ALEPE

ALEPE
ALEPE

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

EX-SINDICALISTA DE GARANHUNS VOTA EM AÉCIO

Por sua importância, transmito a todos esta mensagem de um ex-sindicalista bancário que teve forte atuação em Garanhuns, inclusive durante o regime militar, para que não se permita aos amigos do PT lançar duvidas quanto à sua autenticidade. Abraços de Ivan Rodrigues.

“Meu nome é Carlos, sou pernambucano de Garanhuns e estou morando em Brasília faz 23 anos.

Estou um tanto desiludido com a política. Achei que ficar quieto no meu canto era o melhor a fazer. Mas, lembrando do pensamento de Bertolt Brecht que diz: " O pior analfabeto é o analfabeto político. Ele não ouve, não fala, nem participa dos acontecimentos políticos." Resolvi então que é melhor ter uma posição impopular do que ficar calado.

Já votei no PT. Acreditei e tive esperanças. Usei a sua estrela quando era um ato de coragem. Só trazia problemas, intranquilidades divisões e perseguição para minha vida social. Fiquei contra muitas pessoas queridas de minha família, de minha igreja e de minha comunidade. Recebi até ameaças. Eu era dirigente do Sindicato dos Bancários de Garanhuns, e era movido pela convicção de que estava no caminho certo. Tinha muito orgulho de ostentar aquele símbolo. E achava que qualquer desconforto pessoal valeria a pena por uma causa maior.

O PT assume o poder. Começa traindo sua militância sua base e seus princípios aliando-se a tudo que há de mais atrasado e corrupto na política do Nacional. Uma incoerência total. Jogaram seus princípios no lixo. Depois começam os escândalos, que se sucedem numa velocidade "jamais vista na história desse país". Vimos com tristeza que nossa luta, nossa crença num partido diferente, coerente e honesto estava manchada de lama. Infelizmente o encanto terminou.

Ainda hoje fico triste quando ouço dizerem: "más, os outros também roubam". Essa não era nossa bandeira nem nosso princípio.

Hoje a estrela virou uma grife. Uma marca chique massificada pelo marketing e não mais pela luta. Usadas por pessoas comuns que não conhecem a história do partido e por corruptos e pessoas que defendem, que para atingir seus objetivos vale tudo. A estrela que era antes respeitada até mesmo pelos adversários, não tem mais o respeito da maioria de nossa sociedade. Vi aqui em Brasília nos protestos de rua, militantes do PT serem expulsos do movimento por usarem seu símbolo. Ele não é mais bem vindo nos movimentos autênticos e espontâneos da sociedade. No seio do partido prevaleceu a máxima "rouba mais faz" trazida por Paulo Maluf para dentro do PT.

E agora para completar este ciclo perverso e nefasto, tentam implantar no Brasil uma DITADURA BRANCA. Essa é a pior das ditaduras, pois instala-se sorrateiramente dentro da democracia e vai demolindo as liberdades lentamente. Como uma aranha que lança suas teias sobre a mosca e quando ela menos espera está totalmente dominada, presa incapaz de defender-se.
Já lançaram suas teias no congresso, nos ministérios e secretarias, nas estatais, nas organizações e movimentos sociais pela cooptação e em grande parte da imprensa.

É o maior aparelhamento partidário já visto. Tentam calar e sufocar o judiciário, como pretenderam fazer no caso do mensalão. E só não conseguiram por causa da coragem e ousadia de alguns Magistrados do STF.

Os órgãos de comunicação estão sendo pressionados e intimidados. Tentam mudar as leis que regem esse setor, no sentido de criar uma censura descarada, proibindo a imprensa de denunciar os escândalos que se sucedem num volume assustador.
A outra teia que lançam é a tentativa de enganar os incautos através de favores e benesses paternalistas - condenados pelo PT no passado - como "bolsas e cestas" planos de assistência que deveriam ser uma política de estado e não do governo, que as usa como moeda de troca as vésperas das eleições.

É o coronelismo tão condenado e criticado por Lula, que antes era praticado regionalmente, mas agora é feito em nível nacional - o coronel do Brasil - E tem ainda a teia do medo, pregam contra seu adversário a volta da "idade das trevas" - Querem mesmo se perpetuar no poder - E isso sim é o que devemos temer de verdade. Nada mais assustador que um governo autoritário e perpetuo seja de direita ou de esquerda.

Querem transformar o Brasil numa Bolívia, Venezuela ou na tão "amada" Cuba dos companheiros. Não era esse o Brasil que eu queria quando votei no PT.

Não era essa a conduta que eu esperava do partido quando votei no PT.

Não acredito que o Aécio seja o suprassumo da política nacional nem o salvador da pátria. Mas, na atual conjuntura é o nome que temos para estabelecermos o fim dessa ditadura branca e trazermos a volta da alternância de poder e o equilíbrio de forças - governo X oposição - que é a pedra fundamental de uma verdadeira democracia.

Além do que, em 4 anos caso seja necessário poderemos através do voto tira-lo do poder. Sem contar que essa seria uma bela oportunidade para mostrarmos ao PT o quanto ele se desviou de seus princípios. Terão alguns anos, na oposição, para repensarem seus valores. Infelizmente, votar no PT hoje é o mesmo que dizer que eles estão certos em sua conduta moral e ética.

É dar um cheque em branco para que eles continuem fazendo seus "mal feitos".

Por uma oposição forte e ativa!

Por um país livre e democrático!

Pelo equilíbrio de forças no poder!

Pelo fim de uma DITADURA BRANCA!

Eu voto AÉCIO!

Brasília 17 de outubro de 2014!

3 comentários:

  1. O problema é seu meu caro,
    vote em quem vc quiser, pouco me importa sua opinião nem lhe conheço....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De pleno acordo! Ele que vote como quiser. Quem quer saber?

      Excluir
  2. Só passaram esses dois ?

    ResponderExcluir