SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

ALEPE

ALEPE
ALEPE

terça-feira, 17 de novembro de 2015

A DEMONIZAÇÃO DO OUTRO


*Por Michel Zaidan Filho

A quem interessa as consequências da internacionalização da guerra civil na Síria, no Iraque, na Libia e no Afeganistão?  - Aos árabes, aos iraquianos, aos muçulmanos, aos cristãos, aos judeus? - Claro que não. Ninguém está interessado em levar as chamas dessa beligerância pseudo-religiosa para Europa, os Estados Unidos ou América do Sul. A extensão da coalização liderada pelos EUAs. (Austrália, França, Iraque e outros) só beneficia mesmo aos interesses geopolíticos das grandes potências que disputam a sua hegemonia na Oriente Médio e na Ásia Central.

A coligação, chefiada e estimulada por Washigton, tem como principal objetivo depor o presidente sírio e colocar em seu lugar um títere, que possa obedecer docilmente aos comandos da política externa americana (e ao Estado de Israel). Creiam, os americanos não estão preocupados com nenhuma vítima civil dessa guerra insana provocada pela internacionalização da frente de guerra ora contra o Estado islâmico, ora contra o presidente sírio, ora contra os rebeldes sírios.

A guerra já custou a vida de milhares de civis e está empurrando para a Europa milhares e milhares de imigrantes, que não querem morrer sob as bombas dos aviões não pilotados dos EUA e dos outros países coligados. A estratégia americana é destituir a única autoridade política da Síria e abandonar os sírios à sua própria sorte, como fizeram no Iraque (depois da Invasão), no Afeganistão (que continua em guerra, apesar do fantoche chamado Ami Karzai), na Líbia, com a carnificina de Kadafi e, agora, na Síria. Em todas as guerras, quem são os civis que morrem. Mas nessa, patrocinada pela coalização, o genocídio é escancarado e cínico.

Não se trata de uma guerra de civilização (crash of civilizations), nem de uma Jirah (guerra santa). Trata-se do aprofundamento do processo de libanização de uma país árabe, aliado do Hizbolah e antisionista. Quanto mais se aprofunda a guerra civil e o despedaçamento do país, armando-se facções contrárias e estimulando outros a participarem do esforço de guerra, mais se aprofunda o caos, a desorganização, o massacre de milhões e milhões de civis (crianças, mulheres, idosos, inválidos).


Isto nada tem a ver com o islã. As grandes religiões históricas da humanidades são de índole pacifista, não estimulam a guerra. Mas os interesses econômicos, geopolíticos, estratégicos das grandes potências, sim. Os americanos querem a qualquer custo recompor a aliança transatlântica e revigorar a OTAN. Para isso é muito importante transformar o Oriente Médio e a Ásia Central num inferno sem fim. Afinal, é lá que estão imensas jazidas de petróleo e gás natural, além da barreira de contenção do expansionismo russo e chinês.

*Michel Zaidan é professor da Universidade Federal de Pernambuco, Cientista Político e colaborador deste blog.

4 comentários:

  1. O mito do muçulmano bomzinho continua sendo difundido POR ESQUERDINHAS E PAPA MORTADELAS DE TODO O OCIDENTE. Pois bem saibam que isto etá escrito no Alcorão: Perseguirás e matarás todo o discrente, pois seu extermínio é mais aceitável do que que eles continuem vivendo"

    "Tornarás a vida do discrente um inferno em todos os lugares onde estiverem"

    Discrente para muçulmanos é todo aquele que não conhece o alcorão nem segue o que diz Maomé.

    Então se vocês querem ver seus parente se ferrando daqui a alguns anos continuem nessa postura de condescendência criminosa com esses animais muçulmanos. Pensando que ele aceitam conversar, pois eles só aceitam uma coisa: te ver morto.

    ResponderExcluir
  2. OS “JUMENTOS SELVAGENS” FAZEM PARTE DE UMA RELIGIÃO VIOLENTA. ISLÃ QUER DIZER ¨SUBMISSÃO¨ E É CLARO PARA SUBMETER PESSOAS É PRECISO USAR DE VIOLÊNCIA. VIOLÊNCIA DE UMA CORJA DE BRUTAMONTES QUE DESTRÓI A CONSCIÊNCIA, VIOLÊNCIA DE CONTEÚDO COMO A JIHAD, VIOLÊNCIA PARA DOMINAR AS MULHERES COM MUTILAÇÃO GENITAL(MULHER E MENINO NÃO TEM VALOR DE NADA!!!), DESTRUIÇÃO DE ASPIRAÇÕES E FÉRREO DOMÍNIO DE VONTADES. O ALCORÃO NÃO SÓ PERMITE COMO ORIENTA COMO O MARIDO DEVE BATER NA MULHER. E O JORNALISMO MILITANTE BRASILEIRO?!?!?! – LEIA-SE OS BLOGS SUJOS E OS PETRALHAS QUE DEFENDEM A LADROAGEM DO PT - CONTINUA A CONTAR HISTÓRIAS DA CAROCHINHA PARA O PÚBLICO... TENHAM VERGONHA NA CARA, JORNALISTAS SAFADOS, COMPRADOS, IMBECIS!!!

    P.S.: - Os jumentos selvagens que rezam três vezes por dia de cu pra cima, no campo do fanatismo é igualzinho a raça dos petralhas. Onde eles estiverem ou governarem tudo vai de marcha-à-ré. Vejam o nosso exemplo: com o PT governando, não há luz no fim do túnel, apenas breu...

    ResponderExcluir
  3. José Fernandes Costa18 de novembro de 2015 13:48

    Lamento muito o que está acontecendo no mundo, em termos de radicalismos, extremismos, fanatismos, conservadorismos etc. - De igual modo, lamento o que faz o "mundo civilizado" quando resolve pôr as patas em cima de inocentes de países pequenos e pobres. (Inocentes, a que me refiro, são as pessoas que querem viver, trabalhar, criar família etc.) - Seja na África, seja na América Latina, seja no Oriente Médio os “civilizados” invadem e se metem. - Por "mundo civilizado", entendam EUA, Europa, Israel etc. /.


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seria interessantes estudar, e ler um pouco antes de falar merda. Pois radicalismos, extremismos, fanatismos, conservadorismos são coisas totalmente distintas. e querer, colocar tudo na mesma panela é coisa de analfabeto funcional. Por tanto antes ficar calado do que falar besteira.

      Excluir