ALEPE

ALEPE
ALEPE

GOVERNO DO ESTADO

GOVERNO DO ESTADO
GOVERNO DE PERNAMBUCO - FUNDARPE

sábado, 21 de novembro de 2015

SANTA CRUZ ESTÁ DE VOLTA À PRIMEIRA DIVISÃO

Por Junior Almeida

Assim como o Fênix, pássaro da mitologia grega, que segundo a lenda, morre  em combustão e ressurge das suas próprias  cinzas, o Santa Cruz ressurgiu hoje para elite do futebol nacional. Depois de nove anos afastado da série A, período que até ficou fora de todas as divisões o time carimbou seu retorno na tarde de hoje, depois de vencer o já rebaixado Mogi Mirim, no estádio Noveli Junior, em Itu, São Paulo. Os heróis da partida foram Daniel Costa, que abriu o placar aos 10 minutos do segundo tempo, Bruno Moraes, que fez aos 13, e Billeu, que deu números finais a partida, marcando aos 32 da etapa final.

Carinhosamente chamado do "time do povo", o tricolor chegou ao ponto de ter a energia elétrica de sua sede cortada, e a mesma penhorada para quitação de dívidas, e de não ter dinheiro para pagar aos mais simples funcionários. Foi ao fundo do poço, era o fim do Santa Cruz. Era. Porém a enorme e apaixonada torcida não aceitou o fim do clube das três cores. Mesmo em amistosos, ou em campeonatos, a massa coral lotou estádios em todas as divisões, empurrando o time até ele chegar à glória do dia de hoje. O tricolor veio do inferno ao céu. Houve um ano, desses nove, em que a diretoria convocou torcedores para trabalhar de graça em mutirão para que o clube não fechasse. Alguns abnegados atenderam o chamado, e se na época choraram de tristeza, hoje festejam o retorno à elite. 

Apaixonados pelo santinha de todo Brasil, acompanharam hoje o time pela televisão, e os que podem, viajaram vários quilômetros para o jogo da subida. No estádio de Itu, 1.400 torcedores, todos tricolores, testemunharam o triunfo coral, como os da vizinha Capoeiras, os torcedores, Jorge, Joaquim e Renato (foto), que viajaram mais de 2,5 mil quilômetros só pra ver o tricolor voltar para série A. Se o aeroporto dos Guararapes já estava lotado para receber o time que ganhou do Botafogo na última rodada, imaginem agora com a confirmação do acesso. Recife vai ter carnaval antecipado sem dúvidas.
Agora o Santa Cruz se junta ao Vitória da Bahia, e ao Sport, como representantes do Nordeste na primeira divisão.  Subiram de divisão da B para A: Botafogo/RJ, América/MG, Santa Cruz e Vitória/BA.
Parabéns a todo elenco do Santa Cruz,  seu treinador Marcelo Martelotte, que assumiu o time quando esse estava na zona de rebaixamento, e parabéns também a sua enorme torcida, a segunda maior do Estado.

Um comentário:

  1. Desde menino que eu sou torcedor do Santa Cruz.As minhas maiores lembranças do Santa Cruz foi quando veio a Garanhuns e aplicou uma goleada na AGA de 9 x 0 com Zezé e Carioca tomando os gols.Eu era menino.

    A outra goleada foi o Santa Cruz que levou quando perdeu para o Bahia cujo jogo o Santa poderia de perder de 4 x 0 que se classificaria,mas levou de 5 x 0 do Bahia na Fonte Nova em Salvador.

    Lembro que as rádios anunciaram que de Garanhuns partiu o torcedor mais ilustre, BACALHAU que levou 15 dias para assistir a partida saindo de Garanhuns a Salvador.

    Morei em Recife de 1980 a 1991 estudando nas Universidades Católica de Pernambuco e UFRPE e morei um bom tempo em Casa Amarela e ia assistir jogos do Náutico e Santa Cruz.

    Na companhia do meu grande amigo ADILSON CALADO BARBOSA de Brejão assistimos muitas partidas de futebol. Ele torcedor do Náutico e Santa Cruz .Fui a inauguração do Estádio do Arruda em 1982 na preparação para a copa do mundo quando o Brasil goleou a Bolívia por 6 x 2.

    Depois acompanhei o trabalho que foi feito pelo Secretário Fernando Bezerra Colho quando deixou quase todo o Estádio do Arruda com cadeiras.Foi uma melhora muito boa e que lhe credenciou a receber uma grande votação para Senador da República em 2014.

    Aliás foi um erro muito grande quando o PSB resolveu achar com o Governo tirando o Fernando Bezerra Coelho do cargo de Ministro da Integração Nacional que vinha executando as obras de Transposição do Rio São Francisco cujas já deveriam ter sido feitas há de 29 anos.

    É o Santa Cruz que leva o nome de JOSÉ DO REGO MACIEL, pai do ex-governador,senador vice-presidente Marco Maciel.

    Até hoje duas coisas eu não fiz em minha: trocar de religião e de torcer pelo Santa Cruz mesmo nos momentos mais difíceis .

    Parabéns, Família Tricolor.Mereceu e Pernambuco terá mais um na Primeira divisão do futebol brasileiro. O Recife ganha por ter mais uma opção de lazer nos finais de semana.

    Lamento profundamente que Garanhuns tenha abandonado o futebol quando os grandes times AGA,SETE E IAC nunca deveriam ter se acabado. Futebol é festa, é lazer, alegria do povo brasileiro. ´Por 8 anos fui presidente do Ipiranga Futebol Clube em Lagoa do Ouro quando nunca faltou bolas e chuteiras para os jogadores.

    ResponderExcluir