ALEPE

ALEPE
ALEPE

quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

REVISTA COMPARA ARY FONTOURA A VENTRÍLOQUO

Do jornalista Marco Piva na Revista Carta Capital:
Não é de hoje que artistas mostram suas preferências políticas e, a partir de sua condição pública, dizem coisas mais sérias e ajudam, bem como podem escorregar e não passarem de ventríloquos do senso comum. Parece ser este o caso de Ary Fontoura que pediu, em postagem nas redes sociais, a renúncia de Dilma Roussef. Apesar de deixar claro a que tipo de renúncia se referia, o que faz no final do texto, o ator global desfia uma série de jargões que não fariam feio na boca do mais despolitizado dos brasileiros em conversa de botequim.
Como explicar, então, que uma pessoa com longa vida profissional e a vivência do teatro, local de excelência para o exercício da cultura, faça o papel de reprodutor inocente de frases comuns? Vejamos algumas delas.  
(...) renuncie à falta de vergonha e aos salários elevados de muitos parlamentares (...) renuncie ao apadrinhamento político, aos parasitas, ao nepotismo; renuncie aos juros altos, aos impostos elevados, à volta da CPMF; renuncie à falta de planejamento, à economia estagnada; renuncie ao assistencialismo social eleitoreiro; renuncie à falta de saúde pública, de educação, de segurança (Unidade de Polícia Pacificadora não é orgulho para ninguém); renuncie ao desemprego; renuncie à miséria, à pobreza e à fome; renuncie aos companheiros políticos do passado, a velha forma de governar e, se necessário, renuncie ao PT”.  
Ao juntar alhos com bugalhos, em nome de uma suposta indignação que teria atingido “200 milhões de brasileiros” pelo quais diz falar, Ary Fontoura perde a grande chance de colocar os pingos nos “is”. O pedido de “renúncia” à falta de vergonha e aos salários elevados de parlamentares, bem como aos parasitas, ao nepotismo e à velha forma de governar, caberiam bem numa ampla e profunda reforma política, expressão que não sai da boca do ator em nenhum momento. Esse tipo de reclamação óbvia continua quando pede a “renúncia” aos juros altos, aos impostos elevados, à volta da CPMF, combinando com a “renúncia” à falta de planejamento, à economia estagnada. Mais uma vez, nenhuma palavra, sequer um miado, sobre a estrutura econômica vigente no Brasil há décadas, há séculos, e que para ser enfrentada exige exatamente um tipo de governo que ele não quer, embora nos anos de chumbo tenha flertado com a rebeldia de esquerda.  
Merecem destaques as “renúncias” ao assistencialismo social eleitoreiro (bolsa-família, é claro), ao desemprego (onde ele vê isso, não sei), à miséria, à pobreza e à fome. Certamente seu olhar não passa do morro do Corcovado ou da ilha da fantasia Projac, onde aluga, como qualquer trabalhador, sua mais-valia às Organizações Globo, o maior conglomerado de comunicação brasileiro e que amealhou bilhões em verbas federais de publicidade entre 2000 e 2013. Cabe aqui, literalmente, a frase que se tornou popular nos discursos do ex-presidente Lula: nunca antes na história desse país se combateu tanto a miséria, a fome, a pobreza e o desemprego. Mas, isso não consta na indignação seletiva de Fontoura.
O “grand finale” vem do seu pedido à Dilma para que renuncie “aoscompanheiros políticos do passado, a velha forma de governar e, se necessário, renuncie ao PT” e “se permita que a sua história futura seja coerente com o seu passado”. Muito interessante. Dê banho na criança, jogue ela fora junto com a água suja e você terá um ser limpinho e cheiroso. Ou seja, passe uma esponja em tudo o que você acreditou e acredita que esta é a melhor forma de construir o futuro. Claro que ele se refere ao futuro na narrativa da mídia conservadora, da oposição golpista e dos interesses internacionais que não suportam uma soberania brasileira ativa e altiva.
O governo do PT é o pior governo que já passou pelo Brasil. Resta saber para quem. Essa é a pergunta que deixo para Ary Fontoura que, se preferir, pode até interpretar no palco a sua resposta. A liberdade de expressão está garantida na Constituição. Falta agora assegurar a pluralidade de informação. Uma carta com esse pedido especial o ator global poderia enviar para a família Marinho.

3 comentários:

  1. PEGANDO UMA DEIXA DESSE ASSUNTO, VEM À TONA OUTRO GRANDE ATOR GLOBAL, INTÉRPRETE TOP DE LINHA QUE É O GRANDALHÃO JOSÉ DE ABREU. POIS BEM, QUEM CONHECE AS ENTRANHAS DO PT SABE DE CÓ E SALTEADO QUE CERTAS PESSOAS QUE SEGUEM E DEFENDEM O PETISMO REPRESENTAM, NOS MÍNIMOS DETALHES, A VERDADEIRA FACE DO PETISMO CANALHA, SUJO E LADRÃO. UMA DESTAS FIGURAS CHAMA-SE ZÉ DE ABREU. PELO FESTIVAL DE BESTEIROL QUE ESSE BOM ATOR VOMITA, CONSTANTEMENTE, DANDO GUARIDA A UMA SOFISTICADA ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA TIPO O PT, QUEM SABE CHEGOU A HORA OU TALVEZ DEVESSE DAR UMA OLHADA NO SEU PRÓPRIO TRASEIRO. ESTÁ AVARIADO, VAZANDO PELO RETENTOR... E O QUE É MAIS ÓBVIO, UM ATOR QUE FICOU VELHO E, FICANDO VELHO, SE ASSUMIU VIADO. AO VÊ-LO “BUDEJAR”, TEM-SE UMA IMPRESSÃO QUE ELE CONTRAIU OU ENTÃO SOFRE DA SÍNDROME DE AÉCIO...


    ResponderExcluir
  2. NÃO É DEVER CÍVICO,MAS OBRIGAÇÃO DE QUEM VOTA E APOIA UM PREFEITO,GOVERNADOR, DEPUTADOS , SENADOR E PRESIDENTE DA REPÚBLICA DEFENDER OS SEUS COM INTEGRIDADE FÍSICA E MORAL.

    EU DEIXEI DE VOTAR EM FHC EM 2002 POR CAUSA DA CORRUPÇÃO COM AS PRIVATIZAÇÕES TANTO DENUNCIADA POR VEJA E GLOBO E PELO PT E AS OPOSIÇÕES NO BRASIL.

    EU DEIXEI DE VOTAR NO PT E NA DILMA EM 2014 POR CAUSA DA CORRUPÇÃO DO PT E SEUS ALIADOS.

    QUE FEZ O ARY FONTOURA E MILHARES DE BRASILEIRO ESCREVER UMA CARTA E RATIFICÁ-LA FOI A PRESIDENTA DILMA NA TELEVISÃO AO DIZER "QUE NADA FICARÁ DEBAIXO DO TAPETE, TUDO SERÁ APURADO, DÓIA EM QUEM DOER, EM MEU GOVERNO O ERRO, A INCOMPETÊNCIA E A CORRUPÇÃO NÃO TEM VEZ E NÃO COMUNGA COM OS MEUS IDEAIS". DILMA ROUSSEFF.

    QUEM MAIS FALOU EM CORRUPÇÃO FOI A PRESIDENTA DILMA NA DIPLOMAÇÃO EM 18 DE DEZEMBRO DE 2014. FORAM 8 VEZES QUE ELA REPETIU A FRASE " CORRUPÇÃO NA PETROBRAS".

    O PRÓPRIO LULA EM VÍDEO PEDE QUE A DILMA APURE TUDO E QUE NÃO ABRA MÃO DE COMBATER A CORRUPÇÃO.

    QUEM AUMENTOU O EFETIVO DA POLÍCIA FEDERAL DE 7.000 HOMENS PARA 15.000 HOMENS FOI O LULA PARA FISCALIZAR OS LADRÕES DO MEU PARTIDO E DO TEU TAMBÉM.

    A DILMA EM SEU DISCURSO DISSE QUE " IRIA CONVOCAR TODA A SOCIEDADE PARA FISCALIZAR TODO TIPO DE CORRUPÇÃO EM SEU GOVERNO". POIS NÃO É ELA QUE VAI FISCALIZAR EM CADA UM DOS 5.570 MUNICÍPIOS BRASILEIRO.

    NAS MENSAGENS ENVIADAS AOS CONSELHOS MUNICIPAIS DE EDUCAÇÃO, DE SAÚDE E DE ASSISTÊNCIA SOCIAL O PRÓPRIO GOVERNO CONVOCA TODA A SOCIEDADE PARA FISCALIZAR O DINHEIRO PÚBLICO.

    EM TODAS AS REUNIÕES QUE OS TRIBUNAIS DE CONTAS DOS ESTADOS FAZEM COM A SOCIEDADE CONVOCA TODO MUNDO PARA FISCALIZAR.

    ENTÃO, POR QUE SE DOER POR UMA CARTA ESCRITA POR UMA AUTOR E ATOR QUE MERECE O MEU , O SEU E O NOSSO RESPEITO RESPEITO?

    OS MAIORES AMIGOS DA PRESIDENTA DILMA VANE ROUSSEFF SÃO OS SEUS OPOSITORES E ADVERSÁRIOS, POIS AMIGOS QUE SÃO AMIGOS NÃO SE ENVOLVEM EM NENHUM TIPO DE CORRUPÇÃO DENTRO E FORA DO GOVERNO.

    ResponderExcluir
  3. Não existem mais nomeações para Prefeitos, Governadores, Presidentes e Parlamentares, isso aconteceu nas décadas de sessenta e setenta. Eu pergunto: quem sou eu para criticar o povo que democraticamente escolheu seus governantes, quem sou eu para afirmar que meu candidato era o melhor, se o povo escolheu o outro, em Pernambuco por exemplo. Quem sou eu sem bola de cristal para adivinhar se a Presidente, vai fazer um bom ou mal segundo governo. A democracia é o pior dos regimes excetuando-se os outros.Não foi eu quem falou essa frase, apenas transcrevo. Não gosto do Governador eleito de Pernambuco, porém qual a autoridade e a certeza que tenho se o cidadão empossado hoje, fará um bom Governo e me faça calar.. Esperarei continuamente seu desenpenho e aí sim terei alguma razão para fazer alguns comentários. Tenho apenas prognósticos.

    ResponderExcluir