SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

DUPLICAÇÃO - TÉCNICOS DO DNIT VISITAM BR-423

Técnicos do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (DNIT) passaram a quinta-feira (24) em visita ao trecho da BR-423, entre os municípios de São Caetano a Garanhuns, que deverá ser duplicado pelo governo federal. Os profissionais conheceram “in loco” as necessidades para a finalização do anteprojeto de duplicação. Em Garanhuns, os engenheiros do DNIT observaram as adequações, solicitada pela Prefeitura, que deverão feitas no anteprojeto para que a estrada duplicada passe por fora da cidade.

A visita teve a presença do superintendente do DNIT em Pernambuco, Cacildo Medeiros, do técnico da Secretaria de Planejamento da Prefeitura de Garanhuns, o engenheiro João Guido, e técnicos das áreas de planejamento, meio ambiente e desapropriação.

A duplicação da BR-423 está incluída no Plano de Aceleração do Crescimento (PAC) 2015/2016 graças ao esforço em conjunto do deputado federal Jorge Côrte Real (PTB), do senador – e hoje ministro – Armando Monteiro Neto (PTB) e do prefeito Izaías Régis (PTB). Há mais de cinco anos, os petebistas vêm batalhando, junto ao governo federal, para tirar a obra do papel. A intervenção vai ser feita através do Regime Diferenciado de Contratação Integrado (RDCI).

Para o deputado Jorge Côrte Real, a duplicação da BR-423 vai levar mais desenvolvimento para os municípios do Agreste pernambucano. "A BR-423 é uma importante rodovia para o escoamento da produção de farinha, feijão e do agronegócio do Estado. A estrada também é a principal via de acesso a Garanhuns, um dos maiores polos turísticos de Pernambuco. E é justamente o trecho entre os municípios de São Caetano e Garanhuns o mais movimentado e onde são registrados o maior número de acidentes. A duplicação vai dar mais segurança para a nossa população", afirmou o parlamentar.

O prefeito Izaías Régis, que está em viagem a São Paulo, vibrou com mais essa etapa. “Sabemos da ânsia de todos do Agreste Meridional pela duplicação dessa rodovia. Estamos empenhados em dar a nossa contribuição para que esse sonho seja realizado. Esse é mais um passo, iremos continuar solicitando que esse projeto esteja entre as prioridades do Governo Federal”, comentou o gestor.


“Neste momento estamos finalizando o anteprojeto e esse trabalho in loco é de extrema importância. Passada essa fase teremos o envio desse anteprojeto para licitação, que deve ser iniciada ainda este ano”, explicou André Nunes, da coordenação de Planejamento do DNIT. A equipe do DNIT permanece em Garanhuns até esta sexta-feira (25). (Da Assessoria de Imprensa do deputado Jorge Côrte Real).

4 comentários:

  1. Era bom que esses técnicos do DNIT,parassem com essa lenga lenga e inicia-se essa obra prometida a mais de 2 anos e não sai do canto. O Prefeito viaja, fala com os chefes do DNIT, e só ouve promessas. Chega.

    ResponderExcluir
  2. Em todos os lugares é assim.Tudo se chama falta de dinheiro.Durante 8 anos o ex-governador Jarbas Vasconcelos ao lado do ex-vice presidente Marco Macie lutava para duplicar a BR 232 entre São Caetano e Recife.

    Se não fosse o dinheiro da venda da Celpe essa duplicação não teria saído do papel. Outros asfaltos foram construídos no Estado com o dinheiro da venda da Celpe.Mesmo assim o Jarbas Vasconcelos passou uma vida inteira batendo no ex-governador Dr. Miguel Arraes e Eduardo Campos e depois os dois fumaram o cachimbo da paz. 0 FHC era para ter bancado os R$ 400 milhões gasto na BR 232.Mas não o fez.

    Hoje as lideranças políticas de Garanhuns lutam por essa grande obra,mas cabe ao Deputado Federal Jorge Corte Real ao lado do Ministro Armando Monteiro fazerem tudo para conseguir a realização desse junto a Presidenta Dilma ao lado do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

    Não é uma obra de valor pequeno,mas trará um grande desenvolvimento para os municípios de Cachoeirinha, Lajedo, Jupi, Garanhuns passando por Brejão, Terezinha e Bom Conselho que faz divisa com Palmeira dos Indios e Arapiraca em Alagoas.

    ResponderExcluir
  3. Se é para o bem de todos, que essa obra saia o mais urgente possível, pelo menos a promessa, do primeiro trecho, que já devia ter começado e seria concluído antes do final de ano. Continuo acreditando no Prefeito de Garanhuns.

    ResponderExcluir
  4. Avaliando mais uma obra a ser superfaturada enchendo o RABO dos petistas de dinheiro.

    ResponderExcluir