Assembleia Legislativa

Assembleia Legislativa
Assembleia Legislativa

terça-feira, 24 de novembro de 2015

SIBÁ MACHADO LÍDER DO PT NA CÂMARA DIZ QUE EDUARDO CUNHA ESTÁ NA CONTA DOS TUCANOS

Não é novidade para ninguém que desde a eleição do ano passado que a oposição ao PT faz marcação cerrada a dupla Lula/Dilma. Qualquer fato que sirva para desgastar a imagem dos petistas é usado desenfreadamente. Um desses fatos foi a derrota por parte do governo na eleição da presidência da Câmara Federal. Jornais estamparam em letras garrafais que a vitória de Eduardo Cunha era a grande derrota do PT naquele momento. E era mesmo. Cunha, apesar de ser do mesmo partido do vice de Dilma, o PMDB, se comportou como verdadeiro opositor, abusando de manobras regimentais para aprovar matérias da oposição e de corporações financiadoras de deputados. Quando a oposição insistia na tese do impeachment, e parecia que todas as portas da justiça se fechavam por falta de sustentação jurídica, Cunha era a tábua de salvação dos golpistas, que criaram até o slogan "SOMOS TODOS CUNHA". 
Pois bem. O tempo passa e a roda gira, como diz o ditado. Pois não é que o quase santo Cunha, segundo os aliados de ocasião, na verdade de santo não tem nada? Pior ainda: Foi necessário  a justiça da Suíça desmascarar Eduardo Cunha, pois a daqui não sabia de nada. Contas secretas naquele país foram descobertas, com milhares de dólares fruto de maracutaias no Brasil. A oposição ao PT fingiu nada estar acontecendo, mas fatos e mais fatos foram surgindo, e os defensores de Cunha foram se afastando. Apenas Paulinho da Força jurou amor eterno ao presidente. É como a música do também deputado Tiririca, que fala que o sujeito tem um monte de defeito mas é seu amigo. 
Agora como uma laranja sem sumo, ou mesmo podre, Cunha parece não ter mais o que oferecer, então está sendo descartado pelos antigos aliados, os mesmo que diziam serem todos Cunha. Com ajuda dos aliados da mídia, agora querem passar a imagem de que o presidente corrupto é aliado ao governo. Só está faltando dizer que Eduardo Cunha é filiado ao PT.
No dia de ontem, o líder do partido na Câmara, deputado Sibá Machado (AC), afirmou que não há nenhuma orientação do governo para tentar salvar o mandato do presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), no julgamento da representação contra ele no Conselho de Ética. Segundo Sibá, a responsabilidade sobre Eduardo Cunha deve ser de partidos da oposição que o apoiaram, como o PSDB.
"Essa conta é dos tucanos. Eles é que têm que pagar. Não venham colocar problemas sob nossa responsabilidade. Não estamos aqui para alimentar firula política, como é o caso do impeachment", afirmou. O líder do PT classificou a posição do PSDB como "dúbia", uma vez que os oposicionistas sempre se beneficiaram da aliança informal com Cunha. 
O vice-líder do governo na Casa, deputado Paulo Teixeira (PT-SP), reiterou que os três petistas titulares do Conselho de Ética estarão presentes na sessão desta terça-feira, 24, quando deverá ser lido o relatório prévio do deputado Fausto Pinato (PRB-SP). Negando pacto para preservar Cunha, Teixeira disse que o PT agirá com independência no Conselho de Ética. "O Palácio vai ficar distante desse debate. A postura do governo é de não se envolver", reforçou.
Ele disse ser contrário à judicialização do caso, como propõem alguns partidos de oposição. "O Parlamento vai resolver a questão. Sou pela solução Congresso Nacional", afirmou. Na semana passada, o PPS anunciou que entrará com um mandado de segurança no Supremo para afastar Cunha da presidência da Casa. A Rede Sustentabilidade também anunciou que irá à Procuradoria-Geral da República, para que seja solicitado ao Supremo Tribunal Federal o afastamento de Cunha.
*Por Junior Almeida e informações do Brasília 247.

2 comentários:

  1. O PT NA OPOSIÇÃO O FEZ CEGAMENTE.AS SUAS IDEIAS E PROPOSTAS EM MUITOS CASOS FORAM JOGADAS NO LIXO PODRE E NO COLO DOS ELEITORES BRASILEIRO QUE EM SUA MAIORIA SE VENDE FEITO BOIS E VACAS,CARNEIROS E OVINOS.

    O PT FOI CONTRA O PLANO REAL, A LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL, O PROER,A CPMF, O FIM DO FATOR PREVIDENCIÁRIO,A REELEIÇÃO,CONTRA OS CORRUPTOS E CORRUPTORES,CONTRA O CAIXA 2 DE CAMPANHAS POLÍTICAS E CONTRA AS BOLSAS TIDAS COMO ESMOLA.

    O PSDB QUE APROVOU TUDO ESCRITO ACIMA PASSOU A SER CONTRA.VOTOU ESTE ANO CONTRA O FATOR PREVIDENCIÁRIO, A REELEIÇÃO,CONTRA A CPMF, CONTRA A AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE DAS DOAÇÕES EMPRESARIAIS.

    O PSDB E DEM VOTARAM A FATOR DA PAUTA BOMBA DE 36 PROJETOS DE LEIS QUE ARROMBARIAM OS COFRES PÚBLICOS DO BRASIL PELO RESTO DA VIDA. SERÍAMOS SIM UMA SEGUNDA GRÉCIA.

    O PSDB E DEM VEM FAZENDO UMA OPOSIÇÃO IGUALZINHA AO QUE O PT FAZIA NUM PASSADO RECENTE.ADERIU AO SR. PRESIDENTE DA CÂMARA FEDERAL EXATAMENTE PARA INTRIGAR O PMDB DO PT QUANDO AMBOS SÃO COLIGADOS E TEM 7 MINISTÉRIOS E É GOVERNO COM O VICE PRESIDENTE MICHEL TEMER.

    O EDUARDO CUNHA TRAIU TODO O PMDB,O PREFEITO DO RIO DE JANEIRO E O GOVERNADOR E TODA A CÚPULA DO PLANALTO CENTRAL.

    HOJE O QUE VEMOS É O FEITIÇO CONTRA O FEITICEIRO E OS AMIGOS DO CUNHA TRAINDO ELE COMO SE ELES OU ELAS NÃO TIVESSEM RECEBIDO NENHUM DINHEIRO DAS EMPRESAS QUE GANHARAM LICITAÇÕES DOS ÓRGÃOS PÚBLICOS E DINHEIRO QUE FORAM RETIRADOS AS MINGUAS DOS IMPOSTOS QUE PAGAMOS PARA SUSTENTAR AS CAMPANHAS MILIONÁRIAS E BILIONÁRIAS DOS POLÍTICOS BRASILEIRO.

    ResponderExcluir
  2. eu nao entendi esse comentário. você quer dizer o que meu rapaz.

    ResponderExcluir