SECRETARIA DE SAÚDE DO ESTADO

DANIELA VAI À ONU DEFENDER DIREITOS DOS GAYS

A cantora Daniela Mercury é embaixadora do Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância). Casada com a jornalista Malu Verçosa, a artista virou uma ativista pelos direitos das lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transgêneros (LGBT).

Neste final de semana, durante um evento na sede das Nações Unidas, Daniela disse que se sente privilegiada por tudo que é, garantindo que ser homossexual não a torna uma pessoa pior e sim mais interessante. “Deus não é homofóbico”, sapecou a baiana em seu discurso para se contrapor aos que não aceitam um orientação sexual diferente da considerada normal.

Daniela Mercury expressou sua rejeição a diferenciar os homens das mulheres, e afirmou que nem uns nem outros são "diferentes nem opostos, são simplesmente pessoas".

Já Malu Verçosa, que estava ao lado da companheira durante o evento (foto), lembrou que a homossexualidade sempre esteve presente na história da humanidade e pediu que a sociedade se preocupe mais com a violência e discriminação que existem no mundo e não com "quem cada um ama".

O casal recebeu o apoio do representante do Brasil nas Nações unidas, Antônio Patriota, que ressaltou o compromisso do país com os direitos humanos internacionais.  (Texto construído a partir de uma reportagem do MSN Notícias).

Nenhum comentário:

Postar um comentário