Assembleia Legislativa

Assembleia Legislativa
Assembleia Legislativa

segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

LAJEDO GANHA PROJETO DE SEGURANÇA ALIMENTAR


Lajedo está ente as cinco cidades do Agreste que foram contempladas com o projeto de Segurança Alimentar e Meio Ambiente Saudável. O trabalho está sendo desenvolvido neste mês de dezembro, através das secretarias de Educação e de Agricultura.

A proposta visa resolver os problemas do número reduzido de alimentos saudáveis, déficit nutricional infantil, chuvas limitadas e contaminação de solo e água.  A iniciativa é da Associação Voluntários para o Serviço Internacional (AVSIBRASIL), em parceria com a Diretoria de Meio Ambiente.

O projeto irá envolver quatro sistemas vinculados aos produtores rurais: segurança alimentar, segurança ambiental, saúde e sócio econômico.

​Basicamente 25 famílias e assentamentos lajedenses receberão incentivo educativo e de infraestrutura para incentivar a prática local da utilização do sistema de reutilização de água cinza (obtida de modo doméstico como lavar louça, roupa e tomar banho) e à produção agroecológica, além de promover a educação alimentar de crianças e jovens do campo.  

Como será feita essa seleção? Obedecendo aos seguintes critérios:
- Famílias de baixa renda
- Acesso regular a água, (cisterna, adutora, etc);
- Prática de quintais produtivos.
- Acesso regular à energia elétrica
- Interesse demonstrado pela família.
- Quantidade de membros na família.
- Desnutrição ou vulnerabilidade alimentar.
- Famílias chefiadas por mulheres e jovens.
- Presença de crianças, idosos e ou pessoas com deficiência.
No projeto, oito escolas, com participação de alunos e professores, também são público-alvo, uma vez que gestores públicos locais e sindicatos rurais estão envolvidos para diagnosticar as famílias, promover o intercâmbio para oficinas e campanhas de agricultura familiar, técnicas de bioágua, e autonomia na produção de alimentos e consumo. Já iniciados os trabalhos, oportunizando o conhecimento, em parceria, serão construídas e instaladas cisternas ecológicas e tanques de reuso inspiradas em projeto da Universidade Federal Rural do Semiárido. (Da Assessoria de Imprensa).

Nenhum comentário:

Postar um comentário