SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

ALEPE

ALEPE
ALEPE

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

COMÉRCIO FICA INDIFERENTE AO NATAL LUZ

Apenar o poder público fez a sua parte

A garanhuense Ana não conseguiu se segurar pela falta de luzes nas lojas do centro de Garanhuns e fez esse desabafo através da internet:

“Não me contenho mesmo, depois dos shows, luzes e encantos em frente à prefeitura, fui olhar mais um pouco o centro. Bem que poderíamos fazer uma campanha e adotar uma loja no centro e doar um pisca pisca pelo menos para iluminar mais o centro de Garanhuns, tem lojas que nem a luz da placa foi acessa”.


Não é só em Garanhuns, em qualquer lugar do Brasil a população (incluídos aí os empresários) costuma esperar que tudo seja feito pelo Governo. Reclamar todo mundo reclama, é fácil achar defeito. Agora, dar sua parcela de contribuição para ajudar a cidade, o Estado ou o País, em qualquer situação, são poucos.

4 comentários:

  1. Maria da Natividade L. R. Dias23 de novembro de 2015 12:12

    Como garanhuense, concordo com a leitora Ana. Já que a Prefeitura fez a sua parte, não custa que o comércio, as indústrias e também as residências, façam suas iluminações natalinas. Conheço Gramado, e nesta época de Natal, todo o comércio, indústrias e residências, decoram seus espaços com iluminações. Vamos fazer a nossa parte ! Vamos deixar nossa Garanhuns totalmente iluminada !

    ResponderExcluir
  2. Ah sim em tempos de crise torrar dinheiro público com toneladas de papel, plástico e isopor que dentro de um mês irão todos para o lixo é algo bem sensato.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só tendo a cabeça muito pequena pra ter esse pensamento. Isso não é torrar dinheiro, é investimento. Nesses últimos dias com a abertura do Natal você não percebeu como a cidade está movimentada, as pessoas nas ruas e consumindo? Gramado investe pesado no seu Natal pra ser reconhecida durante todo o ano e receber turistas que movimentam sua economia. É essencial para o desenvolvimento econômico da nossa região que não deixemos passar em branco esse tipo de evento. E realmente é uma vergonha os empresários não se engajarem nessa causa e não buscarem alternativas para contornar a crise que estamos passando.

      Excluir
  3. É preciso que os empresários grandes, médios e pequenos, entendam que, seus empreendimentos pertencem também aos seus clientes e a iluminação natalina bem como sua ornamentação, atrai muito mais os clientes, que aqueles que são indiferentes ao período natalino. O poder público fez sua parte, façamos nós a nossa, inclusive nossas residências.

    ResponderExcluir