sábado, 31 de outubro de 2015

POLÍCIA RODOVIÁRIA RECOLHE ANIMAIS NAS ESTRADAS

Os animais soltos pelas rodovias do Estado ou do País representam um perigo e muitos motoristas têm perdido a vida quando inesperadamente são surpreendidos por um cavalo ou um boi na estrada.

Por conta desse risco é que a Polícia Rodoviária Federal está recolhendo animais nas principais BRs de Pernambuco. O trabalho foi realizado inicialmente no Sertão, tendo a participação de policiais rodoviários de diversas cidades, que receberam quatro caminhões boiadeiros para fazer o serviço.

Entre os dias 27 a 29 de outubro, a Polícia Rodoviária Federal realizou uma operação para recolher jumentos e outros animais que estavam soltos às margens das rodovias no Sertão pernambucano. Durante este período, 126 animais abandonados foram recolhidos, evitando acidentes causados por esta prática.

A ação ocorreu nas BRs 116, 232, 316 e 428, que atravessam 11 municípios, como Salgueiro, Orocó, Belém do São Francisco, Parnamirim, Ouricuri e Cabrobó. Os animais foram encaminhados para currais e centros de zoonoses dos municípios atendidos, onde serão cuidados.

Participaram da operação oito policiais das delegacias da PRF de Caruaru, Garanhuns, Serra Talhada, Salgueiro e Petrolina, além de um servidor do Recife. Este ano 1.200 animais já foram recolhidos das rodovias federais, através da utilização de caminhões boiadeiros, que são adaptados para o transporte de cavalos, jumentos e cabras.

Quem abandona animais na via pública está sujeito a uma pena de dez dias a dois meses de detenção, ou multa, de acordo com o artigo 31 das contravenções penais. No caso de acidente com morte, o proprietário pode responder criminalmente pelo fato.

Ao avistar animais na pista, recomenda-se reduzir a velocidade do veículo e ficar atento aos demais veículos que transitam pela rodovia. Buzinas ou faróis altos devem ser evitados para não assustá-los e, assim que possível, deve-se entrar em contato com a PRF através do telefone 191

Nenhum comentário:

Postar um comentário