Assembleia Legislativa

Assembleia Legislativa
Assembleia Legislativa

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

A ELEIÇÃO EM PERNAMBUCO

A última pesquisa do IBOPE comprova que a eleição em Pernambuco está fortemente vinculada à campanha para presidente da República. Em vida Eduardo Campos não conseguiu sair da faixa dos 10% nas pesquisas e o seu candidato em Pernambuco, Paulo Câmara ficou no mesmo patamar.
Os dois ficaram seis meses no mesmo lugar. Eduardo tinha de 9 a 11% para presidente, Paulo Câmara obtinha os mesmo números para governador.
A população não assimilava Câmara por ser desconhecido, não ostentar currículo político, falta de carisma e ter sido imposto ao eleitorado sem respeito aos cidadãos e as próprias lideranças políticas do PSB, a começar pelo atual governador, João Lyra Neto.
Com Eduardo vivo dificilmente essa situação mudaria. A candidatura de Armando Monteiro era sólida, o trabalhista vinha fazendo tudo certinho e caminhava para uma vitória esmagadora.
Então veio a tragédia, a comoção, o uso político da morte de Eduardo a partir do momento em que o avião caiu em Santos. Se fez política no velório, no enterro e até nos estádios de futebol. Menos de uma semana depois do sepultamento, dois filhos do ex-governador foram à Arena Pernambuco assistir ao jogo Sport e Palmeiras. Alguém anunciou a presença deles e o estádio inteiro começou a gritar: “Eduardo! Eduardo! Eduardo!”.
Paulo Câmara, na largada do Guia Eleitoral disparou: “Quem está comigo está com Eduardo e quem não estiver está contra o ex-governador”.
A estratégia, na melhor tradição do marketing político, foi usar repetidas vezes o nome, a voz e a imagem do líder socialista vítima de uma lamentável tragédia.
Em cada cidade de Pernambuco, como Recife, Caruaru, Petrolina ou Garanhuns, carros de som percorrem os bairros o dia inteiro com um discurso inflamado de Campos garantindo que Paulo Câmara é uma nova liderança, é o seu candidato é o melhor para Pernambuco.
Ora, quem vai contradizer um morto?
Machado de Assis, no século XIX, já escrevia que depois de morto está tudo esquecido e perdoado, “já se pode falar bem dele”.
Eduardo não é mais coronel, como apregoavam alguns dos seus adversários; não era mandão, como reclamou inclusive a sua prima e vereadora Marília Arraes e nenhum defeito restou após a queda do jatinho do PSB no interior paulista.
O avião caiu em Santos e o homem virou santo e está operando milagres.
Marina Silva no plano nacional bate nos 28% e já está se sentindo presidente. Paulo Câmara colou em Marina e chegou aos 29% em Pernambuco. Alguns aliados, na capital e interior comemoraram a pesquisa do IBOPE como se nem precisasse mais fazer campanha.
Tem aí essa história do jatinho usado através de expedientes altamente suspeitos, explorado no Jornal Nacional e que fatalmente terminará nos programas da propaganda eleitoral e nos debates.
Isso terá algum efeito? Provavelmente não mudará muita coisa, pois a população em geral considera normal esses expedientes escusos na política, tanto que reelegeu Lula, em 2006, mesmo tendo estourado aquela bomba chamada de mensalão.
A morte é muito mais forte do que tudo, independente de investigações da imprensa ou da polícia federal é um fato incontestável. Morreu deixa saudades, vira mito, herói, santo, todos os pecados são perdoados por uma massa ávida de pais, protetores, gente sem defeito, que não seja de carne e osso.
Lógico que Armando Monteiro é melhor candidato e está mais preparado de que Paulo Câmara para governar Pernambuco. O candidato do PTB tem experiência de vida, tem postura e ideias próprias, reunindo amplas condições de ser um bom gestor.
O outro até no programa eleitoral parece um boneco, não passa nada, não convence. Mas ninguém está votando nele, nem em prefeitos ou deputados. O pernambucano, neste momento ainda de comoção, está fechado como Eduardo Campos, como se ele, lá do além fosse iluminar o seu pupilo na administração do Estado de Pernambuco.
Cabe a Armando Monteiro trabalhar mais, segurar os votos que tem, se possível crescer mais um pouco e procurar de alguma maneira fazer o eleitor cair na real: os candidatos são Armando e Paulo e não Armando e Eduardo. Este último morreu, infelizmente, ninguém queria, não é preciso ser parente, nem aderente, estar órfão dele - como todos os socialistas e a maioria dos pernambucanos - para lamentar e sentir o que aconteceu.
Paulo Câmara vai continuar dependendo de Eduardo e de Marina. Se a candidata do PSB continuar a crescer podem estar certos de que o ex-secretário da Fazenda irá acompanhar. Se a ex-ministra por um motivo ou outro estancar ou despencar, a tendência é que o socialista em Pernambuco também sinta o baque.
Armando só depende dele mesmo e do seu grupo. De João Paulo, do desempenho de Dilma, da aceitação de Lula perante a população, dos seus candidatos a deputado estadual e federal, dos aliados em cada município do Estado.
Não tem mais eleição fácil, agora é voto a voto e pelo que estamos vendo o resultado final vai depender mais dos mortos do que dos vivos.
Se depender do PSB Eduardo Campos só será sepultado definitivamente depois de outubro. Até lá o homem não terá paz, estará forçosamente entre nós, como uma alma que virou o maior cabo eleitoral da história política de Pernambuco e do Brasil.

8 comentários:

  1. NENHUM DELES DEVE CONTA COM O OVO DENTRO DA GALINHA

    ResponderExcluir
  2. As elites pensaram que Marina iria atrapalhar o PT, mais não ocorreu isso, atrapalha ambas partes. Mesmo eu não posicionando em nenhum dos dois grupos pernambucanos que estar na disputa, mais vejo você Roberto Almeida se posicionar defendendo Armando Monteiro, dizendo que ele é o mais preparado por ter ocupado mais cargos do que Paulo Câmara. Então nessa lógica, Bezerra Coelho seria melhor do que João Paulo, por Bezerra ter ocupado mas cargos. O uso da morte de Eduardo é normal na politica, por ser o líder no PSB, imagine a morte de figuras como Brizola, Tancredo, Arraes, que são utilizados em campanhas até hoje.

    ResponderExcluir
  3. Caro Roberto;
    da forma como voce se expressa, parece até que os adversários de EDUARDO não fariam o mesmo ou quem sabe, ainda pior, se tivesse acontecido uma tragédia dessa do lado deles, aí que seria exploração da imagem, parece que a população não está concordando com voce no que se refere a falta de carisma de PAULO CÂMARA.

    ResponderExcluir
  4. Peço por gentileza ao nobre blogueiro, denunciar o abuso na propaganda eleitoral com relação aos carros de som que circulam no comércio de Garanhuns e estão atrapalhando os diversos setores de órgãos públicos e privados. Está difícil de se trabalhar com o barulho.
    Agradeço,
    André

    ResponderExcluir
  5. DEPOIS DA SUBIDA VERTIGINOSA DESSE COMPETENTE TÉCNICO DO BANCO DO BRASIL, DO TRIBUNAL DE CONTAS E DA SECRETARIA DA FAZENDA (SABE DE TUDO COMO LIDAR COM DINHEIRO PÚBLICO), QUE FOI ESCOLHIDO A DEDO PELA SUA COMPETÊNCIA COMPROVADA PELO EX-GOVERNADOR EDUARDO CAMPOS, O QUASE GOVERNADOR DE PERNAMBUCO PAULO CÂMARA, QUE VEM NA RABADA DESSE CICLONE TSUNAMI, DENOMINADA DE MARINA, A DEMOLIDORA ILUMINADA!!! SUBIU NAS PESQUISAS ELEITORAIS MUITO MAIS DO QUE O FOGUETE APOLO 11. COM ISSO, OS VIÚVOS DE DILMA E AS AMAZONAS DA ÉGUA PARAGUAIA QUE É Dr. ARMANDO QUE CANTAVAM DE GALO, ESTÃO DE “CRISTA BAIXA”, COMO TAMBÉM “CAÍRAM DO CAVALO”. ALIÁS, ELES VÊM EXPRESSANDO UM RANÇO QUE CHEIRA A MANTEIGA FORA DE VALIDADE... SE ELES NÃO ABRIREM OS OLHOS E CAÍREM NA REAL VÃO DAR DE CARA COM O MURO(E TOME COLÍRIO MOURA BRASIL E ÓCULOS ESCURO!!!). PAULO PAPOU ESSA!!! FICA EVIDENTE QUE CÂMARA JÁ PAPOU!!! AFINAL, O FINADO, CRAVOU A LANÇA NO CHÃO E ESPALHOU A COMOÇÃO(LEIA-SE VOTO), MAS ATÉ O MOMENTO NÃO SE VÊ SINAIS DE FUMAÇA NO AR, ESTAMOS AGUARDANDO: O ÚLTIMO ATO SEMPRE SERÁ DO DEFUNTO...


    P.S1.: - De agora em diante, aqui em Pernambuco, a cantiga da perua é uma só: se houver uma Marechal forte(MARINA SILVA), não haverá soldado fraco(PAULO CÂMARA).


    P.S2.: - E na hora do rancho PAULO pode se socorrer e encher a pança de votos com a nossa fortaleza a guerreira RENATA CAMPOS que está de sentinela, na guarita, de fuzil eleitoral em punho e na agulha, ligada em tudo que está “SE ASSUCEDENDO” nos seus arredores...






    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Digo sem medo de errar, vc é mais um dos que vivem nas costas do nosso estado, mandando e desmandando. O cara parar pra defender um laranja como Paulo Câmara, deve ser mais um da fila que está prestes a deixar as mamas do governo do estado.

      Excluir
  6. É PRECISO TER PHD EM CEGUEIRA, ESTUPIDEZ OU INGENUIDADE, PARA NÃO SE APERCEBER QUE O AMANCEBO DE Dr. ARMANDO COM A CATERVA DESGASTADA DO PT FOI UM ERRO CATASTRÓFICO!!! UM DESASTRE DOS DESASTRES ESTA COLIGAÇÃO QUE ELES QUISERAM INCUTIR E IMPOR NO POVO DO RECIFE QUE É UMA CIDADE CRUEL E NUM ESTADO POLITIZADO COMO É PERNAMBUCO!!! SIMBOLICAMENTE, FOI UMA ATITUDE NAUFRÁGICA “TITANICADA”, DE GRAVES PROPORÇÕES ELEITORAIS QUE O DECORRER DA CAMPANHA TÁ PROVANDO E NÃO ME DEIXA MENTIR. É INADIMISSÍVEL QUE O LULA VENHA AO RÁDIO E TELEVISÃO DEFENDER Dr. ARMANDO TRATANDO-O DE CUMPANHÊRO... ATÉ ONDE SE SABE, O EX-METALÚGICO LULA, SÓ FEZ POLÍTICA RESPIRANDO O AR PURO DA PEÃOZADA SINDICALISTA DO ABC PAULISTA. QUANTO AO HOMEM DOS CABELOS ESCORRIDOS, LISOS, MACIOS E SEDOSOS, ALÉM DOS OLHOS AZUIS, SEMPRE PERTENCEU A ELITE GOLPISTA E, COMO BANQUEIRO, USINEIRO E INDUSTRIAL, COMO TAMBÉM PRESIDENTE DO CNI, SÓ DEFENDEU E AINDA DEFENDE O PATRONATO, NUNCA A PEÃOZADA, ORA BOLAS!!! E, HOJE, ESSA DESASTRADA COLIGAÇÃO QUERENDO LUDIBRIAR A INGENUIDADE DO ELEITOR AO TENTAR INDUZIR QUE LULA E Dr. ARMANDO ESTEJAM NO MESMO BARCO, É DE LASCAR, ENGOLIR TAMANHO SAPO!!! NA MENTE DO ELEITOR CONSCIENTE, OS DOIS ESTÃO DO MESMO LADO UMA OVA!!! NEM NO MÉRITO NEM NOS DESDOBRAMENTOS E MUITO MENOS NO CAMPO CULTURAL, POLÍTICO E SOCIOLÓGICO!!! UM É ÁGUA, OUTRO É GASOLINA DENTRO DE UM MESMO COPO... A IMPRENSA ESTÁ NOTICIANDO QUE HOJE(LULA) E AMANHÃ(DILMA), OS DOIS ESTARÃO PRESENTES EM PERNAMBUCO PARA REFORÇAR O PALANQUE DE Dr. ARMANDO QUE ESTÁ FICANDO CAPENGA. AFIRMO CATEGORICAMENTE QUE, TAL ATITUDE É MAIS OUTRA CARTADA ERRADA QUE Dr. ARMANDO ESTÁ ARMANDO PARA O ELEITORADO DE PERNAMBUCO QUE O TEM COMO UM HOMEM DE BEM(COMO É MESMO, CLARO E EVIDENTE!!!). DIANTE DAS CIRCUNSTÂNCIAS ATUAIS, PARA O CANDIDATO A GOVERNADOR, DILMA PARECE NÃO SER UM BOM CABO ELEITORAL. A PROVA É TANTA QUE, PARA O CANDIDATO A SENADOR PELO PT, JOÃO PAULO, POIS COM DUAS SEMANAS DE GUIA ELEITORAL A PRESIDENTE NÃO APARECEU EM NENHUM DOS SEUS PROGRAMAS, NEM MESMO NAS INSERÇÕES DE 30 SEGUNDOS AO LONGO DA PROGRAMAÇÃO. POIS BEM!!! OS DOIS PÉS-FRIOS DILMA E LULA(ESTRELAS DECADENTES), VÊM UNICAMENTE PARA FECHAR A TAMPA DO CAIXÃO E BOTAR A ÚLTIMA PÁ DE CAL NA COVA ELEITORAL DE Dr. ARMANDO. LAMENTÁVEL!!! ISSO NÃO É BOM PARA O NOSSO PREFEITO IZAÍAS RÉGIS; ISSO É PÉSSIMO PARA A NOSSA CIDADE...


    P.S.: - Há um conflito de personalidade gritante entre Dr. Armando e Lula. A coisa não casa, não bate, não fecha, não se coaduna...

    ResponderExcluir
  7. E triste e vergonhoso ver o uso desenfreado de um morto pra tentar eleger alguem totalmente despreparado, que nao tem historia politica simplesmente por falta de competência para isso, concordo com Roberto quando afirma que ate em seu horário politico o socialista parece um boneco, ele e apenas um laranja que o psb quer usar pra continuar mandando e desmandando no estado. Armando e sem duvida muito mais capacitado, mas nao conta com a esposa capaz de fazer política ao lado do caixao do marido, enterrar o lider familiar num fia e no outro ja estarem em cima de um palanque defendendo a permanencia no governo e a prova de que para a familia tudo se resume a fazer política

    ResponderExcluir