do Partido Socialista.

“O grupo que hoje faz oposição ao atual prefeito vem a público reafirmar que vai apoiar Marília Arraes.  E,  diferente da nota do presidente do PSB,  esse grupo não é composto apenas de um vereador e sim dos principais líderes da oposição de Caetés”, diz a nota dos partidários de Jocelino, dando a entender que todos os insatisfeitos irão pedir desfiliação do Partido Socialista.

O grupo inclui Benedito da Silva e Hermínio Sampaio, que disputaram a eleição de 2016 pelo PSB, o vereador Jocelino Ferreira, o primeiro suplente de vereador, João do Gás, a ex-vereadora Cláudia Ferreira, os pré-candidatos a vereadores Sandoval Mello e Pedinha, o empresário Adelmo e seu irmão Sival.

Também integram essa corrente política Carlos da Cooperativa, Paulinho Sampaio e muitas outras pessoas,  que mesmo não sendo políticos (as), são ligadas à oposição.  

Todos os citados conversaram com o vereador e declararam apoio à Marília Arraes, revelando que estão satisfeitos com a pré-candidatura dela, “percebendo que a mesma tem uma boa desenvoltura e uma descendência política no sangue,  por ser neta do saudoso Miguel Arraes".

Esse grupo de oposição esteve neste sábado (27) em Serra Talhada, acompanhando o evento de lançamento da pré-candidatura de Marília Arraes.

Estiveram no município sertanejo as seguintes lideranças: Benedito da Silva , o vereador Jocelino e seu filho, o pré candidato a vereador Pedinha,  Carlos da Cooperativa e o presidente do PT de Caetés,  o jovem Júlio César Sampaio.

*Na foto lideranças da região com Marília Arraes, no ato político realizado em Serra Talhada.

ATLETA DE GARANHUNS CONQUISTA TÍTULO NA PARAÍBA

A lutadora Elaine Albuquerque, que conta com o apoio da Prefeitura de Garanhuns por meio do Bolsa Atleta, conquistou o título de Rainha da Praia, durante o Rei da Praia de Beach Wrestling, competição de luta olímpica na areia da praia, que foi disputada no dia 25 deste mês, na Praia de Intermares, em Cabedelo, na Paraíba.

Essa foi a terceira edição do Rei da Praia de Beach Wrestling, mas a primeira vez em que a competição aconteceu no Nordeste. As outras duas edições foram realizadas em praias de Manaus. Cerca de 150 atletas participaram do evento, disputando o título em oito categorias.

Elaine venceu na categoria adulto feminino acima de 60kg e trouxe para Garanhuns o inédito título. “Agradeço a todos que direta ou indiretamente participaram dessa nova conquista”, pontua Elaine Albuquerque, que já conquistou os títulos de Campeã Brasileira, em 2015; foi bronze no Mundial, em 2016; e bronze no Panamericano, em 2017, na modalidade de Beach Wrestling. Ela é atleta da WEFA Garanhuns e conta com o patrocínio do Governo Municipal de Garanhuns, através da Secretaria de Juventude, Esportes e Lazer e da Uniodonto/Garanhuns.


MAIS UMA RAINHA DA PRAIA – E além de Elaine, a atleta potiguar Rosemary Brito, que está radicada em Garanhuns há cerca de um ano, também conquistou o título de Rainha da Praia, durante o Rei da Praia de Beach Wrestling. A conquista foi na categoria Adulto Feminino até 60kg. Rosemary Brito é atleta da WEFA Garanhuns. (Secretaria de Comunicação).

ELEIÇÃO NO ESTADO COM CHEIRO DE SEGUNDO TURNO

Pernambuco este ano não tem um candidato que seja claramente favorito para vencer a disputa eleitoral.

O governador Paulo Câmara (PSB), apesar da vantagem de estar no cargo, com obras para anunciar e inaugurar, apoio da maioria dos prefeitos e deputados, não está com “essa bola toda”, segundo mostram as pesquisas, com um índice de rejeição preocupante, na faixa dos 60%.

Armando Monteiro (PTB), que segundo o Instituto Múltipla assumiu a liderança na preferência do eleitor, este no formou um palanque que deve concentrar o maior PIB de Pernambuco.

Além do senador, tem Fernando Bezerra Coelho, Mendonça Filho, Bruno Araújo, os Lyra de Caruaru, o prefeito Izaías Régis e mais uma porção de lideranças com votos e muito dinheiro para investir numa campanha política.

São dois Golias, que deveriam polarizar a disputa. Mas não é o que está acontecendo. Armando e Paulo não estão lugar garantidos no segundo turno, pois um terceiro candidato (a), a vereadora Marília Arraes, pode repetir o primo Eduardo Campos, que em 2006 saiu do terceiro lugar para disputar o segundo turno com Mendoncinha e vencer de goleada.

Marília tem a favor de si apenas a força da juventude, uma militância aguerrida, três ou quatro prefeitos, duas ou três dezenas de vereadores, sindicatos e um sobrenome de mito, um homem que quando estava vivo e governou Pernambuco era recebido nas feiras do interior como uma espécie de Frei Damião da política.

Até chá faziam, em alguns lugares do interior, com alguma substância ligada ao “Pai Arráia”, o cearense-pernambucano Miguel Arraes de Alencar.

Marília Arraes tem um discurso que lembra o do avô, tem coragem e ideologia definida, traz em si o “sentimento do mundo” e um olhar de mulher sobre a realidade pernambucana.

Não dá para saber agora se apenas com isso ela poderá enfrentar e derrotar duas máquinas azeitadas com muito dinheiro.

A garota, porém, está na luta e já venceu ou primeiro “round”. 

Venceu as resistências internas do PT, de líderes envelhecidos que não queriam deixar florescer o novo no partido em Pernambuco.

A luta daqui pra frente será contra o caciquismo, o coronelismo, a velha política, o poder econômico, o dinheiro a rodo para comprar consciências de prefeitos, vereadores, deputados e da população em geral.

Vai ser uma briga boa e se Marília Arraes continuar com a garra que tem demonstrado, usar da inteligência e captar o desejo de mudanças,  poderá pregar uma peça nos dois gigantes: Se chegar ao segundo turno será mais de meio caminho andado para vencer os coronéis e reacender a esperança, pelo menos em Pernambuco.

QUEM É MESMO O CRIMINOSO?

Lula foi condenado em primeira e segunda instância. Primeiro,  nove anos e meio, depois 12 anos de cadeia.

Não importa que a sentença seja contestada por renomados juristas ou pela imprensa internacional, que é mais isenta do que a do Brasil.

Ele deve ser um cara perigoso mesmo. Não dá para entender como tem coragem de andar no meio do povo, falar para uma multidão de 70 mil pessoas,  isso sem ter um único capanga sequer ao seu lado.

Já o justiceiro Sérgio Moro, principal estrela da TV Globo, anda em carro blindado, cercado por seis seguranças e ainda tem o ar de homem espantado, como se tivesse medo de alguma coisa.

Os valores no Brasil estão tão invertidos, que a gente às vezes fica se perguntando: “Quem é o criminoso mesmo”?

Podemos nos perguntar, por exemplo, quem matou Dona Marisa Letícia? Foi o marido Luiz Inácio ou a pressão da Justiça e Ministério Público, envolvendo o ex-presidente, ela própria, filhos e netos?

Fato é que Lula não desiste da luta, não admite a culpa, acusa os que o acusam e irrita profundamente os homens togados,  que se julgam acima do bem e do mal.

POLÍTICA E DIREITO


Por Michel Zaidan Filho*

Tenho ouvido de respeitáveis analistas da política brasileira a tese de que decisão judicial não se discute, tem de ser respeitada, em relação à rejeição do recurso do Presidente LULA na TRF-4, em Porto Alegre.

Com todo o apreço que tenho pela opinião desses analistas, é preciso dizer que, desde o golpe parlamentar que afastou a ex-presidente Dilma do Poder, navegamos num mar de incertezas e inseguranças jurídicas muito grande. Que o digam os professores de Direito Constitucional ou Direito do Trabalho. Eles não sabem o que ensinar aos seus alunos.

Na verdade, esses comentadores e apoiadores incondicionais da Justiça esquecem-se de um coisa muito importante: a relação entre Direito e Política, que varia muito de país a país. O nosso sistema judiciário é aquilo que se chama de “alopoiético”, ou seja, não tem autonomia.

É suscetível da interferência político-partidária. É como se o magistrado primeiro decidisse, ao sabor de determinadas conveniências ou interesses sociais, depois busca a dogmática para apoiar o seu julgamento. E há clientes e clientes da burocracia judiciária. Por isso, o tratamento é diferente. Pior é o chamado “ativismo judiciário”, que faz dos juízes legisladores não autorizados pelo voto popular.

Falou-se no fenômeno da “judicialização da política”, como um fenômeno mais ou menos universal, em razão da decadência e ineficiência dos Parlamentos. Mas o caso do Brasil tem suas particularidades. A fragilidade, para não dizer subserviência, do Poder Judiciário diante dos Poderes “de fato” tem sido uma constante  em nosso país. A famosa tese de João Manguabeira “o STF foi quem mais traiu a  República”, em momentos de crise institucional, funciona como um autêntico diagnóstico dessa triste trajetória da Justiça brasileira.

Quando não se submeteram ao arbítrio e a ilegitimidade, foram cassados, expurgados da magistratura. O pior é que o “ativismo judiciário” tem dado  lugar ao “partidarismo aberto” dos magistrados, que vestem ostensivamente a camisa desse ou daquele partido. Juízes que fazem uma espécie de “advocacia administrativa” em suas cortes, realizando fora reuniões e conciliábulos com as partes. Tivemos um péssimo exemplo  na decisão que levou o STF a devolver ao Congresso a prerrogativa de prender ou não Aécio Neves.

Como confiar assim num Poder tão suscetível de se dobrar a contingências políticas e partidárias? – A não ser quando as decisões vêm ao encontro de nossas preferências. Ai, sim, há de ser cumprida a decisão. Quando contraria, não. São os democratas de ocasião. Cumpre-se a lei, quando convém.

Diante disso, falar de segurança jurídica ou respeito à decisão judicial é uma atitude pouco crítica ou ingênua. Há muito tempo  que a sociologia jurídica desmistificou os mecanismos da chamada “decisão judicial”. Não tem nada de misterioso ou sagrado a tomada de decisão de um juiz ou ministro da suprema corte. Como dizia Nietzsche, a verdade ou a justiça é desse mundo e há de ser compreendida como tal, ou seja, como mero imperativo de poder não como justificação racional ou argumentativa.

Faria bem aos adoradores do Poder Judicial uma leitura do livro de Von Ihering, “A Luta pelo Direito”, ou quem sabe do livro de Bobbio  “A Era dos Direitos”.  Desde a crise do jusnaturalismo, se sabe que o Direito é uma construção discursiva a serviço, muitas vezes, de imperativos de Poder. Não o produto imaculado de alguma cabeça togada. O direito nasce da “autopoiesis” criadora dos movimentos sociais. Depois se institucionaliza num código, numa tábua, numa constituição. O direito muda, quando mudam as condições sociais, políticas e econômicas de uma sociedade.

Por isso, nada de estranhar que a oitiva turma do TRF-4 tenha unanimemente rejeitado o recurso da defesa de LULA. Já  tinham, antes mesmo dos argumentos da   defesa, a decisão a ser tomada. E inovaram, segundo os especialistas. “Criaram” um nova jurisprudência: “autoridade cognitiva do Juiz”, diante da falta de provas.

OBS: A propósito, leia-se o recente livro de Douglas Alexandre carvalho. Imagens da imparcialidade. Entre o discurso constitucional e a prática judicial.


*O garanhuense Michel Zaidan Filho é professor da Universidade Federal de Pernambuco.