ALEPE

ALEPE
ALEPE

sexta-feira, 20 de novembro de 2015

EDITORA ABRIL ANUNCIA O FIM DA PUBLICAÇÃO DA REVISTA PLAYBOY A PARTIR DO ANO QUE VEM

A Editora Abril, que publica também a Revista Veja, e agoniza financeiramente, anunciou ontem (19) o fim da publicação das revistas Men's Health, Women's Health e a conhecidíssima Playboy. Depois de 40 anos circulando no país,a publicação é uma referência na categoria revista masculina. Sua história no Brasil começou em 1975, e até o ano 2000 era campeã de vendas. O recorde foi em 1999 com as capas de Joana Prado, a Feiticeira, e de Suzana Alves, a Tiazinha, que venderam 1,3 milhão e mais de um milhão respectivamente. O terceiro exemplar mais vendido foi da apresentadora Adriane Galisteu, no famoso e polêmico ensaio do estojo de barbear no ano de 1995, com 970 mil exemplares.
Segundo o jornalista Thales Guaracy, que já dirigiu a revista Playboy, comentou o anúncio do fim da publicação no Brasil. Para ele, a editora Abril foi a grande culpada pela situação. "A editora preferiu esvaziar o site e cortou à Playboy brasileira o caminho para o futuro. Foi aí que se deu minha saída. Com a morte de Roberto Civita, que me convidara para o cargo, mas faleceu numa cirurgia ao mesmo tempo em que eu assumia a direção da revista, entendi que eu era o único ali a defender a publicação e trabalhar para uma solução. A equipe que se seguiu, do jornalista Sérgio Xavier, conseguiu ainda conduzir a publicação com méritos e profissionalismo até o seu destino já traçado", disse.
"Vai-se Playboy na Editora Abril e toda uma era. Vira-se uma página importante da história da imprensa. Começa a ser revisto pela matriz o próprio conceito da Playboy como estilo de vida, que para muitos também já vai ficando fora de moda. O que foi feito, no entanto, será sempre um retrato da beleza em uma certa época, que tem os seus ícones, assim como a Vênus de Milo é a melhor lembrança da beleza feminina no helenismo, para nós, homens, e todos os admiradores do belo", complementou.
*Por Junior Almeida com informações do DP e 247.

Nenhum comentário:

Postar um comentário