Assembleia Legislativa

Assembleia Legislativa
Assembleia Legislativa

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

MILITARES DIZEM NÃO AOS EXTREMISTAS E DEFENDEM A DEMOCRACIA

Depois das manifestações de grupos radicais no último dia 15, que chegaram a pedir a volta da intervenção militar no Brasil, em protestos que atraíram até ex-guerrilheiros, como o senador Aloysio Nunes (PSDB-SP), a jornalista Monica Bergamo decidiu ouvir os chefes das Forças Armadas. Os três, o general Enzo Peri, o brigadeiro Juniti Saito e o almirante Julio Soares de Moura Neto, falaram num ambiente de absoluta normalidade institucional.

"Os militares estão totalmente inseridos na democracia e não vão voltar. Isso eu garanto", disse o almirante Julio Soares de Moura Neto, comandante da Marinha. "Os militares só voltam em seu papel institucional, que é o que têm hoje", afirmou. 

Saito, por sua vez, criticou os radicais. "São opiniões de extremistas", afirma, antes de sentenciar. "É algo impossível de acontecer. Só quem poderia tentar fazer isso é o pessoal da ativa. E, como nós não queremos nada nesse sentido, não há a menor chance de essas ideias evoluírem."

Peri também rechaça a pregação golpista."Nós vivemos há muitos anos em um ambiente de absoluta normalidade", frisou. 

Na última manifestação, até mesmo alguns de seus "líderes", como o cantor Lobão, desistiram de participar, quando se deram conta de que um dos objetivos era a volta de uma ditadura no País. (Fonte: Brasil 247).

4 comentários:

  1. Foi oportuno e excelente as declarações dos três Comandantes Militares, que cumprem com louvor suas obrigações Constitucionais. As Forças Armadas rechaçaram de uma vez por todas esses extremistas de direita, mal acostumados com a democracia e só eles podem falar pelas Forças Armadas.Parabéns aos três Comandantes Militares, representando as três forças mais importantes do País. Quem quiser se atrever, que se atreva.

    ResponderExcluir
  2. José Fernandes Costa19 de novembro de 2014 10:30

    Esses são os verdadeiros militares! - Estão mandando um recado para o oportunista Jair Bolsonaro e para os museólogos dos clubes militares. - Se os militares da ativa, que têm o comando das forças militares, NÃO aceitam golpes, os cascas-grossas do museu militar ficam ladrando sozinhos. - E Bolsonaro ladra no meio das ruas. - Porque no Congresso Nacional, Bolsonaro é uma voz obscura. – E Bolsonaro continua ladrando para as viúvas pensionistas dos milicos mortos. – Milicos dos anos de chumbo, que torturaram e mataram covardemente. /.

    ResponderExcluir
  3. A PRESIDENTA DILMA VANE ROUSSEFF FOI REELEITA GRAÇAS A UMA EMENDA CONSTITUCIONAL APRESENTADA PELO DEPUTADO FEDERAL DO DEMOCRATAS, MENDONÇA FILHO, A QUAL TODO MUNDO SABE QUE VÁRIOS DEPUTADOS SOMENTE APROVARAM PORQUE FORAM COMPRADOS MESMO.

    O MESMO SISTEMA QUE ELEGEU A DILMA FOI IGUALZINHO AO MESMO SISTEMA QUE FHC POR DUAS VEZES. NAQUELA ÉPOCA OS NORDESTINOS VOTARAM EM PESO EM FHC.

    QUEM CRIOU TODAS AS POLÍTICAS PÚBLICAS EXISTENTES HOJE E QUE CHAMAMOS DE BOLSA FAMÍLIA FOI JOÃO FIGUEIREDO, JOSÉ SARNEY E O PRÓPRIO FHC.

    O LULA E A DILMA AMPLIARAM E POR ISSO ELES FIZERAM SIM A DIFERENÇA."QUEM COM FERRO FERE TERMINA SE FERINDO TAMBÉM". "A CRIATURA SE VOLTOU CONTRA O CRIADOR". "E É O FEITIÇO SE VIRANDO CONTRA O FEITIÇO". PALAVRAS DO EX-PROFESSOR FERNANDES GONÇALVES DE RECIFE.

    ResponderExcluir
  4. FORAM 21 ANOS DE MILITARISMO GOVERNANDO O BRASIL.DE 1964 A 1985 O MDB QUE ERA O PARTIDO DA RESISTÊNCIA COMBATEU COMO NUNCA A DITADURA. OS MILITARES CHEGARAM AO PODER INDIRETAMENTE, MAS NÃO SOUBERAM VALORIZAR AS TROPAS E, POUCOS OS POLICIAIS TINHAM A LIBERDADE DE EXPRESSÃO.

    NA ÉPOCA OS POLICIAIS GANHAVAM MUITO POUCO.POUCOS POLICIAIS CIVIS E MILITARES PODIAM SER CANDIDATO A NADA. ELES VIVEM NO DIA A DIA , NOS SÍTIOS E NAS RUAS GARANTINDO A SEGURANÇA DE NÓS CIDADÃOS E CIDADÃS, MAS PRECISA SIM GANHAR O SUFICIENTE PARA VIVER COM OS SEUS FAMILIARES.

    MAS É MUITO MELHOR NO REGIME DEMOCRÁTICA ELES CONSEGUIREM ALGO A MAIS DO QUE NO REGIME FECHADO. APESAR DE A GENTE TER TANTOS POLÍTICOS NESTE PAÍS VIVENDO VERDADEIRA MORDOMIAS EM BRASÍLIA. MAS O REGIME DEMOCRÁTICO TEM ESSA VANTAGEM ELEGE E DEPOIS DERROTA ELES MESMOS. FOI ASSIM COM COLLOR, COM FHC E COM LULA. AGORA É DILMA, MAS DEPOIS VIRÁ OUTROS TAMBÉM.

    OS TRÊS PODERES NA DEMOCRACIA PRECISA SIM SE RESPEITADO: EXECUTIVO, JUCIÁRIO E LEGISLATIVO. SÃO OS PILARES DE UMA DEMOCRACIA PLENA. HOJE É MUITO BOM PORQUE A GENTE PODE CRITICAR, NAS ANTES NÃO PODIA.

    OS POLICIAIS CIVIS E MILITARES TEM TODO O NOSSO RESPEITO COM PARCEIROS E CUMPRIDORES DA ORDEM, DA SEGURANÇA E DO PROGRESSO DA NAÇÃO BRASILEIRA.

    A MAIOR RECORDAÇÃO QUE EU TENHO DO GENERAL JOÃO BATISTA FIGUEIREDO QUANDO ERA CRIANÇA E ADOLESCENTE FOI QUANDO ELE AFIRMOU: "PLANTE QUE O JOÃO GARANTE".

    O NORDESTE QUASE TODO DEIXOU DE PLANAR PORQUE NÃO EXISTE MAIS GARANTIA E NEM O PROAGRO E MUITO MENOS O PREÇO MÍNIMO DOS PRODUTOS.

    HOJE NO REGIME DEMOCRÁTICO COM O PT GOVERNO ESTÁ ESCRITO: " E PROIBIDO PLANTAR MILHO E FEIJÃO". POR QUE NINGUÉM GARANTE NADA! COM A PALAVRA FETAPE E FETRAFE. FALE ALGUMA COISA? EU QUERO LER...

    ResponderExcluir