SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

ALEPE

ALEPE
ALEPE

terça-feira, 27 de outubro de 2015

EUDSON APONTA DESCASO NA GESTÃO DE PALMEIRINA

O ex-prefeito de Palmeirina, Eudson Catão (PSB), voltou a criticar o seu sucessor na administração do município, Renato Sarmento (PMDB). Há poucos dias o socialista, outros ex-prefeitos e vereadores fizeram uma série de denúncias contra o atual governo, que respondeu a oposição poucos dias depois.

Desta feita Eudson assina sozinho suas críticas e alfineta o prefeito de Palmeirina ao escrever que ele e sua equipe "são ágeis nas respostas apenas no papel". Para completar, o socialista informa que hoje a Celpe cortou a energia das duas maiores escolas do município. Isso, a seu ver, é fruto do descaso da atual administração.

Abaixo o texto completo que Eudson Catão enviou ao blog:

Como democrata que sou, em respeito às decisões das urnas em 2012, onde o nosso candidato Marcelo Neves, um homem simples, honrado e de mãos limpas perdeu a eleição por 84 votos ficamos na oposição.

Nesses dois anos e dez meses, venho me mantendo em silêncio por saber que ser gestor de um município pequeno como Palmeirina com a cota do FPM 0,6 é difícil de administrar, principalmente quando não se tem amor e respeito pela cidade e pelo seu povo.

Confiamos à Justiça as denúncias de desvios de verbas de convênios federal e estadual, bem como os demais abandonos da atual administração, seja na saúde ou na educação. Nesta última, há um pedido de socorro gritante!  Os alunos não estão tendo a sua carga horária cumprida porque os professores contratados não estão dando aula por estarem há três meses com atraso nos seus pagamentos. A merenda, por sua vez,  é vergonhosamente servida aos alunos, na forma de ki-suco e bolacha. 

Para completar este descaso hoje pela manhã, 27 de outubro de 2015, foi cortado pela Celpe o fornecimento de energia das duas maiores escolas da sede do município (Escola Alonso Bernardo e Monsenhor Júlio) e também da (Creche Criança Esperança).

O prefeito Renato Sarmento e parte da sua equipe são ágeis nas respostas apenas no papel. Eu já me manifestei através de entrevista em uma rádio que o atual prefeito não tem amor e respeito ao nosso povo e se quiser trabalhar eu ensino, a exemplo de 124 casas construídas e doadas, de 48 quilômetros de piçarramento, de reformas e equipamentos para as 17 escolas do município, do maior programa de calçamento realizado da história da cidade, entre tantas outras obras. Eu cuidei da nossa gente.

Eudson Catão

Um comentário:

  1. 0 cara que tem mais de 25 processos julgados irregulares pela justiça de Pernambuco não tem moral de criticar o prefeito atual.Deveria ter dado um exemplo não só como ex-prefeito ,mas como ex-presidente da Codean.Quem rabo preso não pode e não dever cutucar o cão com vara curta.

    ResponderExcluir